Publicidade

Por Allan Melo; do MWC 2013


O anúncio do Ubuntu para tablets já havia sido feito antes da feira, mas boa parte dos visitantes do MWC 2013, em Barcelona, não dispensou a ida até o estande da Canonical. No local, estava sendo apresentado, pela primeira vez, a versão do sistema operacional. Mas a visita é frustrante para a maioria: representantes demonstram o sistema funcionando em um Nexus 4 e um Nexus 10, sem, no entanto, deixar ninguém encostar nos aparelhos.

 

Com câmeras sobre diversas mesas projetavam nas paredes as demonstrações de usabilidade e design que a equipe do Ubuntu fazia, conquistando os olhares de alguns passantes mais distantes. Entretanto, ninguém podia mexer no sistema, assim como fizeram na demonstração da CES 2013.

O Ubuntu para tablets é um sistema bonito e com recursos poucos explorados pela concorrência (Foto: Allan Melo/TechTudo) — Foto: TechTudo

Não foi por isso que a experiência deixou de ser proveitosa: o sistema é realmente bonito e fluido, com algumas sacadas ainda pouco exploradas pela concorrência (como os menus acionados pelas laterais, semelhante ao do BlackBerry Playbook). Em outros pontos, como o hub de amigos e o menu de atalhos invocado ao voltar para a tela principal, ainda faltam explicações melhores.

Ao contrário da versão para PCs, o Ubuntu de tablets tem especificações altas (Foto: Allan Melo/TechTudo) — Foto: TechTudo

O conceito geral é o mesmo aplicado recentemente aos smartphones, com usabilidade extremamente simples e especificações altas para não comprometer sua performance (ao contrário da versão para desktops, que roda em qualquer PC). A ideia da Canonical é que tudo possa ser manuseado com apenas um dedo, mas ainda assim não dispensam a tela multitoque como um dos requisitos mínimos.

Sistema já está disponível para testes em Nexus 7 e 10 (Foto: Allan Melo/TechTudo) — Foto: TechTudo

Ainda não há previsão para o lançamento de sua versão final, mas a Canonical já liberou uma versão para testes dedicada ao Galaxy Nexus, Nexus 4, Nexus 7 e Nexus 10. Segundo informado pela empresa, a versão para tablets tem como requisitos mínimos um processador Cortex A15 dual-core com 2 GB de memória RAM, com tela multitoque e 8 GB de memória interna.

Sistema exige que tablets tenham suporte a multitoque (Foto: Allan Melo/TechTudo) — Foto: TechTudo

Mais do TechTudo