Celular
Publicidade

Por Danilo Paulo de Oliveira, para o TechTudo

Thássius Veloso/TechTudo

O iPhone 13 chegou ao Brasil em outubro de 2021 com direito a atualizações significativas em relação ao iPhone 12. Equipado com 5G, o modelo chama atenção positivamente pelas câmeras poderosas e boa construção. Por outro lado, mesmo sendo considerado um dos melhores do mercado, ele ainda esbarra em algumas limitações que podem desagradar a alguns consumidores, como você verá nas linhas a seguir.

O modelo foi anunciado globalmente em setembro de 2021 pelo valor inicial de R$ 7.599, mas já pode ser encontrado na Amazon por preços que partem de R$ 5.399. Cabe mencionar também que, junto com ele, há ainda as seguintes versões: iPhone 13 Mini, iPhone 13 Pro e iPhone 13 Pro Max.

Confira no vídeo abaixo todos os detalhes do iPhone 13

6 fatos sobre o iPhone 13! Preços, novidades e tudo que você precisa saber!

6 fatos sobre o iPhone 13! Preços, novidades e tudo que você precisa saber!

RAZÕES PARA AMAR O IPHONE 13

1. Câmeras de respeito, inclusive com o Modo Cinema

Câmera do iPhone 13 é uma das melhores do mercado — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

A qualidade da câmera sempre foi um dos destaques do telefone da Apple. No iPhone 13, a história não é diferente. Falando em ficha técnica, o modelo convencional conta com duas câmeras principais na parte traseira: uma principal e outra ultra wide, que proporciona ângulos maiores de fotografia. Ambos os sensores contam com 12 MP cada. Apesar do número não impressionar tanto, já que no mercado existem modelos topo de linha com resoluções bem superiores, o iPhone 13 tem um dos melhores desempenhos fotográficos em um smartphone.

Outro destaque do aparelho é o Modo Cinema, recurso que deixa o fundo super desfocado em gravações de vídeo e dá um aspecto muito mais profissional ao conteúdo registrado. Além disso, o Modo Noite continua marcando presença, sendo capaz de utilizar inteligência artificial para entregar fotos noturnas muito mais claras e com pouco ruído.

2. Face ID ainda mais inteligente

Face ID funciona melhor no iPhone 12 e iPhone 13 — Foto: Danilo Paulo de Oliveira/TechTudo

Uma das vantagens do iPhone 13 em relação aos modelos mais antigos é que o Face ID ficou ainda mais inteligente. A chegada do novo iOS 15.4 ao iPhone inaugurou um recurso esperado pelos usuários há tempos: o desbloqueio por meio do Face ID com máscara.

Graças a esse recurso, os usuários não precisarão mais retirar o acessório de proteção do rosto para fazer o reconhecimento facial no telefone da Apple. A tecnologia, no entanto, só está disponível para o iPhone 12 e iPhone 13.

3. Bateria dura muito

iPhone 13 não vem com carregador na caixa, mas suporta carregamento rápido — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

O iPhone 13 também recebeu um salto importante na bateria. Apesar da Apple não divulgar a capacidade do componente, aplicativos de benchmark revelam que o smartphone tem uma célula de 3.240 mAh de capacidade, contra os 2.815 mAh do iPhone 12.

Testes já mostraram que a bateria do iPhone 13 aguentou 7 horas e 45 minutos de tela ligada e uso moderado. A autonomia impressiona ainda mais no iPhone 13 Pro Max, que alcançou 9 horas e 52 minutos de autonomia no mesmo teste.

4. Desempenho de ponta

iPhone 13 vem com o Apple A15 Bionic, processador veloz que consegue executar tarefas bastante exigentes — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

O iPhone 13 estreou o novo chip Apple A15 Bionic. O novo processador da empresa tem alta velocidade e consegue executar tarefas pesadas sem grande esforço. Prova desse desempenho todo é o fato de que o iPhone 13 derrotou o também muito potente Galaxy S22 (Samsung) em testes de velocidade.

O usuário que adquirir o iPhone 13 terá em mãos um dos smartphones mais rápidos do mundo e que deverá ter uma longa vida útil antes que comece a ficar defasado. O celular é excelente para jogos e lida bem com vários apps abertos simultaneamente.

O usuário que adquirir o iPhone 13 terá em mãos um dos celulares mais rápidos do mundo e que deverá ter uma longa vida útil antes que comece a ficar defasado. O celular é excelente para jogos e lida bem com vários apps abertos simultaneamente.

