Celular
Publicidade

Por Rômulo Diego Moreira, para o Techtudo

Divulgação/Xiaomi

Os celulares Xiaomi de 64 GB de armazenamento estão entre os mais procurados pelos consumidores brasileiros. São pessoas que buscam um smartphone de entrada da marca chinesa e não fazem questão de um grande espaço para dados. Existem modelos lançados nos últimos anos para todos os bolsos, com características variadas de ficha técnica. Os preços começam em R$ 1.750, valor atribuído ao Xiaomi Mi A3. Confira a seguir sete celulares Xiaomi de 64 GB.

Vale destacar que tais celulares pertencem a três linhas diferentes: Redmi Note, Poco e Mi. Além disso, é bom lembrar que os telefones da Xiaomi são o principal alvo de contrabando no Brasil. Por isso, é recomendável comprar os produtos da marca apenas em revendedores oficiais.

Poço X3 NFC desperta a atenção do publico que deseja um telefone com boa configuração para a jogatina — Foto: Reprodução/Xiaomi

1. Xiaomi Redmi Note 9S (R$ 2.299)

Redmi Note 9S traz bateria de 5.020 mAh — Foto: Divulgação/Xiaomi

O apelo do intermediário Xiaomi Redmi Note 9S está no custo-benefício. Quando desembarcou no Brasil em abril de 2020 nas cores azul, cinza e branco, o aparelho custava por cifras a partir de R$ 2.499 e, atualmente, é encontrado por cerca de R$ 2.299 na loja oficial. O smartphone apresenta uma telona com 6,67 polegadas, resolução Full HD+ (2400 x 1080 pixels) e tecnologia IPS LCD, que é ultrapassada e consome mais bateria.

A ficha técnica do telefone ainda reúne um conjunto fotográfico com câmera quádrupla: sensor principal de 48 MP, ultra wide de 8 MP, macro de 5 MP e sensor de profundidade de 2 MP. Já a câmera frontal tira selfies de 16 MP.

O chipset utilizado no Redmi Note 9S é o Snapdragon 720G, da Qualcomm. Além disso, ele dispõe de 4 GB de memória RAM e uma bateria de 5.020 mAh, cuja capacidade deve proporcionar ao aparelho até dois dias longe das tomadas, segundo o fabricante.

2. Redmi Note 8 (R$ 2.208)

Redmi Note 8 — Foto: Reprodução/Shoptime

O Redmi Note 8 é um smartphone intermediário da Xiaomi disponível nas cores azul, preto e branco. O telefone chegou ao mercado brasileiro em 2019 pelo custo de R$ 2.399, mas atualmente é vendido no site oficial por R$ 2.208.

As especificações do Redmi Note 8 incluem uma tela IPS LCD de 6,3 polegadas com resolução Full HD+ (2340 x 1080 pixels). Ele traz o processador Snapdragon 665 (octa-core de até 2 GHz), da Qualcomm, 4 GB de memória RAM e GPU Adreno 610. A bateria de 4.000 mAh é limitada em comparação a outros modelos e promete um dia de autonomia de uso.

O arranjo fotográfico do Redmi Note 8 é composto por sensor principal de 48 MP, ultra wide de 8 MP, macro de 2 MP e sensor de profundidade também de 2 MP. O aparelho apresenta ainda câmera lenta, time lapse e faz gravações em resolução 4K a 30 quadros por segundo. A câmera frontal tira fotos de 13 MP.

3. Poco X3 NFC (R$ 3.128)

Poço X3 NFC tem taxa de atualização de 120 Hz — Foto: Reprodução/Xiaomi

O Poco X3 NFC foi lançado em outubro de 2020 pela Xiaomi com o objetivo de proporcionar boa experiência ao público gamer. Esse smartphone intermediário tem disponibilidade nas tonalidades cinza e azul e é comercializado pelo preço sugerido de R$ 3.128 na loja oficial.

Um destaque do Poco X3 NFC é a taxa de atualização de 120 Hz no display de 6,67 e resolução em Full HD+ (2340 x 1080 pixels). Já a bateria de 5.160 mAh suporta até 10 horas de jogos, de acordo com a Xiaomi. A câmera principal tira fotos de 64 MP, enquanto a ultra wide consegue imagens mais abertas em 13 MP. O sensor de profundidade e a macro apresentam 2 MP. A câmera frontal registra selfies de 20 MP. O arranjo fotográfico ainda permite gravação de vídeos em 4K a 30 fps.

O coração tem processador Snapdragon 732G e GPU Adreno 618. O chipset utilizado é um octa-core da Qualcomm com velocidade de até 2,3 GHz. O modelo conta com memória RAM de 6 GB.

4. Redmi Note 10S (R$ 2.575)

Redmi Note 10S registra imagens com 64 MP na sua câmera principal — Foto: Divulgação/Xiaomi

A ficha técnica do Redmi Note 10S apresenta uma tela com 6,43 polegadas com painel AMOLED e resolução Full HD+. O display tem uma taxa de atualização de 60 Hz. O preço de lançamento foi de R$ 2.799. Atualmente é possível encontrá-lo na loja da Xiaomi pelo valor de R$ 2.575 nas cores azul, branco e cinza escuro.

O agrupamento fotográfico promete bastante versatilidade graças a uma uma câmera principal de 64 megapixels, uma ultra wide de 8 MP, uma macro de 2 MP e um sensor de profundidade também com 2 MP. Além disso, o telefone permite registros de selfies com 13 MP.

O processador Mediatek Helio G9 promete bom desempenho em jogos. Ele funciona em conjunto com a memória RAM de 6 GB. A bateria tem 5.000 mAh é convergente com a configuração da maioria dos celulares desta categoria. Além disso, o celular Xiaomi tem suporte para recarga rápida de 33W e vem com um carregador para isso.

5. Xiaomi Mi 8 Lite (R$ 1.950)

Xiaomi Mi 8 Lite possui duas cores: azul e preto — Foto: Divulgação/Xiaomi

O Xiaomi Mi 8 Lite marcou o retorno da marca ao Brasil em maio de 2019. As especificações do aparelho revelam um celular intermediário com configurações ultrapassadas para os dias atuais, como a bateria de 3.350 mAh e o sistema Android 8 (Oreo). Ele vem nas cores preto e azul. No varejo online, custa a partir de R$ 1.950.

O dispositivo possui tela de 6,26 polegadas com resolução Full HD+ (2280 x 1080 pixels). A ficha técnica intermediária ainda conta com o Snapdragon 660, processador da Qualcomm de oito núcleos e com velocidade de até 2,2 GHz. A memória Ram vem com 4 GB. Em relação às câmeras, o Mi 8 Lite conta com um arranjo duplo: sensor principal de 12 MP e ultra wide de 5 MP.

6. Redmi Note 10 Pro (R$ 2.600)

Redmi Note 10 Pro — Foto: TechTudo

O Redmi Note 10 Pro foi anunciado por R$ 3.299, contudo já é encontrado por R$ 2.600 no varejo online. O telefone da Xiaomi está disponível nas cores cinza, bronze e azul. Com a tela de 6,67 polegadas, o smartphone tem resolução Full HD+ (2400 x 1080 pixels), tela AMOLED e taxa de atualização de 120 Hz.

O que mais se sobressai no aparelho é a câmera principal de 108 MP, que ainda conta com uma ultra wide de 8 MP, uma macro de 5 MP e, para finalizar, um sensor de profundidade com 2 MP. Além disso, a câmera do Redmi Note 10 Pro traz inteligência artificial para otimização de fotos. A câmera frontal apresenta 8 MP.

O Redmi Note 10 Pro traz processador Qualcomm Snapdragon 732G, um octa-core de até 2,3 GHz. O desempenho foi aprimorado em relação à geração passada. Ele trabalha em conjunto com a memória RAM de 6 GB. O telefone ainda conta com bateria de 5.020 mAh.

7. Xiaomi Mi A3 (R$ 1.750)

Xiaomi Mi A3 tem três opções de cores — Foto: Divulgação/Xiaomi

O modelo Xiaomi Mi A3 começou a vender oficialmente no país em setembro de 2019, quando trouxe uma ficha técnica intermediária com diferenciais que faziam sentido à época, como o leitor de digitais sob a tela. O aparelho ainda é comercializado por valores a partir de R$ 1.750 nas cores branco, azul e cinza.

O telefone apresenta três câmeras traseiras. O sensor principal traz 48 MP, enquanto a ultra wide e a teleobjetiva apresentam 8 MP e 2 MP, respectivamente. Para as selfies, o Mi A3 gera imagens em 8 MP e grava vídeos em Full HD a 30 fps.

Ele tem o Snapdragon 665, um processador octa-core da Qualcomm que opera a 2 GHz e traz núcleo gráfico Adreno 610. O chip trabalha em conjunto com a memória RAM de 4 GB.

A tela AMOLED tem 6,08 polegadas e oferece resolução HD+ (720 x 1560 pixels), considerada inferior para os padrões atuais, mas que deve ajudar a economizar energia. Já a bateria do Mi A3 tem 4.030 mAh.

Confira no vídeo abaixo 3 produtos inovadores da Xiaomi

Três produtos inovadores da Xiaomi que são pouco conhecidos

Três produtos inovadores da Xiaomi que são pouco conhecidos

Mais do TechTudo