Produtividade
Publicidade

Por Flávia Fernandes, para o TechTudo

TechTudo

O Gboard é o teclado oficial do Google para Android e iPhone (iOS) e apresenta diversos recursos que podem facilitar a sua comunicação pelo WhatsApp. Algumas funções são úteis para otimizar tempo, como adicionar um atalho para mensagens prontas e salvar itens da área de transferência, por exemplo. Já outras ferramentas podem fazer diferença na usabilidade do app de mensagens, como a opção de digitar por voz ou ainda alterar o layout do teclado para utilizá-lo com uma mão só. Vale mencionar que, em dispositivos Apple, o Gboard precisa ser instalado via App Store e configurado como principal.

Outro aspecto importante de ser mencionado é que, embora o aplicativo tenha suporte para iPhone (iOS), as funcionalidades apresentadas nesta lista só podem ser reproduzidas em smartphones com sistema operacional Android. Confira, a seguir, cinco funções interessantes que o Gboard tem e que podem mudar a maneira como você usa o WhatsApp.

Conheça cinco recursos do Gboard para usar no WhatsApp — Foto: Helito Beggiora/TechTudo

1. Criar um emoji personalizado

O Gboard possibilita combinar emojis para criar um sticker personalizado - assim, é possível, por exemplo, unir um coração e um rosto feliz para obter um coração com sorriso. A opção pode ser relevante para gerar resultados de emojis diferenciados e aumentar o repertório de carinhas para usar nas conversas, garantindo mais personalização.

Para usar o recurso, abra o mensageiro e pressione a área de digitação. Em seguida, toque no ícone de emoji e escolha a combinação a ser enviada. É possível cruzar quantos stickers quiser para conseguir mais opções de figurinhas únicas.

Envie emojis personalizados no WhatsApp usando teclado Gboard — Foto: Reprodução/Flávia Fernandes

2. Configurar respostas automáticas

O teclado do Google oferece outra função interessante, que é a de criar atalhos para respostas prontas. A configuração permite inserir números, letras ou símbolos que, ao serem digitados na área de transferência, exibem a mensagem salva a ser enviada. O recurso pode ser útil para guardar respostas usadas frequentemente, como um endereço.

Para acessar a funcionalidade, abra o app do Gboard e vá em “Dicionário” > “Dicionário pessoal”. Em seguida, selecione o idioma desejado e toque no símbolo de mais no canto superior direito. Digite a mensagem que será salva e o atalho correspondente. Então, pressione o símbolo de confirmação. Desse modo, sempre que o elemento for digitado no WhatsApp, a frase salva será exibida para facilmente ser encaminhada.

Gboard permite salvar mensagens para serem adicionadas por atalho — Foto: Reprodução/Flávia Fernandes

3. Transcrever áudio em texto (Digitação por voz)

Também é possível fazer digitação por voz pelo Gboard. O teclado permite que, ao ativar a função, as palavras pronunciadas sejam reconhecidas e colocadas em formato de texto na área de digitação. É possível ainda verbalizar pontuações para elas serem adicionadas nas frases. Dessa forma, o mecanismo pode ser útil para otimizar tempo ao enviar uma mensagem escrita, ou pode ser usada em momentos que você não tem como utilizar as mãos para digitar, por exemplo.

Para usar o método, basta abrir o teclado do Google no WhatsApp, tocar no ícone do microfone e esperar que a frase “Fale agora” apareça na tela. Aí, é só dizer as palavras desejadas, e o Gboard irá inseri-las na área de transferência. Para encerrar, pressione novamente o símbolo do microfone.

Recurso de digitação por voz é possível com app Gboard — Foto: Reprodução/Flávia Fernandes

4. Digitar com uma mão só

Mais uma possibilidade do Gboard é a opção de alterar o layout do teclado para facilitar a digitação com uma mão só. O recurso diminui a área de teclas e botões, colocando-o em apenas um lado da tela, de forma que o usuário escolha o lado desejado. É possível escolher entre esquerda, direita ou livremente.

Para usar a função, abra o teclado no mensageiro, toque nos três pontinhos horizontais e pressione “Uma mão só”. Se preferir mudar a ferramenta de lugar, basta tocar no símbolo de seta lateral ou de deslocamento.

Digite com mais facilidade com uma mão só ao usar recurso do teclado Gboard — Foto: Reprodução/Flávia Fernandes

5. Checar área de transferência

O teclado do Google ainda permite armazenar textos da área de transferência por até uma hora. Diferentemente de outros teclados - que mostram apenas o que foi copiado e colado por último -, o Gboard apresenta um histórico recente. Ainda, é possível excluir itens ou fixá-los na ferramenta para serem usados posteriormente.

Para usar o recurso, abra os três pontinhos no teclado Gboard, toque em “Área de transferência” e habilite a função ao deslocar a bolinha para o lado direito. Em “Recentes”, é possível visualizar o que foi copiado. Caso queira editar, aperte no ícone do lápis para excluir ou fixar o elemento.

Salve itens da área de transferência com o Gboard — Foto: Reprodução/Flávia Fernandes

Veja também: Como criar minifiguras baseadas em seu rosto no Gboard

Como criar minifiguras baseadas em seu rosto no Gboard

Como criar minifiguras baseadas em seu rosto no Gboard

Mais do TechTudo