5. Muitas opções de armazenamento

iPhone 13 tem opção máxima de até 512 GB de armazenamento interno, contra 256 GB do iPhone 12 — Foto: Thássius Veloso/TechTudo

A ausência de entrada para cartão de memória sempre foi algo característico dos smartphones da Apple. Para compensar isso, o iPhone 13 oferece várias versões de armazenamento: 128 GB, 256 GB e 512 GB. Para efeito de comparação, o iPhone 12 tinha versão de 64 GB, 128 GB e 256 GB.

A nova geração do iPhone começa com mais armazenamento na versão de entrada e inaugura a opção de 512 GB. Os preços podem variar bastante a depender da memória escolhida, mas 128 GB já é o valor recomendado para uma boa experiência para usuários menos exigentes. Vale destacar que nos modelos Pro o iPhone 13 oferece até 1 TB de memória interna.

6. Pronto para a conexão do futuro (5G)

Internet 5G, que funciona no iPhone 13, é até 50 vezes mais rápida que o 4G — Foto: Reprodução/Apple

A internet 5G continua em expansão no Brasil e a tendência é de que a conexão esteja presente na maioria das cidades brasileiras dentro de alguns anos. O iPhone 13 já vem preparado para esse futuro, em que a internet chega a ser 50 vezes mais rápida que o 4G.

Esse é mais um dos motivos que mostram que o modelo terá uma vida útil considerável e não deve ficar defasado tão cedo, diferente de outros aparelhos da Apple que não tem 5G.

MOTIVOS PARA NÃO GOSTAR DO IPHONE 13

1. O notch incomoda muita gente

iPhone 13 tem notch menor que os iPhones anteriores, mas ainda é bem maior que a concorrência — Foto: TechTudo

Enquanto algumas marcas parecem ter resolvido a questão da câmera frontal numa tela com bordas mínimas, com soluções que vão desde sensor escondido atrás da tela, pequeno furo em formato de gota d’água e até câmera retrátil, o iPhone 13 mantém o polêmico notch. Apesar do detalhe ser cerca de 20% menor em relação aos outros modelos, ele ainda está ali e desagrada muitos usuários, já que uma pequena parcela do display é desperdiçado.

A própria Apple reconhece que essa é uma fraqueza do aparelho e trabalha para que o próximo celular da marca, o iPhone 14, venha com uma minúscula câmera no lugar do notch, de acordo com informações que ventilam nos bastidores.

2. Parece que o design parou no tempo

iPhone 13 tem design muito parecido com modelos de anos anteriores — Foto: Danilo Paulo de Oliveira/TechTudo

A falta de inovação no desenho dos smartphones da Apple é, inclusive, motivo de chacota dentro de algumas comunidades de usuários de outras empresas. O motivo é o design, que mudou muito pouco desde o lançamento do iPhone X, em 2017.

Não fosse o notch menor e as lentes de câmera traseira na diagonal, seria difícil saber o que é iPhone 12 e o que é iPhone 13. Mesmo sendo o smartphone mais atual da companhia, o modelo não tem cara de ser um dispositivo tão novo assim.

3. Tela de 120 Hz faz falta

Tela do iPhone 13 tem ótima qualidade de imagem, mas apenas 60 Hz de taxa de atualização, igual os iPhones de 10 anos atrás — Foto: Reprodução/9to5Mac

Apesar do alto valor inicial cobrado pelo iPhone 13, a Apple não quis incluir um painel de 120 Hz. Isso vai na direção contrária de praticamente todos os modelos concorrentes como Xiaomi 12 e Galaxy S22, por exemplo. A alta taxa de atualização na tela é uma tecnologia que garante movimentos de animação mais fluídos e uma melhor experiência em jogos compatíveis.

Mesmo alguns modelos intermediários oferecem alta taxa de atualização. Enquanto isso, o iPhone 13 oferece um display com 60 Hz, igual aos modelos de uma década atrás da empresa. A tela de 120 Hz está presente apenas nas versões Pro do modelo.

Nota de transparência: Amazon e TechTudo mantêm uma parceria comercial. Ao clicar no link da loja, o TechTudo pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação. Os preços mencionados podem sofrer variação e a disponibilidade dos produtos está sujeita aos estoques. Os valores indicados no texto são referentes ao mês de julho de 2022.

Mais do TechTudo