Redes sociais
Publicidade

Por Flávia Fernandes, para o TechTudo

Luciana Maline/TechTudo

O WhatsApp oferece várias possibilidades de ajustes que podem trazer mais privacidade ao usar o mensageiro. Configurações como permitir que apenas contatos possam te adicionar em grupos e exibir a foto de perfil somente para pessoas adicionadas, podem evitar intromissões e exposição indesejada. Outra função que está em testes e poderá ajudar nisso é a possibilidade de esconder o status online no app, muito esperada pelos usuários. Veja, a seguir, seis funções para usar o WhatsApp de maneira mais sigilosa em celulares Android e iPhone (iOS).

Obtenha mais privacidade no WhatsApp com seis recursos que podem ser configurados — Foto: Divulgação/Pexels

1. Desativar “Visto por último” e confirmação de leitura

O recurso “Visto por último” revela a data e horário da última vez que a pessoa acessou o WhatsApp. Já a confirmação de leitura mostra, por meio dos dois tiques azuis em conversas, se o contato leu ou não a mensagem e quem visualizou os Status postados. Para obter mais privacidade no mensageiro e não permitir que as pessoas saibam quando você realizou essas ações, é possível desabilitar essas funções.

O app oferece a possibilidade de definir se o “Visto por último” será mostrado para todos, apenas para contatos ou para ninguém. Também há uma opção de selecionar pessoas específicas para não vê-lo. A confirmação de leitura, por sua vez, pode ser desativada para status e chats individuais, mas não para conversas em grupo. Vale ressaltar que as mudanças se aplicam tanto ao usuário quanto aos contatos. - ou seja, quem desabilita os próprios dados também não consegue visualizar as informações de outras pessoas no app.

Para acessar a configuração no Android, abra o WhatsApp e toque no símbolo de três pontinhos na parte superior direita da tela. Vá até Configurações > Conta > Privacidade > Visto por último > Ninguém. No iPhone (iOS), o caminho é o mesmo, com a diferença de que o ícone de “Configurações” fica localizado na barra inferior do app. A remoção da confirmação de leitura também é feita na aba de “Privacidade”. Para desabilitar, role a tela e desative a chave correspondente.

Retire o visto por último no WhatsApp para obter mais privacidade — Foto: Rodrigo Fernandes/TechTudo

2. Mostrar sua foto de perfil apenas para contatos

Por padrão, o WhatsApp mostra a sua foto de perfil para qualquer pessoa que adicione o seu número de telefone associado ao mensageiro. Para evitar a exposição para desconhecidos, uma opção é restringir a disponibilidade da imagem apenas para contatos. Para isso, abra o app, pressione o símbolo dos três pontinhos e vá em Configurações > Conta > Privacidade > Foto do perfil > Meus contatos.

Exiba sua foto apenas para contatos no WhatsApp para ter mais segurança — Foto: Ana Marques/TechTudo

3. Permitir que somente contatos possam te adicionar a grupos;

Outra função que já vem nativa no app é a possibilidade de qualquer pessoa conseguir te adicionar a grupos. Isso pode ser incômodo porque, eventualmente, contatos desconhecidos podem inserir você em chats de que você não deseja participar. É possível mudar essa configuração e habilitar para que apenas contatos possam te inserir em chats coletivos.

Assim, pessoas não adicionadas que queiram te incluir em grupos precisarão enviar um convite por meio de uma conversa individual. Essa ação dará mais autonomia para você decidir se deseja participar ou não do canal. Para colocar essa configuração é simples: abra o app, pressione o símbolo dos três pontinhos e vá em Configurações > Conta > Privacidade > Grupos > Meus contatos.

Ingressar em grupos de desconhecidos pode ser perigoso; limite a ação apenas para pessoas adicionadas — Foto: Marcela Franco/TechTudo

4. Habilitar a autenticação em duplo fator

Outra forma de obter mais proteção no app de mensagens é habilitar a autenticação de dois fatores. A camada extra de segurança possibilita a criação de uma senha de seis dígitos que, periodicamente, é solicitada ao usuário para que ele possa continuar a usar o mensageiro.

É possível ainda incluir um endereço de e-mail para recuperação do PIN, caso o esqueça. Para ativar, vá em Configurações > Conta > Confirmação em duas etapas > Ativar. Em seguida, digite a senha desejada, endereço de e-mail e pressione Avançar > Salvar.

Ative a autenticação de dois fatores no WhatsApp para mais segurança — Foto: Paulo Alves/TechTudo

5. Abrir conversas em modo temporário, quando necessário

É possível no WhatsApp ativar o uso de mensagens temporárias que desaparecerão após 24 horas, sete dias ou 90 dias. Após habilitar a função, as novas conversas serão apagadas no período determinado. Vale ressaltar, porém, que as mensagens enviadas anteriormente não serão afetadas.

O recurso pode ser usado tanto em chats individuais quanto em grupos. Para usá-lo, abra a conversa desejada, pressione o nome do contato ou grupo e toque em “Mensagens temporárias”. Em seguida, selecione a duração. O WhatsApp notificará na conversa que todas as novas mensagens desaparecerão no período determinado. O outro contato ou pessoas do grupo podem alterar a configuração a qualquer momento.

WhatsApp permite enviar mensagens temporárias que somem após período determinado — Foto: Rodrigo Fernandes/TechTudo

6. Bloquear contatos desconhecidos e que enviem mensagens suspeitas

Com a disseminação de golpes via WhatsApp, como o do emprego de meio período, é importante bloquear contatos com números desconhecidos ou que enviem mensagens que pareçam suspeitas.

Para fazer a ação, abra a conversa, toque nos três pontinhos verticais no canto superior direito e selecione “Mais”. Em seguida, pressione “Bloquear”. Há também uma opção de denunciar o contato e enviar as cinco últimas mensagens para análise do mensageiro. Para confirmar, toque em “Bloquear”.

Impeça que um contato te envie mensagens pelo WhatsApp o bloqueando — Foto: Helito Beggiora/TechTudo

Com informações de MakeUseOf e Faq WhatsApp

Veja também: Como ficar invisível no WhatsApp Web

Como ficar invisível no WhatsApp Web

Como ficar invisível no WhatsApp Web

Mais do TechTudo