Impressora 3D

27/02/2016 06h00 - Atualizado em 27/02/2016 16h09

Entenda como funcionam os diferentes tipos de impressoras 3D

Filipe Garrett
por
Para o TechTudo

Quem está interessado em investir em uma impressora 3D precisa saber como o equipamento funciona e ter conhecimento sobre as diferentes técnicas de impressão. Apesar de ser uma tecnologia já bastante madura, o consumidor deve ter em mente que não há um tipo de impressora 3D que seja um “coringa” e funcione em todos os cenários e tipos de uso.

Quer uma impressora 3D? Veja os cuidados que você precisar ter antes de comprar

A aplicabilidade das impressoras varia, há casos de modelos que criam casas, chocolate e até servem para fazer tatuagem. A seguir, você vai conhecer os tipos de impressão e como os equipamentos funcionam. Só assim é possível saber qual técnica mais se adapta aos seus objetivos ao comprar uma impressora 3D.

Extrusão

Extrusão é o tipo de impressão tridimensional mais comum (Foto: Divulgação/Mankati)Extrusão é o tipo de impressão tridimensional mais comum (Foto: Divulgação/Mankati)

De longe é o método mais comum de impressão tridimensional, presente nas máquinas mais baratas. Funciona de maneira bastante simples, sem a necessidade de cabeças de impressão a laser, ou com luz.

O processo funciona a partir de um extrusor que libera camadas subsequentes de um material plástico aquecido. Seguindo as orientações do arquivo de impressão, a cabeça extrusora libera o material de camada em camada, dando assim os contornos para o objeto desejado.

As limitações desse tipo de tecnologia começam pela qualidade do material impresso, que atinge baixa resolução (aqui, o termo refere-se à riqueza de detalhes). Outro problema é que formas de geometria mais complexa podem levar um bom tempo para serem impressas.

A FLP, uma variação desse tipo de impressão, corrige a maioria desses defeitos ao empregar um tipo de plástico de maior qualidade. Isso permite que os produtos gerados por impressoras FLP possam ser usados em exercícios criativos e de prototipagem em indústrias.

Estereolitografia

Estereolitografia permite impressão com grande riqueza de detalhes (Foto: Divulgação/MakeX)Estereolitografia permite impressão com grande riqueza de detalhes (Foto: Divulgação/MakeX)

O nome é bem complicado, mas não se assuste. O termo engloba uma grande quantidade de impressoras 3D que operam com um laser e um tipo de resina líquida. Nesse cenário, o laser percorre a resina, aplicando calor em pontos determinados pelo arquivo de impressão.

Nos pontos onde o laser atinge a resina, há um endurecimento do material, que começa a assumir as formas desejadas. Esse processo é realizado de camada em camada, até que o objeto esteja corretamente impresso.

Normalmente, impressões desse tipo geram objetos que precisam de um acabamento. É comum ser necessário a exposição a calor em fornos para enrijecer mais a resina e a necessidade de cortar as pontinhas geradas pelo movimento do laser.

Embora seja reconhecido como um dos melhores métodos de impressão tridimensional, em virtude da qualidade do produto final, esse tipo de tecnologia exige mais atenção, já que há a necessidade de cuidados pós-impressão com os objetos. Outro fator limitante é que impressos via estereolitografia costumam ser mais frágeis.

DLP

Método DLP usa luz em vez de lasers para criar objetos (Foto: Divulgação/Facture)Método DLP usa luz em vez de lasers para criar objetos (Foto: Divulgação/Facture)

A sigla, em inglês, se refere a “impressão direta por luz” e serve para designar um tipo de impressora bastante similar com as estereolitográficas. Nesse modelo, o equipamento usa uma fonte de luz diferente do laser e, em vez de enrijecer o material de impressão por camadas, o processo ocorre de uma só vez.

Isso faz das DLP impressoras bastante rápidas para confeccionar objetos com alta resolução e riqueza de detalhes.

Mas as mesmas limitações das estereolitográficas se manifestam aqui: produtos mais frágeis podem ter vida útil reduzida. Além disso, a atenção com acabamento pós-impressão pode ser necessária.

Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tech no Android ou iPhone

Síntese a laser (laser sintering)

Impressoras com laser podem ter câmaras isoladas (Foto: Divulgação/Andreas Bastian)Impressoras com laser podem ter câmaras isoladas (Foto: Divulgação/Andreas Bastian)

Nesse modelo, a impressora usa uma cabeça de impressão a laser, responsável por enrijecer um material de impressão em pó, numa câmera vedada.

Conforme a cabeça de impressão se move, criando as camadas do produto, a impressora rebaixa o material e um rolo libera mais pó sobre o objeto. Dessa forma, a cabeça de impressão não se move verticalmente para criar as novas camadas.

A grande limitação desse tipo de tecnologia é a necessidade de que o processo ocorra numa câmara de impressão vedada, já que uma temperatura alta e constante precisa ser mantida durante todo o processo para garantir a qualidade do objeto. É um tipo de impressão mais comum em empresas.

SLS

Impressoras SLS podem aceitar vários tipos de materiais (Foto: Divulgação/Digital School)Impressoras SLS podem aceitar vários tipos de materiais (Foto: Divulgação/Digital School)

Impressoras do tipo SLS usam lasers poderosos que podem criar formas em materiais bastante variados, como vidro, cerâmica, nylon e até mesmo em alguns metais, como alumínio. Outra vantagem é que não há câmara de impressão vedada nesse modelo.

O problema é que essa tecnologia não é nenhum pouco acessível, pois não apenas a impressora com esse laser absurdamente potente é bastante cara. Há outros gastos como os custos de manutenção e de uso do equipamento são bem proibitivos: a conta de luz vai às alturas.

Esses detalhes e as características de permitir impressão em metal fazem das SLS equipamentos comuns em indústrias, mas não em residências.

Jato de tinta

Método jato de tinta é usado por cientistas em busca da impressão de órgãos humanos (Foto: Divulgação/BJet)Método jato de tinta é usado por cientistas em busca da impressão de órgãos humanos (Foto: Divulgação/BJet)

Um remanescente da impressão 2D com tinta, esse método adota o conceito de jato para criar formas. Há duas formas dessa tecnologia.

A primeira usa um tipo de material aglutinante. Ele é distribuído pela jato sobre um pó de resina plástica. Onde o aglutinante cai, o pó se funde e endurece, criando as formas. O processo é repetido em camadas até que o objeto esteja concluído.

Qual a utilidade de comprar uma impressora 3D? Comente no Fórum do TechTudo 

Esse tipo de impressão permite, também, a aplicação de vários tipos de “tinta”, como cerâmica e comida.A outra forma de impressão 3D é a jato de tinta em que o material liberado pelo jato é a tinta, e não um aglutinante. Impressoras desse tipo costumam contar com várias cabeças de impressão que, operando simultaneamente, permitem que um objeto tenha diversos materiais diferentes em sua composição.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Adm Brena
    2016-02-28T00:09:34  

    e qual faz tatuagem?

    recentes

    populares

    • Adm Brena
      2016-02-28T00:09:34  

      ?....

  • Geraldo Gomes
    2016-03-01T12:40:58  

    Achava interessante que citasse as tipos CNC aonde em vez de depositar materiais são feitos cortes no material o moldando.

    recentes

    populares

    • Geraldo Gomes
      2016-03-01T12:40:58  

      Isto se faz com as routers

  • Thômas Pereira
    2016-02-27T18:42:44  

    Estão confundindo arte com essas porcarias robotizadas! O ser humano não aprende nada mesmo...

    recentes

    populares

    • Thômas Pereira
      2016-02-27T18:42:44  

      Jose Maciel vai fazer sexo depois lave a mão e vá dormir! kkkkk que se dane vc e essa impressora kkkk

    recentes

    populares

    • Thômas Pereira
      2016-02-27T18:42:44  

      Thômas Pereira vou dormir agora, sua mãe já saiu daqui. Segui suas recomendações. Kkkkk

  • Alexandre Lima
    2016-02-27T21:59:27

    E QUAL É A CONCLUSÃO. qual a melhor impressora 3D em termos de qualidade de resolução?