Jogos de esporte
Publicidade

Por Yuri Neri, da Redação

Divulgação/Cartola

O segundo turno do Brasileirão começou no final de semana passado e o Cartola FC segue a todo vapor. Na primeira metade do campeonato, nomes como Germán Cano, do Fluminense, e Calleri, do São Paulo, surpreenderam os players do fantasy game e “mitaram” com muitos gols e pontos. No returno, novos jogadores entram na disputa e podem se destacar nas ligas do Cartola. A seguir, o comentarista e ex-jogador Pedrinho apresenta dicas para os cartoleiros que desejam um bom desempenho na segunda metade do Brasileirão.

Além dos conselhos do comentarista, o TechTudo também separou informações como o preço em cartoletas (a moeda do game) e a média dos jogadores para te ajudar a compor o seu elenco. Vale lembrar que eles não estão em ordem de importância, apenas enumerados.

Pedrinho dá dicas de jogadores para mandar bem no segundo turno do Brasileirão no Cartola — Foto: Divulgação/Cartola (Marcos Ribolli)

1. Everton Cebolinha (Flamengo)

Cebolinha voltou ao Brasil para jogar no Flamengo — Foto: Heuler Andrey/Getty Images

Quando jogava no Grêmio, Cebolinha se sobressaía como um dos melhores jogadores do Cartola. O bom desempenho nos gramados o fez ganhar espaço, inclusive, na seleção brasileira, pela qual marcou três gols em 25 partidas. Apesar de não ter tido uma passagem de ouro na Europa, o ponta volta ao Brasil como uma das apostas do Flamengo.

Nos três jogos dos quais participou até o momento, Everton acumula a média de 4,63, e custa C$ 11,95. Para Pedrinho, Cebolinha “era um dos principais jogadores do game quando saiu do país rumo ao futebol português, e tem tudo para se firmar no Flamengo, fazendo a alegria dos cartoleiros mais uma vez”.

2. Pedro (Flamengo)

Pedro do Flamengo, à esquerda, em treinamento — Foto: Reprodução/Flamengo (Paula Reis)

O jogador apresentou um início de temporada irregular pelo Flamengo. Se antes ele não tinha muitas chances no encorpado elenco rubro-negro, com a lesão de Bruno Henrique e a chegada do técnico Dorival Júnior, esse panorama mudou. Hoje, Pedro divide o ataque do time com o GabiGol — e a dupla vem se saindo bem. “Com o crescimento de produção do time e dele individualmente, além do entrosamento cada vez maior com o Gabigol, ele vem sendo um dos grandes destaques nas últimas rodadas e tem tudo para seguir assim no segundo turno”, afirma o comentarista.

O atacante tem 16 partidas e média de 5,41, custando C$ 11,78 atualmente. Como o Flamengo joga a Libertadores e Pedro vem sendo titular na competição continental, vale sempre conferir se o jogador será poupado ou não nas rodadas do Brasileirão.

3. Zaracho (Atlético-MG)

Zaracho é o meia-atacante do Atlético-MG — Foto: Andre Borges/Getty Images

O meia-atacante argentino obteve bons números no Cartola no ano passado, quando o Galo se sagrou campeão do Brasileirão. Em 2022, contudo, ele se lesionou e desfalcou o Atlético em algumas partidas. Agora que já está recuperado e com a volta do técnico Cuca, Zaracho já obteve notas razoáveis, mesmo com o recente desempenho ruim de seu time.

Em nove jogos no campeonato, Zaracho tem a alta média de 6,80, custando C$ 13,69. "Ele foi peça fundamental no time do ano passado, quando era comandado pelo treinador (Cuca), desarmando e participando ofensivamente. É sempre uma boa opção para pontuar”, aponta o ex-jogador. Assim como o Flamengo, o Atlético-MG também está na Libertadores. Assim, a dica de conferir a previsão das escalações também vale.

4. Joaquim (Cuiabá)

Joaquim, zagueiro do Cuiabá, é uma aposta mais barata para a zaga — Foto: NurPhoto/Getty Images

Apesar de o Cuiabá se encontrar na parte de baixo da tabela, Joaquim vem se destacando na zaga do clube mato-grossense. O zagueiro acumula, em oito partidas até o momento, a média de 6,49. Nas rodadas 16 e 18, inclusive, ultrapassou a marca de dez pontos, pontuando 10,80 e 11,40, respectivamente.

Custando apenas C$ 4,79, o defensor promete ser uma opção barata para compor o seu time. “Um jogador para ficar de olho nos próximos jogos e que vem bem, apesar de o time não estar em grande fase, é o Joaquim”, comenta Pedrinho.

5. Thiago Galhardo (Fortaleza)

Thiago Galhardo passou um período no Celta de Vigo, da Espanha, antes de voltar ao Brasil — Foto: Octavio Passos/Getty Images

Galhardo é outro jogador que volta ao Brasil depois de uma rápida passagem pela Europa. Ele promete ser um reforço importante do Fortaleza na luta para se afastar da zona de rebaixamento. Até agora, em três partidas, ele obteve média de 1,33, pontuando, inclusive, negativamente na 20ª rodada.

Com preço de C$ 7,20, Pedrinho tem boas expectativas para com o atacante: “O Fortaleza vai com tudo na luta contra o rebaixamento nessa segunda metade e, sem o Pikachu, o Galhardo deve ser uma das principais opções ofensivas do time”, aconselha o comentarista.

Mais dicas

Além dos nomes citados por Pedrinho, outros jogadores merecem a atenção dos cartoleiros no returno do Brasileirão. O mais óbvio deles talvez seja Germán Cano, artilheiro do campeonato com 12 gols. Além do faro de goleador, outro ponto positivo é a regularidade do atacante: até agora, ele participou de todos os 20 jogos da Série A. Cano tem média de 6,68 e custa C$ 13,41.

No meio de campo, Gustavo Scarpa é sempre uma opção a se pensar. Com 18 jogos, o meia tem média de 7,39 e custa C$ 13,73, sendo o vice-líder de assistências na temporada. Ele só fica atrás de Giorgian Arrascaeta. O uruguaio acumula a média de 7,67 em 14 jogos, mas é mais caro: C$ 19,04.

Na defesa, Fábio Santos do Corinthians tem média de 5,92 em 12 partidas, sendo uma opção barata por apenas C$ 8,24. Gustavo Gómez do Palmeiras é outro bom nome, com média de 7,58 em 14 jogos. Seu preço também é maior, custando C$ 15,56.

Entre as traves, Cássio do Corinthians sofreu apenas 12 gols em 17 partidas no campeonato — o que lhe proporciona um coeficiente de 0.71 gols por jogo. Ele custa C$ 12,44 e tem média de 5,64. Uma alternativa mais barata é o goleiro do Goiás, o Tadeu. Com média de 4,39, ele custa apenas C$ 8,86 e pode ser uma boa aposta.

No vídeo abaixo, veja cinco truques para mandar bem no jogo

Cartola FC: cinco dicas para mandar bem no jogo

Cartola FC: cinco dicas para mandar bem no jogo

Mais do TechTudo