Redes sociais
Publicidade

Por Raquel Freire, para o TechTudo


A novidade anunciada pelo Instagram de que vai transformar vídeos de até 15 minutos em Reels desagradou muita gente. Nas redes sociais, usuários e influenciadores poderosos, como as irmãs Kardashians, começaram um movimento contra o que chamam de "Tiktokrização" do Instagram. Mas o crescente investimento da plataforma nos vídeos curtos não é a única crítica à rede social: muitas outras atualizações do aplicativo também desagradaram os usuários. Abaixo, relembre cinco mudanças no app, originalmente destinado a fotos, que dividiram opiniões na Internet.

Relembre atualizações polêmicas do Instagram — Foto: Getty Images

Como ganhar curtidas no Instagram? Veja no Fórum do TechTudo

1. Transformação de vídeos do feed em Reels

A mais recente polêmica diz respeito à transformação de todos os vídeos com menos de 15 minutos em Reels. A atualização, que entrou em vigor dia 21 de julho, também incluiu a possibilidade de inserir fotos no Remix do Reels e a nova função Dual Capture, que permite gravar vídeos usando as câmeras traseira e frontal ao mesmo tempo.

Atualização do Instagram que transforma vídeos com menus de 15 minutos em Reels gera reações negativas — Foto: Divulgação/Instagram

O update foi visto por grande parte das pessoas como (mais) uma forma de copiar o TikTok. Dona do segundo perfil mais seguido na rede, a influenciadora Kylie Jenner impulsionou as críticas ao pedir para o Instagram "virar Instagram de novo". "Pare de tentar ser o TikTok, eu só quero ver fotos fofas dos meus amigos", dizia a publicação compartilhada por Jenner e curtida mais de 1,1 milhão de vezes.

O post ainda trazia o link para uma petição online no Change.org com uma série de reivindicações ao Instagram, as quais incluem parar de imitar o TikTok, desenvolver um algoritmo que priorize fotos e trazer de volta a timeline em ordem cronológica. Até o fechamento desta matéria, o abaixo-assinado já havia reunido mais de 220 mil assinaturas.

Kylie Jenner compartilha post que pede para Instagram "voltar aos velhos tempos" — Foto: Reprodução/Instagram

A princípio, a mobilização contra a "Tiktokrização" não parece ter surtido muito efeito entre os responsáveis pelo Instagram. Através do Twitter, o chefe da rede social, Adam Mosseri, reafirmou a decisão da empresa em investir cada vez mais nos vídeos, já que este é o tipo de conteúdo mais consumido pelos usuários. Pelas explicações do executivo, isso significa que as imagens estáticas perderão ainda mais espaço, reforçando sua declaração de que o Instagram não é mais um app de fotos.

2. Extinção do feed cronológico

Desde que foi anunciada, em 2016, a extinção do feed cronológico gerou duras críticas ao Instagram. Na época, a rede alegou que os usuários só viam 70% das imagens e vídeos publicados, razão pela qual estava substituindo o algoritmo para exibição de conteúdos por relevância. As reclamações foram tão constantes que, em 2021, o Instagram anunciou a volta da apresentação em ordem cronológica. Os testes começaram em janeiro deste ano e, em março, já era possível ver o feed pela data de publicação novamente.

Feed cronológico do Instagram voltou após uma série de críticas — Foto: Rodrigo Fernandes/TechTudo

Vale ressaltar que o feed cronológico não voltou como uma opção padrão do Instagram. Ao abrir o aplicativo, no Android ou iPhone (iOS), o usuário ainda visualiza os posts a partir do que o algoritmo entende como mais interessante para ele. É necessário realizar o procedimento descrito neste tutorial toda vez que desejar ver as imagens por ordem de publicação.

3. Stories com duração de 60 segundos

Uma atualização do Instagram aumentando o limite dos Stories de 15 para 60 segundos dividiu opiniões, mesmo antes de ser oficialmente implementada. O update foi descoberto pelo desenvolvedor Alessandro Paluzzi, que publicou o print da novidade em seu perfil no Twitter, gerando uma série de argumentos contra e a favor da novidade.

Muita gente gostou da ideia de não ter mais os vídeos cortados após 15 segundos, já que isso permite, por exemplo, adicionar músicas e efeitos sem quebras. Por outro lado, outros reclamaram de ter que voltar 60 segundos de exibição, e não 15, quando se quer rever apenas um trecho do vídeo.

Aumento do limite dos Stories no Instagram dividiu opiniões — Foto: Melissa Cruz/TechTudo

Passados nove meses da polêmica, o Instagram ainda não liberou a funcionalidade, à época descrita pela empresa como "apenas um teste", para todos. Vale lembrar que poucos meses antes, os vídeos em Reels tiveram seu limite de tempo aumentado para 60 segundos, seguindo os passos do TikTok, que ampliou a duração dos clipes para até três minutos.

4. Extinção da aba "Seguindo"

Em 2019, o Instagram deu fim à aba "Seguindo", que mostrava curtidas, comentários e seguidores dos amigos na rede social. A remoção fez com que a seção "Atividade" passasse a mostrar apenas as ações do próprio usuário, como notificações de novos seguidores e comentários recebidos.

A existência da aba já era polêmica, uma vez que dedurava atividades como paqueras, gerando ciúmes e discussões. Sua extinção, consequentemente, também foi motivo de controvérsia. Os stalkers ficaram sem ferramenta para vasculhar a vida dos seguidores que mais lhe interessavam, ao passo que muita gente se sentiu mais livre para distribuir likes e comentários.

Mas não foi para evitar brigas que o Instagram acabou com o recurso. Na época, o diretor de produto, Vishal Shah, disse ao BuzzFeed que remoção foi feita para simplificar a plataforma, já que a aba era pouco utilizada e muitas pessoas sequer sabiam da sua existência.

5. Status "Online" no Direct

A indicação de que uma pessoa está online é tão odiada no Instagram quanto em aplicativos de mensagem. Isso porque essa é uma forma de "dedurar" quando o usuário está ativo na rede social, mas não respondeu a uma mensagem, por exemplo. A boa notícia é que o Instagram conta com recurso nativo para tirar o online. Basta abrir a aba de perfil, acessar as configurações de privacidade, entrar no "Status da atividade" e desmarcar a opção correspondente.

Desativação do "online" no Instagram Direct — Foto: Reprodução/Clara Fabro

Com informações de Instagram, Twitter, Buzzfeed

Veja também: quatro coisas que o Instagram sabe sobre você

4 coisas que o Instagram sabe sobre você.

4 coisas que o Instagram sabe sobre você.

Mais do TechTudo