Jogos de arcade

02/11/2016 05h35 - Atualizado em 02/11/2016 05h35

Lista reúne todos os jogos de Alex Kidd, o antigo mascote de Sega

André Luiz de Mello Pereira
por
Para o TechTudo

Quando se fala em Sega, naturalmente, Sonic surge à mente da maioria das pessoas. Só que o ouriço não foi o único mascote da empresa, já que, antes dele, o mundo conheceu Alex Kidd. No dia 1º de novembro, ele completa 30 anos de existência e, por isso, resolvemos falar sobre todos os jogos estrelados pelo garotinho orelhudo da Sega.

Conheça curiosidades e polêmicas de Alex Kidd, famosa franquia da Sega

Criado em 1986, Alex Kidd surgiu como uma alternativa para o mascote anterior da Sega, o Opa-Opa, uma nave que estrelava o game Fantasy Zone. Como a pequena nave não tinha o carisma necessário para combater o mascote da empresa rival, o Mario, a Sega tentou a sorte com um menino de 14 anos chamado Alex Kidd.


Alex Kidd in Miracle World

Lançado no dia 1 de novembro de 1986, no Japão, e chegando ao resto do mundo em 1986, Alex Kidd in Miracle World apresentou o novo mascote da Sega em um game de plataforma que colocava o jogador para resolver puzzles e ainda se virar com pulos, socos e chutes contra vários inimigos.

Alex Kidd in Miracle World vinha na memória do Master System (Foto: Reprodução/André Mello)Alex Kidd in Miracle World vinha na memória do Master System (Foto: Reprodução/André Mello)

O game contava a história de Alex Kidd, um jovem que treinava uma técnica milenar para destruir pedras com seus punhos, fazendo com suas mãos e pés aumentem de tamanho durante o ataque. Quando um vilão sequestra o herdeiro do trono do reinado, ele resolve combater todos para salvar todo mundo.

Alex Kidd in Miracle World foi recebido com boas críticas da imprensa especializada, sendo considerado uma resposta à altura de Super Mario Bros. Uma curiosidade é que, a partir da segunda versão do Master System, console em que o título foi lançado, o game estava presente na BIOS do videogame de fábrica, podendo ser jogado sem cartuchos.

Alex Kidd: The Lost Stars

Lançado no mesmo ano de Miracle World, mas para arcades, Alex Kidd: The Lost Stars trazia um estilo bem similar ao jogo original. Aqui, Alex Kidd vai em busca dos doze signos do zodíaco, passando por diferentes fases, como um mundo das máquinas, dos brinquedos e outro completamente debaixo d’água. Até mesmo Opa-Opa aparece em uma participação especial no título.

Alex Kidd e Stella em The Lost Stars (Foto: Reprodução/André Mello)Alex Kidd e Stella em The Lost Stars (Foto: Reprodução/André Mello)

The Lost Stars acabou ganhando uma versão para Master System em 1988, mas que eliminava um modo apresentado no arcade: gameplay cooperativo para dois jogadores, em que um controlava Alex Kidd e outro Stella, uma versão feminina do personagem. Mesmo assim, a dificuldade muito alta do jogo acabou por torna-lo um fracasso de vendas.

Alex Kidd: BMX Trial

Antes de outro mascote de empresa de videogame se aventurar em uma pista de corrida, Alex Kidd já mostrava proficiência com uma bicicleta em Alex Kidd: BMX Trial.

Alex Kidd já até se aventurou em esportes radicais (Foto: Alex Kidd e Stella em The Lost Stars (Foto: Reprodução/VGDB)Alex Kidd já até se aventurou em esportes radicais (Foto: Alex Kidd e Stella em The Lost Stars (Foto: Reprodução/VGDB)

Lançado apenas no Japão, em 1987, o jogo coloca o mascote em uma pista de obstáculos, tentando chegar até o final sem que seus inimigos o derrubem da bicicleta. O game trazia um controle especial para jogar nos cinco tipos diferentes de pistas disponíveis.

Alex Kidd: High-Tech World

A Sega resolveu fazer um dinheiro rápido com Alex Kidd e, em 1987, lançou Alex Kidd: High-Tech World, uma versão modificada do jogo japonês Anmitsu Hime. Alterações na versão ocidental do jogo acabaram por fazer com que a história contada no game não fizesse sentido em relação aos jogos anteriores.

