Por Rafael Silva; do Tecnoblog


De acordo com a pesquisa Riscos Globais de Segurança em TI, divulgada nesta quinta-feira (8) pela Kaspersky Labs, em parceria com a B2B International, 72% das empresas bloqueiam o acesso ao Facebook no ambiente corporativo.

Logos de redes sociais. (Foto: Divulgação) — Foto: TechTudo

Segundo o estudo, que investigou empresas em 20 países, 53% das companhias restringem o acesso ao Orkut também. O motivo, para os empregadores, é a preocupação com a produtividade e com o vazamento de dados.

Costin Raiu, diretor de pesquisa global da Kaspersky Lab, afirmou que as empresas também levam em conta os riscos dos vírus na hora de bloquear a navegação em sites de relacionamento. “As redes sociais são vistas como uma atividade demorada mas também como uma fonte potencial de ataques de malware”, diz Raiu.

O acesso às redes sociais é o segundo item que mais preocupa as empresas. O primeiro lugar ainda é de programas de compartilhamento de arquivos via rede P2P. Na lista de mais bloqueados, também constam servidores de jogos e programas de bate-papo.

Mais do TechTudo