Qual Comprar?
Publicidade

Por Fernando Sousa, para o TechTudo


Os SSDs de 960 GB podem ser ideais para melhorar o desempenho e armazenamento do PC ou notebook. Os discos são bem mais rápidos que os HDs convencionais e deixam a máquina mais rápida na inicialização e para rodar programas. Além disso, podem ser interessantes para guardar muitos arquivos como fotos, jogos e documentos. Empresas como Kingston, Western Digital, Kodak e Corsair oferecem modelos por preços a partir de R$ 497, como é o caso do Kingston A400, que apresenta padrão SATA e velocidade de leitura de até 500 MB/s.

Já o Kodak X300 conta com conectividade M.2 e velocidade de gravação de 510 MB/s por valores que partem de R$ 893. Outra opção é o Corsair MP510, que traz tecnologia TLC NAND 3D e velocidade de leitura de 3.480 MB/s por cerca de R$ 1.177. Veja a seguir seis SSDs de 960 GB para comprar no Brasil em 2022.

SSD 960 GB: lista reúne seis modelos por preços que variam entre R$ 497 e R$ 1.177 — Foto: Divulgação/Kingston

Qual SSD comprar? Tire suas dúvidas no Fórum TechTudo

1. Kingston A400 – a partir de R$ 497

O Kingston A400 é um SSD com padrão SATA, que por utilizar a interface que é mais comum, pode ser instalado em praticamente qualquer PC ou notebook. Se por um lado a compatibilidade do modelo é um diferencial, a interface SATA não é a que oferece mais desempenho, principalmente em comparação com outras soluções NVMe. O produto é vendido por preços a partir de R$ 497.

O disco promete velocidade de leitura de até 500 MB/s e de gravação de até 450 MB/s, o que já é muito mais do que os HDs convencionais. O modelo pode ser indicado para quem busca uma solução mais em conta ou mesmo para computadores e laptops não tão modernos. O SSD da SanDisk conta com um índice de aprovação de 90% de seus consumidores da Amazon, que destacam a versatilidade do disco.

  • Prós: custo baixo e compatibilidade
  • Contras: não é a solução de mais desempenho

Kingston A400 melhora a velocidade e o desempenho dos notebooks — Foto: Divulgação/Kingston

2. Western Digital SN350 – a partir de R$ 566

O Western Digital SN350 conta com a interface M.2 NVMe, o que requer compatibilidade por parte do sistema que vai abrigar o SSD. A conectividade mais moderna já é muito comum em placas-mãe e laptops modernos, sendo assim uma solução que promete muito mais desempenho e que aparece com índice de aprovação de 75% de seus consumidores. O produto é vendido por valores que partem de R$ 566.

O SN350 promete entregar velocidades de leitura de até 2.400 MB/s, ou seja, pode ser até cerca de cinco vezes mais rápido que um SSD SATA. Outro ponto interessante é que por utilizar uma conexão M.2, o disco não requer uma porta SATA disponível, fazendo com que não seja necessária a remoção de um HD ou outro SSD SATA já instalado no seu equipamento.

  • Prós: velocidade elevada, não ocupa porta SATA
  • Contras: requer compatibilidade

Western Digital SN350 traz velocidades de leitura de até 2.400 MB/s — Foto: Divulgação/Western Digital

3. Adata SU630 – a partir de R$ 579

O Adata SU630 promete grande compatibilidade e aparece com um alto índice de aprovação de seus consumidores (80%). Ele traz padrão SATA, que assim como outros discos com a interface mais comum, pode ser instalado em praticamente qualquer PC ou notebook, ou pode ser utilizado de forma externa em uma case USB. O modelo é comercializado por cerca de R$ 579.

Segundo a fabricante, o modelo pode oferecer até 520 MB/s de velocidade de leitura e 450 MB/s de gravação, o que são números que estão dentro da média para o segmento.

  • Prós: compatibilidade e promete mais durabilidade
  • Contras: não oferece tanto desempenho

SU630 é um SSD SATA da Adata que promete bom desempenho — Foto: Divulgação/Adata

4. PNY CS900 – a partir de R$ 699

O CS900, da PNY, é mais uma solução SATA no mercado, que por utilizar um formato comum, promete ser compatível com um número maior de equipamentos. Segundo a fabricante, um dos grandes diferenciais do modelo que aparece com aprovação de 5 estrelas por parte de 85% de seus consumidores, é a capacidade de operar com um consumo baixo de energia, o que é um diferencial interessante para quem vai utilizar o SSD em um dispositivo portátil.

As velocidades de leitura e gravação são de 535 e 515 MB/s, respectivamente, o que fica próximo, mas um pouco abaixo de outras soluções concorrentes, mesmo assim, ainda tende a impactar bastante a experiência para quem ainda não utiliza um SSD. O produto é comercializado por valores a partir de R$ 699.

  • Prós: compatibilidade com praticamente qualquer dispositivo SATA
  • Contras: velocidades de leitura e gravação abaixo de concorrentes

CS900, da PNY, tem um visual elegante para um SSD — Foto: Divulgação/PNY

5. Kodak X300 – a partir de R$ 893

A Kodak é uma marca popular por conta de seus produtos fotográficos, mas hoje em dia também oferece soluções de armazenamento como o SSD X300. O modelo é uma solução com conectividade M.2 com interface SATA. Portanto, não oferece tanto desempenho quanto um SSD NVMe, mas também não ocupa um espaço de HD SATA convencional em sua máquina. Ele é visto por preços que partem de R$ 893.

Oferecido por meio de importação, o que pode impactar o valor e prazo para o frete, o SSD oferece velocidade de leitura de até 550 MB/s e velocidade de gravação de 510 MB/s. Além da versão de 960 GB, a Kodak também disponibiliza opção de 240 e 480 GB.

  • Prós: versatilidade e não ocupa porta SATA
  • Contras: desempenho abaixo de concorrentes e requer compatibilidade

Kodak X300 é um SSD M.2 com interface SATA — Foto: Divulgação/Kodak

6. Corsair MP510 – a partir de R$ 1.177

O Corsair MP510 é indicado para quem procura mais desempenho e tem um equipamento compatível. Ele é uma solução NVMe PCIe Gen3, que promete oferecer desempenho extremo. O SSD com tecnologia TLC NAND 3D também tende a ser mais confiável, o que é um diferencial importante em um disco mais denso. 85% dos usuários que adquiriram o modelo na Amazon o aprovam com cinco estrelas, destacando o bom desempenho do disco. Os consumidores interessados precisam desembolsar R$ 1.177 para adquirir o produto.

A velocidade de leitura pode chegar a 3.480 MB/s, enquanto a velocidade de gravação pode chegar aos 3.000 MB/s, o que deve otimizar o carregamento dos dados em seu PC ou notebook. Por utilizar uma interface mais moderna, o SSD da Corsair não ocupa o espaço de outros dispositivos com porta SATA e pode ser uma alternativa para quem procura uma solução mais avançada.

  • Prós: desempenho extremo e promessa de mais durabilidade
  • Contras: requer compatibilidade e custo elevado

Corsair MP510 apresenta tecnologia TLC NAND 3D — Foto: Divulgação/Corsair

Produtos eletrônicos mais vendidos na Amazon Brasil em 2022

Produtos eletrônicos mais vendidos na Amazon Brasil em 2022

Nota de transparência: Amazon e TechTudo mantêm uma parceria comercial. Ao clicar no link da loja, o TechTudo pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação. Os preços mencionados podem sofrer variação e a disponibilidade dos produtos está sujeita aos estoques. Os valores indicados no texto são referentes ao mês de agosto de 2022.

Mais do TechTudo