Publicidade

Por Marlon Câmara; da Redação


O Galaxy Mini é um dos representantes mais simples da famosa linha de smartphones da Samsung, ideal para quem quer ter um aparelho Android com a marca sul-coreana mas não tem condições de comprar celulares consagrados como o Galaxy S e S II. E ele ainda é perfeito para quem quer usar um smartphone na rua sem chamar atenção: seu tamanho é proporcional ao seu preço, bem reduzido.

Samsung Galaxy Mini (Foto: Divulgação) — Foto: TechTudo

Apesar de ser um aparelho simples, ele não decepciona o usuário que vai comprar seu primeiro celular inteligente. Sua tela touch tem 3.14 polegadas com 240 x 320 pixels, e seu processador de 600 Mhz, embora não seja recomendado para atividades pesadas como jogos 3D, é o suficiente para rodar o Android 2.2 FroYo e dar suporte a apps populares como Angry Birds, Whatsapp e Facebook. Além disso, seu leque de conexões - que inclui Wi-Fi, 3G e Bluetooth - torna a experiência de navegar pela Internet muito cômoda.

Um grande destaque do modelo é com certeza seu tamanho. Com pouco mais de 11 cm, ele cabe perfeitamente no bolso e não chama a atenção quando usado na rua, ainda que seja um smartphone Android. Seu peso, porém, é um pouco desproporcional ao seu tamanho, mas não chega a ser desconfortável: 108 g.

Se engana também quem espera que um smartphone de baixo custo não tenha capacidade de tirar fotos. O Galaxy Mini conta com uma câmera de 3.15 megapixels com funções inteligentes como timer, disparos simultâneos e fotografias panorâmicas. Além disso, sua baixa capacidade de armazenamento interno (160 MB) é compensada por um cartão microSD de 2 GB já incluso no produto - e que pode se expandido por um cartão de memória de até 32 GB.

O aparelho tem um preço máximo de R$ 499 na sua versão desbloqueada, mas pode ser encontrado por valores muito menores em lojas especializadas, e muitas vezes de graça se adquirido juntamente com um plano de alguma operadora. No entanto, saiba que existem outras opções com tamanhos e preços semelhantes no mercado, como o Galaxy Y, que tem processador e versão de sistema operacional superiores ao Mini, mas tela menor e câmera bem inferior. A dica é pesar quais funções são mais importantes pra você na hora de comprar um Android de baixo custo. 

Mais do TechTudo