Publicidade

Por Eduardo Moreira; Para O TechTudo


Uma campanha com ideias homofóbicas produzida pelo governador do Texas e pré-candidato à presidência dos Estados Unidos Rick Perry( "Forte"), divulgado na última quarta-feira (7), se tornou um dos vídeos mais odiados de toda a história do YouTube, superando "Friday", de Rebecca Black.

Rick Perry, um dos mais odiados do YouTube. (Foto: Reprodução) — Foto: TechTudo

No vídeo, intitulado "Strong", o governador do Texas faz uma campanha institucional criticando vários aspectos da atual política dos Estados Unidos. Uma das principais críticas levantados por Rick Perry, no entanto, é o apoio do presidente Barack Obama aos direitos dos homossexuais.

Até o momento, o vídeo de Perry tem aproximadamente 300 mil "dislikes" (ou reprovações), enquanto que o videoclipe de Rebecca Black tem pouco mais de 253 mil. O que chama a atenção nessa rejeição, no entanto, é a proporção de pessoas que não aprovam as ideias de Perry.

Enquanto "Friday" teve mais de 10 milhões de visualizações, o polêmico "Stronger" tem apenas 750 mil pageviews. Ou seja, 40% das pessoas que viram o vídeo não só reprovaram o filme como também expressaram abertamente repulsa. Ao que parece, Perry não está acertando na campanha eleitoral. Seu vídeo anterior já conta com aproximadamente 25 mil votos de reprovação.

O vídeo é tão polêmico que até os eleitores que apoiam Perry estão divididos. Além disso, fontes ligadas ao candidato disseram ao jornal The Huffington Post que mesmo os altos funcionários envolvidos na campanha estão constrangidos com a linguagem do anúncio.

Confira, abaixo, o vídeo:

Mais do TechTudo