Notebook

01/11/2015 06h00 - Atualizado em 03/11/2015 09h30

Segredos do Surface Book que você não conhecia

Felipe Alencar
por
Para o TechTudo

O Surface Book, anunciado pela Microsoft no começo do mês, chamou a atenção não só por ser o primeiro notebook fabricado pela empresa, mas também por possuir uma excelente configuração para um híbrido e concorrer com dispositivos top de linha de outras empresas, como Apple. Porém, ele possui alguns ‘segredinhos’ que nem todo mundo sabe.

Surface Book ‘baratinho’ com GPU Nvidia aparece em loja oficial

Pois bem, veja agora uma lista com algumas funcionalidades desconhecidas e que podem fazer a diferença na hora da compra.

Surface Book possui algumas cartas na manga (Foto: Reprodução/Microsoft)Surface Book possui algumas cartas na manga (Foto: Reprodução/Microsoft)

1. Configure a sensibilidade à pressão

Um das maiores funcionalidades alardeadas pelos desenvolvedores é que o Surface Book reconhece 1024 níveis de pressão em sua tela. O que não foi dito, porém, é que esses níveis podem ser configurados.

Para isso, é preciso ir até a Windows Store e buscar pelo aplicativo “Surface”. Este aplicativo, quando instalado, permite que você realize configurações na Surface Pen. Assim, é só definir o controle de sensibilidade para cima ou para baixo, dependendo do peso da sua mão. Se você tiver uma mão mais pesada, pode diminuir a sensibilidade da Surface Pen. Se tiver uma mão mais leve, aumente a sensibilidade para que você possa também fazer uso deste recurso.

2. Troque a pilha da Surface Pen

A Surface Pen possui alguns segredinhos também (Foto:Reprodução/Microsoft) A Surface Pen possui alguns segredinhos também (Foto:Reprodução/Microsoft)

Trocar a pilha da caneta Stylus do Surface Pro 3 e Surface 3 era bem simples. Mas com um novo modelo ficou um pouquinho mais complicado. Pelo menos uma vez por ano você vai precisar trocar a pilha da Surface Pen.

Para isso, segure o eixo da caneta e vire o clipe de bolso até o final em sentido anti-horário. Agora você deve deslizar a tampa para cima. Assim, você conseguirá trocar a pilha AAAA usada na Surface Pen.

3. A Surface Pen possui um botão ‘escondido’

Olhando de longe, parece que a Surface Pen não tem nenhum botão, com exceção da borracha que fica no topo. Mas no local onde você descansa o dedo polegar existe um botão, que funciona como se fosse um botão direito do mouse.

4. Acessando a BIOS UEFI

O Surface Book usa a BIOS UEFI. Para acessá-la, desligue o dispositivo. Agora, segure o botão Power junto com o botão de aumentar o volume. Depois de alguns segundos, solte o botão Power mas continue segurando o botão de volume. Ele deverá entrar diretamente na UEFI, onde agora você poderá ver informações sobre o firmware, número de série e algumas outras configurações do aparelho.

5. É possível instalar Linux

É possível instalar o Linux no Surface Book (Foto: Divulgação) É possível instalar o Linux no Surface Book (Foto: Divulgação)

Se, por acaso, você também quiser usar o Linux no Surface Book, saiba que é possivel. Para isso, acesse o UEFI, como já ensinamos no item anterior e vá até a opção Secure Boot. Lá você encontrará três opções. A “Microsoft Only” permite que apenas sistemas da empresa sejam inicializados. A “Microsoft & 3rf parties” permite que sistemas de empresas parceiras também sejam carregados. A última opção é a “None”, que desabilita o Secure Boot e permite que qualquer sistema, incluindo o Linux, seja inicializado.

6. Carregando a tela do Surface Book

O Surface Book, apesar de ser um notebook, permite que se destaque a tela. Ela não possui portas USB, mas você pode carregá-la através do conector que a liga ao teclado, já que ela conta com uma pequena bateria interna.

7. Troque a base do Surface Book

Segundo a Microsoft, tela é facilmente destacável para uso no formato tablet (Foto: Reprodução/Microsoft)Segundo a Microsoft, tela é facilmente destacável para uso no formato tablet (Foto: Reprodução/Microsoft)

Uma das coisas mais interessantes que a Microsoft fez com o Surface Book foi alocar o processador e chip gráfico na base do dispositivo. Como a tela se desprende da base, que também contém o teclado, você pode fazer o upgrade em seu Surface Book por trocar apenas a base.

Por exemplo, digamos que você comprou a versão mais barata e quer agora um modlo mais potente. Você não precisará trocar todo o equipamento, basta trocar a base. Assim, compre uma com processador i7 e GPU dedicada que, ao conectar na tela do Surface Book, automaticamente ganhará um upgrade de hardware.

Vale a pena fazer download do Windows 10? Comente no Fórum do TechTudo.

8. As fontes de alimentação são diferentes

A fonte de alimentação dos dispositivos Surface Pro 3, Surface Pro 4 e Surface Book sem GPU dedicada utiliza um carregador de 30 watts de potência. Já o modelo com GPU dedicada do Surface Book utiliza uma fonte de 60 watts, ou seja, o dobro da potência. O mais legal é que você poderá usar o carregador de 60 watts para alimentar qualquer um dos dispositivos.

Porém, note que se você usar um carregador de 30 watts no Surface Book com GPU, ele só vai ser carregador quando em modo standby ou mesmo desligado, visto que a placa de vídeo exige bastante energia.

9. Você pode rodar o GeForce Experience

Você pode usar o GeForce Experience no Surface Book (Foto: Divulgação/NVIDIA) Você pode usar o GeForce Experience no Surface Book (Foto: Divulgação/NVIDIA)

O Surface Book com placa gráfica dedicada vem sem o software GeForce Experience, que permite que você otimize seus jogos. Porém, nada impede que você o baixe. É possível fazer quase tudo no programa, com exceção dos recursos Nvidia GameStream e Shadowplay, que são exclusivos de placas da linha GTX. Não é possível também instalar drivers diferentes dos de referência.

10. Alternar entre GPU e IGP

Configure quando e quais aplicativos fazem uso da GPU dedicada e da GPU integrada. A primeira possui mais poder de fogo, já a segunda é voltada para tarefas mais discretas. Para tanto, acesse o Painel de Controle do Windows, vá em Hardware e Sons e clique em Painel da Nvidia.

Clique em “Gerenciar configurações 3D” e, num dos menus drop down, escolha um programa e defina qual tipo de GPU ele vai usar, se a dedicada, com mais poder de fogo, ou a integrada, para tarefas mais discretas.

Então é isso! A Microsoft surpreendeu a todos com o Surface Book, um excelente notebook e que ainda possui uma série de “segredinhos” que podem tornar a experiência de uso ainda melhor.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares