Publicidade

Por Rafael Monteiro; Para O TechTudo


A Crytek, desenvolvedora da série Crysis, comentou que acredita que o novo portátil da Sony anunciado recentemente na E3 2011, o PlayStation Vita, pode estar chegando tarde demais para conseguir um mercado que garanta sua sobrevivência. Isso devido ao furacão dos jogos para smartphones e forte competição contra o Nintendo 3DS.

PlayStation Vita (Foto: Reprodução) — Foto: TechTudo

O chefe executivo da Crytek, Cevat Yerli, que já fez elogios ao aparelho em outras ocasiões, comentou dessa vez: “O Vita é uma plataforma absolutamente fantástica mas terá dificuldades, e pode ser tarde demais. Eu amo a Sony como uma companhia, e nós temos grandes relações com eles, mas o Vita terá dificuldades contra a próxima geração de smartphones e tablets”.

E comentou também sobre a preocupação de competição contra o portátil da Nintendo: “Também há o 3DS investindo nesse mercado. Será uma batalha, e será sobre conteúdo e a habilidade da plataforma de receber o conteúdo. Conectividade social simplificada também será muito importante”.

Apesar de admirar o PS Vita, torcer pelo seu sucesso e alegar ter boas relações com a Sony, vale lembrar que no final é com o Xbox 360 e seu periférico de captação de movimentos, o Kinect, que a empresa esteve flertando todo esse tempo, o que garantiu o desenvolvimento do exclusivo Ryse para a Microsoft.

O PlayStation Vita parece a plataforma perfeita para a Crytek, que é um dos estúdios que mais preza pela qualidade gráfica de seus títulos, mas talvez ela não tenha realmente interesse em explorar o mercado portátil.

Mais do TechTudo