Por Alessandro Iglesias; Para O TechTudo


Usuários do Ubuntu que têm em seu sistema instalada a plataforma Java Sun 6 poderão se surpreender em alguns dias ao perceberem que ela não está mais disponível em seus PCs. O motivo é a decisão da fabricante do sistema, a Oracle, em removê-la tanto dos repósitórios Ubuntu quanto das máquinas em si, por meio de atualizações do software. A postura advém da decisão da marca em excluir da empresa desenvolvedora do Ubuntu – Canonical -, a licença para a distribuição do pacote Java.

Java — Foto: TechTudo

Uma notícia contundente deste gênero pode desanimar aqueles que fazem uso extensivo da plataforma Java no Ubuntu, mas felizmente, alternativas e soluções começaram a ser sugeridas. Em ambiente Linux, nada seria mais imediato do que pensar em vias alternativas e open source para o sistema – inclusive, já disponíveis no repositório Synaptic do Ubuntu -. Até o momento, a Open JDK se tornará a alternativa oficial adotada pelas novas versões do Ubuntu; sendo, inclusive uma plataforma utilizada pela Oracle como base de estudos e implementações para seus lançamentos futuros.

Pode-se ainda tentar utilizar o Java Sun 6, por meio de instalação “manual”; baixando o arquivo diretamente do site da Oracle. O que ainda não é sabido é se realizando essa instalação alternativa, ela será excluída pela Oracle na primeira atualização feita pelo seu sistema.

Risco e atualização de segurança

Com a saída de cena do Java Sun 6, a Canonical preocupou-se imediatamente com a segurança de seus usuários, que poderiam ter sua máquinas em risco graças à remoção. Logo, a empresa disponibilizou uma atualização do plugin do Sun JDK para navegadores, que evitará que sites com códigos maliciosos tirem proveito da vulnerabilidade causada por essa mudança.

O Java Sun 6 não estará funcional em sistemas Ubuntu 10.04 LTs, Ubuntu 10.10 e 11.04 somente.

Mais do TechTudo