Por André Fogaça; da Campus Party


A Campus Party, que começou nesta segunda-feira (28), traz seu primeiro "magistrado" – maneira como são chamados pelo organizadores do evento. O destaque desta terça-feira (29) é Buzz Aldrin, um dos primeiros homens a pisar na Lua e fonte de inspiração para o personagem Buzz Lightyear, da série de desenhos Toy Story.

buzz-1 — Foto: TechTudo

Antes de falar para o público, Buzz comentou sobre o andamento do programa espacial da NASA – Agência Espacial Norte-americana – e outros assuntos, como a utilização de tecnologias das missões lunares, para benefícios da Terra, e também a possível modificação de solo de outros astros por força humana.

buzz-2 — Foto: TechTudo

Uma das perguntas, feita pelo TechTudo, foi sobre a confiança dos astronautas nas espaçonaves Soyuz do programa espacial Russo. De acordo com Aldrin, não há escolha para os astronautas americanos, uma vez que o programa espacial da NASA foi alterado após o acidente com o ônibus espacial Columbia, em 2003. Porém, mesmo como uma única forma de viagem, o astronauta afirmou que a nave Soyuz é sim confiável a ponto de levar mais visitantes de tempos em tempos.

A continuidade do programa espacial dos Estados Unidos, com missões à Lua, não é segredo. Buzz comentou o que já foi falado, que teremos novas missões para o astro mais próximo da Terra em meados de 2020.

Por fim, Aldrin afirmou que há uma grande preocupação da NASA – e de outras agências – na preservação de astros e planetas, mesmo com uma possível sensação de que como são locais “de ninguém”, teoricamente não há leis sobre qualquer abuso de Marte, Lua ou qualquer outro local fora da nossa Terra.

Mais do TechTudo