Por Bruno do Amaral; Para O TechTudo


Sites especializados em Apple adoram fuçar cada atualização do iOS, sempre procurando pistas de futuros produtos não anunciados ainda ou funcionalidades secretas. E não é que sempre acham? Desta vez, evidências na versão beta do sistema 4.3 foram encontradas e sugerem a adição de games no Apple TV, o mediacenter da empresa de Cupertino.

Apple TV (Foto: Divulgação) — Foto: TechTudo

Várias referências falam das funções “ATVGames” e “ATVThunder”, apontando para um tipo de controle (touchscreen, talvez até utilizando um iPod, iPhone ou iPad), placar de pontos online (“leaderboards”, como no Game Center), agendamento de jogos (provável recurso multiplayer) e um indicativo de loja virtual, provavelmente a App Store mesmo. Tudo muito parecido com a Xbox Live, por sinal.

Duas linhas de código falam de um serviço chamado Thunder, mas ainda não há indicação alguma do que isso possa ser. Uma possibilidade é que se trate da solução para o pouco espaço interno do Apple TV (apenas 8 GB): uma espécie de streaming baseado no padrão OpenGL, como o serviço OnLive para PC. Claro, é tudo pura especulação, já que não há evidência alguma sobre isso – mas há capacidade de processamento, já que o aparelho utiliza o mesmo CPU A4 do iPad.

Há ainda referências ao “Sedona”, um mecanismo de aluguel de vídeo via streaming da Apple, e “Flagstaff”, mais uma novidade ainda sem explicação. Outro item é descrito na linha de código FEATURE_REMOTE_SCREENSAVER, que pode ser a transferência de papel de parede entre o MacOS ou algum outro aparelho com iOS. Ainda escondido no sistema está o suporte a controles remotos de terceiros.

Mas não é de hoje que funcionalidades extras são sugeridas para o aparelho. Antes da reformulação total do equipamento, rumores indicavam uma interessante possibilidade do Apple TV ser, na verdade, um dispositivo pequeno com iOS completo, incluindo aí os aplicativos comuns ao sistema operacional do iPhone, iPod touch e iPad, e a tela sensível ao toque. O produto revelado não chegou a ser isso de fato, mas nunca é tarde para a companhia de Steve Jobs: afinal, usuários tiveram que esperar por quase dois anos só para obter a função de copiar e colar no iPhone, lembra?

Via Tuaw

Mais do TechTudo