12/04/2015 06h30 - Atualizado em 17/04/2015 13h48

Aparelhos comprovam que a ‘Internet das coisas’ é o futuro da tecnologia

Felipe Alencar
por
Para o TechTudo

A “Internet das coisas” é um conceito que tenta aproximar ao máximo o mundo real do virtual. Para isso, diversos desenvolvedores e empresas estão trabalhando para levar a internet para objetos mais variados, tornando-os cada vez mais conectados e inteligentes. Confira abaixo alguns deles:

Nova bateria de alumínio promete recarga total em um minuto; entenda

Cortinas controladas pelo celular

Cortinas inteligentes podem ser controladas pelo smartphone (Foto: Divulgação)Cortinas inteligentes podem ser controladas pelo smartphone (Foto: Divulgação/Kickstater)

Tilt my Blinds é o nome deste projeto que fez sucesso no Kickstater e que adiciona um painel solar e um chip às cortinas, de forma que o usuário possa controlá-las através de um aplicativo no smartphone. O painel solar alimenta a cortina eletricamente e, por meio do app, o usuário pode abrir ou fechar as persianas e ainda definir horários para o movimento. Há, também, um sensor de luz que automaticamente abre as persianas quando o sol nasce e as fecha ao fim do dia, quando já está escuro.

Coleiras inteligentes

A Scout 5000 e a Scout 2500 são duas coleiras inteligentes desenvolvidas pela Motorola para os nossos bichinhos de estimação. Estas coleiras acompanham os dados vitais do animal, tais como batimentos cardíacos e temperatura. Além disso contam com uma câmera, para que o dono possa ficar por dentro de todos os passos de seu fiel amigo. A câmera fica na altura do pescoço do pet e o dono pode assistir à distância, por meio de streaming. Ele ainda pode compartilhar o vídeo com outras pessoas na internet. E como se não bastasse, o dono pode saber a localização exata do animal pelo GPS.

Coleira inteligente da Motorola (Foto:Elson de Souza/TechTudo)Coleira inteligente da Motorola (Foto:Elson de Souza/TechTudo)

Pote smart

O kSafe é outro projeto do Kickstarter que fez sucesso. Ele nada mais é do que um pote que só abre quando você cumpre uma seleção de tarefas pré-determinadas. Assim, ele serve de “recompensa” para quando conseguimos cumprir todos os nossos afazeres. Por meio de um aplicativo para smartphone, você tranca o pote que só abre quando você cumpre as metas, que envolvem local, atividade ou tempo. Você pode trancar, por exemplo, controle remoto da TV, aquela guloseima que vai te tirar da dieta ou mesmo controle do videogame.

O pote kSafe é trancado eletrônicamente (Foto: Divulgação/Kickstarter) O pote kSafe é trancado eletronicamente (Foto: Divulgação/Kickstarter)

Pulseiras chics

A Misfit desenvolveu as pulseiras inteligentes esportivas, voltadas para atletas que desejam acompanhar com mais comodidade os resultados de seus treinos. Porém, ela foi mais além e não limitou a sua pulseira inteligente para os atletas. Recentemente ela resolveu aliar o mundo da tecnologia com o da moda criando pulseiras inteligentes com cristais Swarovski. Isso mostra que além de inteligentes e funcionais, os futuros objetos inteligentes poderão ser também objetos de moda e glamour.

Pulseiras inteligentes e elegantes (Foto: Elson de Souza/TechTudo)Pulseiras inteligentes e elegantes (Foto: Elson de Souza/TechTudo)

Bagagem smart

A empresa Bluesmart desenvolveu uma mala altamente tecnológica e conectada. Ela conta com um SIM card com conexão 3G e, a partir dele, a mala pode ser rastreada via GPS em mais de 24 países. Assim, fica difícil perder a sua bagagem nos principais aeroportos. Além disso, esta mala inteligente conta com um cadeado que pode ser aberto ou trancada via celular, por meio de um aplicativo específico. E como se não bastasse, quando o dono, de posse do smartphone chega perto da mala, ela destrava, travando automaticamente quando ele se afasta.

Mala bluesmart conta com cadeado que pode ser destravado com a presença do dono  (Foto: Isadora Diaz/TechTudo)Mala bluesmart conta com cadeado que pode ser destravado com a presença do dono (Foto: Isadora Diaz/TechTudo)

Braço biônico

Handiii é o nome deste braço biônico inteligente que foi feito usando-se uma impressora 3D. O seu custo de produção foi de apenas US$ 300 (cerca de R$ 930). Este braço biônico também possui um aplicativo para smartphone que, pela rede Wi-Fi, analisa os dados coletados pelo braço biônico e os envia de novo para a prótese, dando mais versatilidade ao dispositivo. Abaixo, um vídeo explicando o funcionamento dele.

Bicicletas inteligentes

A MoDe:Me é uma bicicleta inteligente criada pela Ford. Ela conta com um motor elétrico integrado e acopla um monitor de batimentos cardíacos que regula quando o ciclista precisará de uma ajudinha do motor. Por meio de uma faixa que o ciclista usa no peito, a bicicleta monitora os batimentos cardíacos cujos dados são enviados para o smartphone via Bluetooth. No app MoDe:Link o usuário configura quando e como o motor elétrico de 200 watts será ativado.

Bicicleta inteligente da Ford (Foto:Isadora Diaz/TechTudo)Bicicleta inteligente da Ford (Foto:Isadora Diaz/TechTudo)

Esses são apenas uns poucos objetos que já estão começando a se conectarem à internet e a se integrarem ainda mais aos nossos dispositivos já inteligentes, tais como smartphones e tablets. O número demasiado de protótipos e projetos em sites de financiamento coletivo só mostra que a Internet das Coisas é o próximo passo na nossa evolução tecnológica e ela é praticamente irreversível.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares