Publicidade

Por Henrique Duarte; Para O TechTudo


Boa parte dos consumidores já comprou um produto ou contratou um serviço que não atendeu às suas expectativas. Em casos mais graves, apenas uma reclamação pública na Internet consegue trazer o dinheiro de volta ou garantir a troca por um produto novo. Uma boa maneira de reivindicar um direito quando a empresa não dá ouvidos - mesmo após utilizar o SAC oficial - é utilizar sites especialmente criados para atender reclamações.

Muitos oferecem um cadastro de empresas e consumidores, como um canal de comunicação virtual, e ainda mostram estatísticas que ajudam clientes a escolher em qual loja comprar.

Problemas com compras? Sites de reclamação podem ajudar o consumidor (Foto: Pond5) — Foto: TechTudo

Como funciona

O consumidor cadastra sua reclamação e a empresa responsável pelo produto ou serviço recebe uma notificação do problema, cabendo a ela responder e resolver o chamado.

Uma contestação online pode ser bastante eficaz, já que dificilmente uma empresa vai desejar ter o seu nome relacionado a problemas em páginas públicas de Internet, causando má impressão para seus atuais e futuros consumidores. Sendo assim, a marca que fornece o serviço ou o produto costuma buscar uma solução junto ao cliente o mais rápido possível.

É bom lembrar que, embora os serviços sejam online, as reclamações não são restritas a compras e contratações feitas pela Internet, e abrangem um universo ainda maior. Confira a lista que o TechTudo preparou com os melhores sites de reclamações na web e tente resolver os seus problemas de forma ágil e eficiente.

Reclame Aqui

O Reclame Aqui é um dos mais famosos sites que prestam serviços para insatisfeitos com compras. Para inserir uma nova queixa, basta clicar na aba “Reclame”. Então, busque pela empresa cadastrada no site, digite sua reclamação e identifique-se. O Reclame Aqui avisará quando uma resposta do responsável chegar e será possível fazer réplicas a elas.

Reclame Aqui (Foto: Reprodução/Luana Marfim) — Foto: TechTudo

A plataforma também conta com um grande banco de dados de reclamações respondidas, assim como um ranking com as empresas que mais e menos recebem queixas. Seu sistema funciona de forma parecida ao de uma rede social em que o usuário pode cadastrar login e senha ou utilizar suas credenciais do Facebook para se conectar ao serviço online e manter um histórico.

Reclamão

O Reclamãoé uma outra boa opção para buscar queixas de usuários sobre empresas ou cadastrar a sua reclamação. É bastante parecido com o Reclame Aqui, com a exceção de uma seção chamada "Reclamação Patrocinada". Nela, o internauta paga uma taxa de R$30 e obtém suporte do Reclamão para a solução do seu problema, como mostra a figura abaixo.

reclamao — Foto: TechTudo

O site oferece uma espécie de consultoria e também possui um ranking das empresas com maior e menor número de reclamações. É possível fazer login com credenciais do Facebook.

Denuncio

O Denuncio (denuncio.com.br) fecha a lista de serviços eficazes de denúncias e reclamações online. A página também é similar aos outros serviços listados. Um bom diferencial, no entanto, são as estatísticas que o site oferece, que mostram as empresas mais negligentes com os consumidores e as mais atenciosas, assim como o número de reclamações atendidas.

Denuncio.com.br (Foto: Reprodução/Luana Marfim) — Foto: TechTudo

Defesa do Consumidor no O Globo

No site do Jornal O Globo também existe uma parte voltada para a Defesa do Consumidor (oglobo.globo.com/economia/defesa-do-consumidor/), dentro da seção Economia. A página funciona de forma parecida com os sites já citados, sendo possível para o consumidor fazer uma pergunta e a empresa respondê-la. Tudo muito prático e simples. Para utilizar o serviço é preciso fazer um cadastro gratuito na Globo.com.

Defesa do Consumidor no O Globo (Foto: Reprodução/Luana Marfim) — Foto: TechTudo

Se mesmo assim você não teve seu problema resolvido e deseja tomar medidas legais, o Procon, órgão que regula os direitos do consumidor, possui sites em diversas regiões e todos os telefones disponíveis das agências por todo o Brasil para tomar medidas mais enérgicas.

Problemas com os links do Reclame Aqui? Veja como resolver no Fórum do TechTudo.

Mais do TechTudo