Por Thássius Veloso; do Tecnoblog


Todo mundo sabe: comprar livros de faculdade é muito caro. Tanto que alguns estudantes apelam de vez para os livros-texto copiados em Xerox, sem pagar os devidos direitos autorais para os responsáveis pelas obras. Nos Estados Unidos, esses mesmos estudantes agora contam com uma ferramenta interessantíssima fornecida pela Amazon.

kindle 3g (Foto: techtudo) — Foto: TechTudo

A maior loja de e-commerce do mundo liberou de vez o aluguel de livros-texto. Em vez de adquirir uma obra literária, os usuários – sejam estudantes ou não – terão a opção de alugar os livros por determinado período de tempo. A empresa promete economia de até 80%, dependendo do tempo que o consumidor permanecer com o documento para leitura.

O período mínimo para o aluguel é de 30 dias. Ele pode ser estendido diariamente. No máximo, o aluguel poderá durar até 360 dias. Mais que isso, é preferível comprar logo o livro, de qualquer forma.

Embora a iniciativa seja para alavancar as vendas do Kindle, a boa verdade é que o aluguel de livros funciona em todos os dispositivos que contem com aplicativos do Kindle – isso inclui o arqui-inimigo iPad. E o melhor de tudo é que se o usuário fizer anotações no livro-texto, elas serão sincronizadas com o Whispersync, o serviço de dados na nuvem da Amazon. Se o cliente alugar novamente ou comprar o livro tempos depois, as notas continuarão por lá.

Mais do TechTudo