Por Emerson Alecrim; Para O TechTudo


Bastam alguns segundos de distração e pronto, alguém “passa a mão” no seu celular, ou então você o deixa em algum lugar e esquece de pegá-lo. Felizmente, hoje contamos com ferramentas que ajudam a recuperar o aparelho perdido, ou ao menos a apagar os dados existentes nele.

Conheça também as dicas do Techtudo de como tirar riscos da tela do celular!

Para usuários de smartphones (e tablets) Android, uma das soluções mais interessantes é o Cerberus, que você aprenderá a instalar e configurar neste tutorial. Trata-se de um aplicativo que permite rastrear o aparelho via GPS, tirar fotos da pessoa que está tentando utilizá-lo, apagar remotamente dados pessoais, obter uma lista dos últimos números discados, exibir um aviso na tela, soar um alarme, entre outros recursos.

Antes de começarmos, você precisa saber que o Cerberus não é gratuito: depois de instalado, você pode utilizá-lo sem custos por uma semana. Depois disso, é preciso pagar 2,99 euros (preço praticado na data de publicação deste texto) pela licença, que dura para sempre. Como você verá, é um valor pequeno se considerarmos os benefícios do programa.

Passo 1. Acesse nossa área de downloads e baixe o Cerberus. O pacote de instalação tem aproximadamente 400 KB. Quando terminar de baixá-lo, clique em “Abrir”;

Passo 2. Agora você precisa criar uma conta no serviço. Escolha um nome de login, defina uma senha e informe seu endereço de e-mail. Guarde bem estas informações;

Passo 3. Entre no Cerberus informando nome de usuário e senha para configurá-lo. Caso não se lembre da combinação, clique em “Esqueceu sua senha?” e siga as orientações;

Passo 4. Agora você está na tela de configuração do Cerberus. A primeira ação a fazer é verificar se o campo “Estado”, em “Administração de dispositivo”, está marcado como “Ativado”. Se não estiver, clique no campo e, em seguida, escolha “Ativar”;

Ativando o Cerberus (Foto: Reprodução/Emerson Alecrim) — Foto: TechTudo

Passo 5. A partir deste ponto, você ativará ou desativará as funcionalidades básicas do Cerberus. A primeira delas é “Apagar remotamente”: Essa opção permite emitir um comando remoto para eliminar todos os seus dados da memória do smartphone e/ou do cartão SD. Assim, você pode evitar que informações particulares caiam em mãos desconhecidas;

Passo 6. Agora você deve configurar a “Captura automática de foto”. Trata-se de uma opção bastante interessante, pois nela você determina em que situações o Cerberus deve utilizar a câmera frontal do aparelho para tirar uma foto da pessoa que o manipula. As imagens capturadas são enviadas imediatamente para o seu e-mail;

Passo 7. A próxima etapa consiste em configurar o “Verificador do SIM card”. Nesta opção, você determina quais chips estão autorizados a manipular o Cerberus. Assim, se você possuir mais de um SIM card, poderá tornar todos compatíveis com a ferramenta. Nessa opção você também pode informar até três números de celulares para enviar um SMS com dados sobre a localização do seu aparelho em caso de perda, assim como fazer com que a mensagem chegue ao seu e-mail.

A opção pode aparecer automaticamente para ser configurada assim que o Cerberus for acessado pela primeira vez;

Configurando a captura de fotos e o cadastro de números para alertas (Foto: Reprodução/Emerson Alecrim) — Foto: TechTudo

Passo 8. Essas são as configurações básicas do Cerberus no smartphone. Mas não termina aí: você precisa também conhecer as opções do painel de controle da sua conta. Para isso, acesse o site do Cerberus e faça o login;

Site do Cerberus (Foto: Reprodução/Emerson Alecrim) — Foto: TechTudo

Passo 9. O painel de controle do Cerberus é muito simples. Tudo que você precisa fazer é clicar no menu “Comando”, escolher uma ação e clicar em “Enviar Comando”. Há vários procedimentos possíveis, entre eles:

- Iniciar rastreamento: ao ativar esta opção, o Cerberus tentará mostrar em um mapa na página a localização atual do aparelho;
- Bloquear com código: o Cerberus bloqueará o aparelho e só o liberará se o código determinado por você for digitado;
- Obter informação do dispositivo: com este comando, o Cerberus tentará capturar informações que podem ajudá-lo a encontrar o aparelho, como número de telefone utilizado (útil em caso de troca de chip), endereço IP e rede Wi-Fi;
- Iniciar alarme com uma mensagem: você escreve uma mensagem e o Cerberus a exibe na tela do aparelho, ao mesmo tempo em que o faz tocar um alarme;
- Obter registro de chamadas: permite obter uma lista dos números chamados recentemente pelo aparelho. Também é possível obter números de SMS;
- Tirar foto: nesta opção, o Cerberus faz o aparelho tirar uma foto. É possível escolher entre as câmeras traseira e frontal, além de ativar ou não a iluminação flash.

Painel de controle do Cerberus (Foto: Reprodução/Emerson Alecrim) — Foto: TechTudo

Na ausência de um computador, você também pode enviar comandos ao Cerberus via SMS para o seu aparelho. Veja abaixo alguns opções (consulte a página de ajuda do Cerberus para obter a relação completa de comandos):

Obs.: informe a sua senha no lugar de “password”:

cerberus password find – para localizar seu aparelho;
cerberus password wipe – para apagar a memória do dispositivo;
cerberus password wipesd – para apagar a memória do cartão SD;
cerberus password alarm text – para exibir um aviso na tela (substitua "text" pela mensagem);
cerberus password takepicture – tenta tirar uma foto pela câmera frontal e enviá-la ao seu e-mail.

Mais do TechTudo