Publicidade

Por Giordano Tronco; Para O TechTudo


A RIM quer tentar dar a volta por cima com o novo sistema BlackBerry 10, mas o mercado não está facilitando para a fabricante. Não bastasse o produto ficar para trás na corrida dos smartphones, uma matéria publicada no New York Times esta semana aponta que os donos de BlackBerry's estão sofrendo bullying por suas decisões de ainda se manterem fiéis ao sistema.

BlackBerry perde espaço no mercado dos smartphones (Foto: Reprodução) — Foto: TechTudo

Na reportagem, intitulada “The BlackBerry as Black Sheep” (O BlackBerry como ovelha negra), o jornal americano mistura dados que ilustram a queda nas vendas do produto com depoimentos de usuários insatisfeitos. Uma das entrevistadas, a representante de vendas Rachel Crosby, diz esconder o smartphone da RIM embaixo do iPad por medo de ser julgada durante reuniões com clientes. Outros consumidores reclamam, ainda, da ausência dos aplicativos presentes nos iPhones e smarphones Android.

A notícia do NYT não demorou para repercutir entre os fãs do aparelho: o site especializado CrackBerry abriu uma enquete para saber se os usuários sentiam-se envergonhados com o seu BlackBerry. Até a manhã desta quarta-feira (17), os insatisfeitos somavam 23%; ou seja, cerca de um a cada cinco votantes. O resultado foi considerado elevado pelo próprio site, levando-se em conta que os leitores da página são consumidores e usuários teoricamente “fiéis” à marca.

A RIM esteve entre as principais fabricantes de celulares nos Estados Unidos, mas perdeu espaço drasticamente nos últimos anos. De acordo com a Nielsen, empresa especializada em pesquisas de mercado, o BlackBerry representa apenas 8,1% do setor americano de smartphones atualmente. Há três anos, a participação era de 50%. O sistema não tem resistido à concorrência com os produtos da Apple e Samsung, ambos com tela de toque e uma vasta lista de aplicativos.

Via The Verge

Mais do TechTudo