Jogos de aventura
Publicidade

Por Clercio Rodrigues, para o TechTudo


Stray, também conhecido como “jogo do gato”, foi lançado em julho para PlayStation 5 (PS5), PlayStation 4 (PS4) e PC (Steam). Enorme sucesso com a crítica e público, o título desenvolvido pelo estúdio BlueTwelve se passa em um mundo cyberpunk habitado por robôs e conta a história de um gatinho de rua que, acompanhado por um drone inteligente, deve encontrar uma forma de voltar para casa. Para isso, o jogador deve usar todas as habilidades do felino ao explorar o mundo misterioso.

O game foi o primeiro jogo a chegar ao catálogo da nova PS Plus (Extra e Deluxe) no dia do lançamento e também foi muito bem recebido pelos usuários da Steam, onde já superou God of War e se tornou o título de 2022 com as melhores avaliações. Pensando nisso, o TechTudo preparou uma lista com dicas para a aproveitar o melhor das sete vidas e mandar bem no jogo do gatinho. Confira!

Stray exige que o jogador aprenda a lidar com as habilidades felinas do protagonista — Foto: Divulgação/BlueTwelve

👉 Preciso de PS Plus assinada para baixar os jogos da PS Store? Tire as dúvidas no Fórum do TechTudo

1. Explore na vertical

A maior parte dos capítulos principais de Stray se passa em uma cidade subterrânea, isolada por grandes muros, lotada de prédios e cheia de objetos para interagir. Como um bom gato de rua, você deve usar suas habilidades de felino para colocar as patas em cada beco e viela desse lugar misterioso.

Para não passar batido por nenhum segredo, aproveite a grande variedade de objetos espalhados pelas ruas para escalar e explorar o mundo do jogo na vertical. Existem muitos personagens dentro de apartamentos e no topo das casas, então andar pelos telhados e janelas será fundamental para progredir na aventura.

Use a mobilidade do gato para explorar a cidade de baixo para cima — Foto: Reprodução/Clercio Rodrigues

Essa dica também vale para ambientes internos, já que os apartamentos dos robôs têm móveis que podem servir de plataforma e estão cheios de itens para adicionar ao inventário do assistente B-12. Muitos deles estão escondidos em cima de mesas, prateleiras, balcões e eletrodomésticos, por exemplo.

2. Arranhe portas, tapetes e sofás

O gato de Stray pode arranhar portas, paredes, tapetes e outras superfícies. Afiar as garras parece inútil no começo, mas será necessário para concluir diversas missões. Em uma delas, esse movimento é usado para puxar cortinas e abrir uma janela, por exemplo. Além de ser muito importante para resolver alguns dos vários enigmas disponíveis no jogo, arranhar as coisas também pode te render uma conquista especial no PlayStation: o troféu "Território". Para arrematá-lo, basta fazer isso pelo menos uma vez em cada capítulo.

O gato pode deixar sua marca em diversas superfícies — Foto: Reprodução/Clercio Rodrigues

3. Fale com todos os robôs

Todos os habitantes da cidade dentro dos muros são robôs, que vivem presos em uma das poucas áreas que não foram dominadas pelos Zurks, e eles sempre têm alguma história para contar. Durante as missões principais, os androides podem ser consultados para dar dicas e guiar o gato até o próximo objetivo.

Em Stray, humanos foram extintos e robôs adotaram seus costumes — Foto: Reprodução/Clercio Rodrigues

Além de dar informações importantes sobre a história do jogo e ajudar com as missões, os robôs podem conversar sobre os itens do seu inventário. Em alguns casos, mostrar um objeto pode até desbloquear ações especiais. Se der partituras para o robô músico, por exemplo, ele vai tocar o violão para você.

4. Atenção às lembranças

Quando o gato encontra B-12 pela primeira vez, o drone parece confuso e diz não se lembrar do que aconteceu antes de ser desligado. Para recuperar as memórias do robô, você terá de encontrar objetos especiais ao longo dos doze capítulos do jogo, mas é bom ficar atento para não perder nenhum desses itens. É válido ressaltar, ainda, que os que liberam memórias têm um brilho azul.

O drone B-12 recupera suas memórias ao escanear objetos e mensagens — Foto: Reprodução/Clercio Rodrigues

Depois de recuperar uma lembrança, o conteúdo dela ficará salvo no seu inventário e poderá ser lido novamente em qualquer momento. Essa é uma ótima forma de ficar por dentro do enredo do jogo, já que as memórias incluem muitas informações interessantes sobre o universo e as personagens de Stray.

5. Sempre pegue latinhas de energético

As latinhas de energético estão entre os itens mais valiosos do mundo de Stray. Elas podem ser usadas como moeda na loja do robô Azooz, que tem dois itens raros à venda: uma partitura, que custa uma lata, e uma pintura, que custa três latas. Todas as quatro unidades necessárias para comprar os dois objetos estão na favela, em máquinas de bebidas espalhadas pelo local. Como só é possível acessar essa parte do mapa nos capítulos quatro e seis, não passe para o capítulo sete antes de encontrá-las.

Existem quatro máquinas de bebida com latinhas de energético — Foto: Reprodução/Clercio Rodrigues

6. Derrube o que puder

Não precisa ter medo daquele ditado – em Stray, a curiosidade não mata o gato. Os ambientes do jogo têm vários objetos que podem ser empurrados, como pilhas de livros, caixas de papelão, latas de tinta, garrafas e baldes. Muitos deles escondem itens e segredos, então sempre derrube o que puder antes de continuar sua jornada. Em alguns capítulos, até itens que você precisa adicionar ao inventário para progredir na campanha principal estão escondidos desse jeito.

Jogue todos os objetos no chão e vasculhe a sala antes de sair — Foto: Reprodução/Clercio Rodrigues

7. Precisa correr? Vá em zigue-zague

Os Zurks são criaturas perigosas que comem todo tipo de material e que podem grudar nas costas do gato. O protagonista até tem uma arma para se proteger deles, mas ela só pode ser usada depois de algumas horas de jogo. Até lá, a melhor forma de fugir desses parasitas é correndo em zigue-zague.

Correr em zique-zague é a melhor forma de driblar os Zurks — Foto: Reprodução/Clercio Rodrigues

Pode parecer bobo, mas as fintas, esses movimentos para enganar, vão confundir os monstrinhos e te ajudar a evitar os ataques. Se estiver encurralado ou sem saber para onde ir, procure por lugares altos e tente chegar lá escalando - já que, apesar de também serem muito ágeis, os Zurks não conseguem saltar tão bem quanto o gato.

5 jogos casuais que você precisa conhecer para curtir no dia a dia

5 jogos casuais que você precisa conhecer para curtir no dia a dia

Mais do TechTudo