Publicidade

Por Róbson Martins, para o TechTudo


Os vilões são parte marcante de muitos jogos. Em títulos como The Legend of Zelda: Breath of the Wild e Spider-Man, o objetivo principal é ajudar o bem a triunfar sobre o mal derrotando figuras como Ganon e Doutor Octopus, nesses casos. Outros games, no entanto, proporcionam uma perspectiva distinta ao colocar o jogador no controle do cara mau, que pode ser um agente secreto, um monstro ou até um ser de uma galáxia distante. É o caso de Hitman, Destroy All Humans! e mais games da lista a seguir, que mostra como quebrar as regras também pode ser divertido às vezes. Confira:

Destroy All Humans! garante muita diversão graças às aventuras do alienígena maligno Crypto-137 — Foto: Reprodução/Steam

Dungeon Keeper é um clássico jogo de estratégia desenvolvido pela Bullfrog Productions e publicado pela Electronic Arts em 1997. Assim como em Age of Empires e Clash of Clans, o jogador deve estabelecer seu próprio império e defendê-lo de inimigos. Nesse game, por outro lado, os papéis são invertidos e você controla um monstro para impedir que os heróis avancem pelo seu calabouço. Por se tratar de uma obra lançada há mais de 20 anos, Dungeon Keeper está disponível apenas para Windows e macOS (via GOG e Origin). Membros do EA Play, que custa R$ 19,90 mensais, também têm direito ao jogo.

Em Dungeon Keeper, você assume o papel de um monstro protetor de um calabouço — Foto: Reprodução/Origin

Criado pelo estúdio Triumph Studios, Overlord é mais uma aventura que subverte a fórmula de mocinhos contra vilões. Nele, você não precisa salvar o mundo de forças das trevas, mas sim propagar o caos em cidades e vilarejos de um reino medieval. Para isso, o jogador vai contar com um exército de pequenas criaturas que não hesitam em seguir as ordens do grande imperador do mal. Overlord chegou às lojas em 2007 para Xbox 360, Microsoft Windows, Linux e PlayStation 3 (PS3). Atualmente, o game está disponível para PC (Windows) por R$ 8,49 através do Steam.

Overlord é um jogo cujo objetivo é espalhar as forças do mal pelo mundo — Foto: Reprodução/Steam

3. Destroy All Humans!

Esse clássico cult da Black Forest Games e Pandemic Studios conta a história de uma invasão alienígena nos anos 1950 com muitos elementos de ação e humor. O jogador assume o papel do extraterrestre maligno Crypto-137, cujo objetivo é coletar DNA humano e aniquilar a raça depois. Para esse fim, o jogador tem à disposição uma vasta seleção de armas e habilidades psíquicas que são personalizáveis.

Destroy All Humans! foi lançado originalmente em 2005 e remasterizado posteriormente para Windows, PS4, PS5, Xbox One e Xbox Series X/S. O título custa R$ 69,95 para PC (Via Steam e GOG), R$ 199,50 para consoles Playstation e R$ 149,95 para videogames Xbox. Além disso, o conteúdo faz parte do catálogo do Xbox Game Pass.

Ajude a invasão alienígena a subjugar a humanidade em Destroy All Humans! — Foto: Reprodução/Steam

4. Maneater

Conhecido como o "GTA de Tubarão", Maneater é um jogo de mundo aberto que coloca o player no comando de um tubarão-cabeça-chata. Em um mundo hostil, a criatura enfrenta ameaças de caçadores e outros predadores para se vingar dos seres humanos que caçaram sua mãe.

Ao causar o máximo de caos ao longo da costa dos Estados Unidos, é possível acumular pontos para evoluir e se tornar o maior predador dos mares. Você pode comprar Maneater para PS4, PS5, Xbox One, Xbox Series X/S e PC (via Steam e Epic Games Store). Assinantes do PS Plus e do Xbox Game Pass têm acesso grátis ao jogo.

Maneater traz todo o caos do grande predador dos mares para seu PC ou console — Foto: Reprodução/Steam

Seguindo a ideia apresentada no filme de terror A Profecia (The Omen), de 1976, Lucius retrata a infância de uma criança aparentemente normal. O problema é o jovem ser ninguém menos que o Anticristo na Terra, ou seja, o filho do diabo. Assim, a criança usa seus poderes infernais para resolver enigmas e exterminar, um a um, os moradores de sua casa. Produzido e publicado pelo Shiver Games, Lucius sai por R$ 19,99 para PC (via Steam e GOG). O título ainda conta com duas sequências que continuam a história do personagem.

Lucius permite que o usuário se torne o Anticristo e use seus poderes para matar — Foto: Reprodução/Steam

6. Carrion

Carrion é um jogo indie de “horror reverso” ideal para quem gosta de violência desenfreada. Protagonizado por um ser alienígena amorfo, o game deixa que o player se arraste por plataformas, dutos e frestas para escapar de uma base espacial. Conforme mata e consome os corpos de todos pelo caminho, o “monstro” cresce e ganha novas habilidades, que o ajudam a explorar o local. Você pode obter Carrion, da Devolver Digital, para PS4, PS5, Xbox One e Xbox Series X/S, além de PC, Mac e Linux (via Epic Games Store, GOG e Steam). Os preços variam entre R$ 37,99 e R$ 99,50.

A criatura de Carrion eliminar e come todos a sua frente — Foto: Reprodução/Steam

7. Hitman Trilogy

Hitman Trilogy é uma coletânea de três jogos da recente trilogia World of Assassination. O título apresenta uma versão do Agente 47 ainda mais letal, que viaja o mundo para eliminar seus alvos das maneiras mais criativas possíveis. Com uma série de técnicas furtivas, golpes e armas, o game permite ao jogador escolher a abordagem utilizada para cumprir cada missão. A coletânea é distribuída pela IO Interactive para PS4, PS5, Xbox One, Xbox Series X/S e PC (via Epic Games Store e Steam). O conteúdo também está incluso na assinatura do Xbox Game Pass.

O Agente 47, protagonista da série Hitman, enfrenta qualquer obstáculo para cumprir sua missão — Foto: Reprodução/Steam

Plague Inc. é um simulador de estratégia para PC (via Steam) e celulares Android e iPhone (iOS) cujo objetivo é desenvolver uma doença capaz de dizimar a humanidade. Embora a identidade do protagonista seja desconhecida, ele consegue evoluir o vírus para torná-lo mais resistente, contagioso e letal. Se quiser vencer, é preciso mostrar uma boa estratégia, porque os humanos farão de tudo para sobreviver.

Durante a pandemia de Covid-19, a desenvolvedora Ndemic Creations liberou o modo The Cure, em que os usuários podem mudar de lado e lutar contra a propagação de uma doença a partir de vários métodos, incluindo o desenvolvimento de vacinas.

Em Plague Inc., o propósito é exterminar a população mundial com um doença — Foto: Reprodução/Steam

Com informações de Game Rant, Screen Rant, TheGamer, Origin, Xbox, Devolver Digital, Ndemic Creations e Steam (1, 2, 3, 4 e 5)

Mais do TechTudo