Alex Kidd: High-Tech World era um dos muitos jogos reaproveitados do Master System (Reprodução/Genki Video Games)Alex Kidd: High-Tech World era um dos muitos jogos reaproveitados do Master System (Reprodução/Genki Video Games)

Com gameplay que misturava fases comuns, com combates contra inimigos variados em um cenário plataforma, o título trazia puzzles e mais personagens para você conversar e encontrar itens para avançar na trama.

Alex Kidd in the Enchanted Castle

Provavelmente o game estrelado pelo personagem mais conhecido do público, junto com a sua estreia, Alex Kidd in the Enchanted Castle foi lançado para o Mega Drive em 1990. Único título com o mascote na era 16 bit, o game colocava o herói em um mundo em que conflitos poderiam ser resolvidos em partidas de “pedra, papel e tesoura”.

Tudo poderia ser resolvido num jogo de Pedra, Papel ou Tesoura em Alex Kidd in the Enchanted Castle (Foto: Reprodução/ YouTube)Tudo poderia ser resolvido num jogo de Pedra, Papel ou Tesoura em Alex Kidd in the Enchanted Castle (Foto: Reprodução/ YouTube)

Apesar disso, o jogador também tinha em suas mãos alguns itens para avançar pelas fases, como motos, um pula-pula e até um helicóptero movido a pedaladas. Apesar de ter recebido duras críticas da imprensa especializada, Alex Kidd in the Enchanted Castle ainda é bem querido pelos fãs do ex-mascote da Sega.

Alex Kidd in Shinobi World

Com Alex Kidd in Shinobi World, a Sega viu novamente um game com seu mascote ser bem recebido pela crítica e público. Com sensíveis melhorias gráficas e de gameplay, o jogo foi lançado para Master System em 1990, exclusivamente na América do Norte, Europa e Brasil.

Alex Kidd in Shinobi World foi o último game do personagem (Foto: Reprodução/Sega Blog)Alex Kidd in Shinobi World foi o último game do personagem (Foto: Reprodução/Sega Blog)

O jogo era uma paródia de outra franquia, Shinobi, com personagens parecidos e uma mecânica muito mais próxima da série de ninjas do que de Alex Kidd. Originalmente, o game seria estrelado por outro personagem em uma paródia direta de Shinobi, assim como Kid Drácula era para Castlevania e Parodius para Gradius.

Mesmo sendo considerado o melhor game do mascote, Alex Kidd in Shinobi World foi o último game estrelado pelo personagem, devido ao fato de a Sega ter desistido dele na luta contra o Mario e a chegada de certo ouriço azul nos games.

Participações especiais

Depois de ser trocado por Sonic como mascote da Sega, Alex Kidd simplesmente sumiu do mundo dos games. Ele realizou um leve retorno em participações especiais, aparecendo como um troféu em Shenmue e, depois em títulos “all-star” da empresa, como Sega Superstars Tennis, Sonic & Sega All-Stars Racing e Sonic & Sega All Stars Racing Transformed.

Alex Kidd deu as caras em jogo de corrida com outros personagens da Sega (Foto: Divulgação/Sega)Alex Kidd deu as caras em jogo de corrida com outros personagens da Sega (Foto: Divulgação/Sega)

Por enquanto, não existem planos para um retorno triunfal do menino orelhudo com pés e mãos gigantes, mas trinta anos depois de sua chegada ao mundo dos games, ele ainda tem alguns fãs que acreditam que a Sega, um dia, voltará a dar atenção ao personagem. Sempre existe a esperança de ele aparecer em um Super Smash Bros, ao lado de Sonic e seu antigo rival, Mario.

Você ainda joga games retrô nos consoles? Comente no Fórum do TechTudo!


Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares

  • Mateus Ribeiro
    2016-11-02T15:06:13

    Só o primeiro valia a pena. Um dos maiores clássicos dos anos 80. Ainda assim o personagem tinha zero carisma. Sonic chegou com força total e não por acaso se tornou o mascote oficial da empresa!

  • Joao Machado
    2016-11-02T15:04:57

    Tenho esse jogo até hoje

  • Mauro Sókrates
    2016-11-02T13:43:25

    Não se esqueçam da triste e melancólica aparição dele no jogo Segagaga!