Por Filipe Garrett; Para O TechTudo


A Microsoft trabalhou em um patch que melhora o desempenho dos processadores AMD da arquitetura Bulldozer. A sintonia permite que o Windows trabalhe melhor com uma das tecnologias destes processadores, que simulam núcleos lógicos em paralelo. Até aqui, as aplicações da Microsoft não conseguiam operar estes recursos corretamente.

AMD FX, linha baseada na arquitetura Bulldozer (Foto: Divulgação) — Foto: TechTudo

A tecnologia foi batizada de Sumultaneous Multithreading (SMT) e o Windows não oferecia suporte para o sistema que faz com que o processador seja capaz de “criar” vários núcleos lógicos ao mesmo tempo. Este tipo de recurso é decisivo para operações de alta demanda e em multitarefa.

A novidade, contudo, não significa que os Bulldozers serão capazes de render o que se esperava da arquitetura de múltiplos núcleos (o FX-8150, topo de linha, tem oito) e mais de 1,2 bilhões de transistores. Tudo porque não são muitos softwares que permitem o pleno uso do multithreading. Neste sentido, o patch da Microsoft apenas permite que os poucos softwares que usam o recurso de emulação lógica de núcleos tirem todo o proveito da nova tecnologia da AMD.

Isso significa que os Bulldozers ganharão, sim, mais desempenho para quem realmente interessa: o usuário final. Contudo, o ganho não será suficiente para apagar a má impressão dos processadores. O lançamento desta linha foi acompanhado de grande decepção e desconfiança porque a linha sofre para fazer frente para os Core i5 da Intel. E sequer suporta as comparações com o Core i7, ao menos quando o tema é desempenho.

Via Softpedia

Mais do TechTudo