Por Edivaldo Brito; Para O TechTudo


O TechTudo testou o beta da versão 10.9 do OS X , chamado de Mavericks. Se você estava curioso para saber como ficou o sistema operaciona da Apple, acompanhe este tour e descubra o que melhorou ou piorou em relação a seus antecessores.

Conheça as novidades do Mac OS X Mavericks (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito) — Foto: TechTudo

Diferente do iOS 7, o OS X 10.9 não teve nenhuma alteração radical em sua interface, apenas mudanças sutis, novas funcionalidades e aplicativos. A impressão que se tem ao usá-lo é que ele está cada dia mais próximo do sistema mobile, mas sem perder sua identidade de plataforma desktop.

iCloud Keychan

O iCloud Keychan é um gerenciador inteligente de senhas que permite anotar seus números de cartão de crédito e seus sites de compras preferidos. O sistema poderá sugerir um cartão entre os cadastrados, e transformar a compra online em uma nova experiência. Para isso, o usuário precisa apenas inserir o seu código do iCloud Keychan.

O serviço ainda não funciona bem em todos os aspectos, apenas na configuração e uso dentro do OS X. Basicamente, é preciso configurá-lo na primeira inicialização do sistema, junto com a configuração do iCloud. No processo é pedido a senha da ID Apple e depois é criado um código de segurança. Em seguida, é solicitado o número de um telefone celular com o código do país, que será usado para o envio via SMS de uma código de verificação. Depois disso, basta começar a guardar as senhas nos sites normalmente ou cadastrar cartões de crédito através da opção “Preenchimento automático do Safari”.

Para permitir que um dispositivo com iOS acesse as senhas e cartões é preciso ir em Ajustes > iCloud > Chaves e ativar o recurso. A ativação ficará como pendente e poderá ser confirmada no computador onde foi ativado pela primeira vez o iCloud Keychan, ou no próprio dispositivo, usando o código de segurança e em seguida usar um código de verificação que é enviado para o celular cadastrado. Infelizmente essa parte ainda não está funcionando bem no iOS.

Configurando iCloud Keychain (Foto: Divulgação) — Foto: TechTudo

Abas e tags no Finder

O Finder recebeu dois recursos interessantes que ajudarão a melhorar a produtividade: abas e tags. O uso de abas já era uma necessidade antiga, tanto que surgiram alguns aplicativos de terceiros para suprir esta deficiência. Já as tags, são uma novidade que pode ajudar muito a organizar arquivos e, talvez, mudar forma como fazemos isto atualmente.

Na prática, o uso de abas torna o Finder mais flexível: é possível olhar mais de um local no programa sem abrir uma nova janela e encher o desktop. Para criar uma nova, basta teclar “Command + T” ou acessar a opção no menu “Arquivo”.

O usuário pode mover facilmente arquivos entre as abas e, quando for necessário, fazer a operação de arrastar e soltar com mais “precisão”: basta arrastá-la para fora para transformá-la em uma nova janela. A ação inversa também é possível.

Finder agora usa abas (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito) — Foto: TechTudo

No Mavericks, toda vez que o usuário for salvar um documento além do local de salvamento, é necessário escolher uma tag para ele. Se a etiqueta ainda não existir, basta digitar um nome no campo "Tag" e ela será criada.

Depois, quando for ver os itens marcados, abra o Finder e clique na tag para que eles apareçam. Com isso, se torna desnecessário memorizar em que pastas seus arquivos estão, pois usando o sistema de etiquetas, o Mac OS X é quem os organiza e a localização em disco se torna irrelevante. De uma forma geral, a navegação por tag deixou a produtividade mais fluida e cumpre o que promete.

Criando e visualizando documento com tag (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito) — Foto: TechTudo

O OS X 10.9 também permite navegar por documentos do iCloud através Finder. Esta é uma novidade quase imperceptível, mas que simplifica o acesso a itens do serviço da Apple. E para quem gosta da opção de visualização Cover Flow, a boa noticia é que o recurso ainda existe dentro do Finder.

Cover Flow ainda existe dentro do Finder (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito) — Foto: TechTudo

Nova função para exportar em PDF

Presente como um item do menu “Arquivo” em boa parte dos aplicativos que suportam a geração de “documentos”, o recurso de exportação para PDF é muito útil, principalmente  para quem quer “capturar” informações e organizá-las para poder ver depois. Entretanto, ao usá-lo no novo aplicativo mapas com a visualização em 3D ativada, o recurso gera um arquivo sem conteúdo, o que demonstra que a novidade ainda precisa evoluir.

Agora é possível salvar diretamente em PDF em vários programas (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito) — Foto: TechTudo

“Não Perturbe”

Aos poucos, a Apple está pareando as funcionalidades dos iOS e do OS X, mas mantendo a individualidade e o estilo de cada um. E isso tem se mostrado bastante positivo. O recurso “Não Perturbe” uma das diversas funções do sistema operacional móvel que desembarca na versão desktop.

Particularmente, este recurso é bem útil diante da atual enxurrada de informações que as plataformas atuais exibem por conta de e-mails, redes sociais, compromissos e outras fontes. Ele é capaz de, praticamente, silenciar a "Central de Notificações" para que o usuário possa ficar sossegado por um tempo. Em alguns momentos, pode ser um alívio.

Silencie as notificações com o 'Não perturbe' (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito) — Foto: TechTudo

Destaque para os apps instalados recentemente

Assim como no iOS, o Mac OS X 10.9 faz uma “gracinha” para avisar que tem um aplicativo recém-instalado. A plataforma exibe estrelas brilhantes ao redor do ícone do programa no momento que termina a instalação. Apesar de parecer supérfluo, essa funcionalidade serve para alertar os usuário mais esquecidos.

App instalado recentemente fica em destaque Foto: Reprodução/Edivaldo Brito) — Foto: TechTudo

Atualizações automáticas de apps

Lançada junto com o iOS 7, essa função permitirá que o Mavericks mantenha os aplicativos instalados sempre com  a última versão, a fim de evitar problemas decorrentes de programas desatualizados. Para testar esse recurso é preciso ter um aplicativo desatualizado e como o sistema é recente, não conseguimos testar a eficiência dele.

Se seguir o mesmo padrão do iOS, ela só irá pesar no consumo de banda da conexão e ainda assim, será pouco, porque normalmente não é baixado mais de um ou dois aplicativos. Esse recurso é basicamente o mesmo que o usuário ir na Mac App Store e clicar em “Atualizar Tudo”, só que sem que ele precise fazer isso.

Atualizações automática de apps também chega ao OS X (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito) — Foto: TechTudo

Mapas

Consagrado e também odiado depois que a Apple abandonou o serviço de mapas do Google, o aplicativo Mapas chega à nova versão do sistema operacional com a mesma interface e recurso de sua versão para dispositivos móveis. O programa não traz nenhuma novidade além do que já existe na  edição mobile, mas completa o quadro de apps em comum dos dois sistemas.

Mapas chega ao OS X, com 3D e tudo mais (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito) — Foto: TechTudo

iBooks

Apesar de ter sido anunciada uma versão do iBooks para o OS X 10.9, pelo menos no beta testado, esse aplicativo não foi encontrado. Nem mesmo é possível encontrá-lo na Mac App Store. Possivelmente, ele irá aparecer em um próximo beta ou apenas na versão final.

Monitor de Atividade

Informação sobre como está o seu sistema é importante. Por isso, o "Monitor de Atividade" do OS X agora possui mais informações e pode, até mesmo, informar quais aplicativos consomem mais energia, juntamente com a exibição de um gráfico do uso no momento.

Informações sobre consumo de energia dos apps (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito) — Foto: TechTudo

Simplificação de aplicativos

Consequência do abandono da interface baseada em objetos reais (skeumorfismo), alguns aplicativos que o OS X têm em comum com o iOS perderam o visual realista e adotaram uma interface mais simples e plana. O "Notas" e "Contatos" são os maiores exemplos dessa mudança. Isso irá agradar a alguns usuários e desagradar a outros, mas saber se a mudança será bom ou ruim, só o tempo dirá.

Apps Notas e Contatos estão mais planos e simples (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito) — Foto: TechTudo

Calendário

Na contramão da mudança da simplificação de interfaces, o aplicativo "Calendários" traz um design mais parecido com famosas agendas de compromisso, embora, no geral, tenha um visual plano. Seu diferencial agora é a capacidade de integrar compromissos e atividades das redes sociais em uma única tela. Ele também pode fazer sugestões e informações de acordo com o agendamento do evento.

Por exemplo, o usuário pode programar um evento, dizer o que quer comer, e a aplicação é capaz de sugerir alguns lugares. O serviço consegue, até mesmo, calcular o tempo de viagem, baseado na distância e notificar, caso a pessoa esteja usando o Mac ou o iPhone.

App Calendário (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito) — Foto: TechTudo

Suporte a mais tipos de contas

A opção “Contas de internet” agora suporta mais serviços (o LinkedIn é um deles). Com ele, será possível cadastrar toda sua “web” vida social no Mavericks e começar a usar no sistema através das integrações padronizadas permitidas, de acordo com cada rede.

'Contas da Internet' agora suporta mais contas (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito) — Foto: TechTudo

Bloqueio de plugins para economizar energia

Agora, o Safari permite bloquear o uso de plugins para economizar energia. O alto consumo de energia causado pelo Flash tem sido o grande argumento da Apple contra sua utilização no sistema móvel. Com esta mudança, a empresa parece começar a tomar medidas para ajudar o usuário também nos desktops e notebooks.

Agora ´possível bloquear Plugins para economizar energia (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito) — Foto: TechTudo

Novo “Ditado Aprimorado”

A opção "Ditado" agora pode ser usada offline. Para poder usufruir deste recurso, porém, é necessário fazer o download de um arquivo de 785 MB. Infelizmente, pelo menos nesse beta, ainda não existe o suporte à língua portuguesa.

Ditado pode ser usado off-line (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito) — Foto: TechTudo

Central de Notificações

A "Central de Notificações" do Mavericks conta com um botão de enviar mensagens e permite respondê-las pela própria notificação. O recurso se tornou mais completo, no sentido de integrar as formas de comunicação suportadas no sistema.

Enviando mensagens e respondendo pela Central de Notificação (Foto: Reprodução/Edivaldo Brito) — Foto: TechTudo

Sempre melhorando a cada nova atualização ou versão, o OS X, particularmente neste beta, mostra que é um sistema comprometido com a melhoria da produtividade de seus usuários. Boa parte dos recursos adicionados ou aperfeiçoados são focados nisso.

Devido às novas funcionalidades de gerenciamento e as opções de configuração relacionadas à energia, também fica perceptível a preocupação em diminuir o consumo de recursos. O sistema, no entanto, mantém seu bom desempenho.

Como este ainda é o primeiro beta, resta aguardar os próximo para descobrir o que será melhorado até a chegada da versão final em setembro. O TechTudo está de olho nas atualizações do OS X Mavericks.

Tem dúvidas sobre o OS X Mavericks? Pergunte no Fórum do TechTudo!

Mais do TechTudo