Publicidade

Por Da Redação; Para O TechTudo


Como um sistema aberto, o Android permite que qualquer um possa criar e distribuir seus próprios aplicativos e jogos. Outro diferencial do sistema para dispositivos móveis do Google frente aos concorrentes é que ele permite a instalação de apps fora da loja oficial, o Google Play. Mas, afinal, o procedimento é mesmo seguro?

A App Store é superior ao Google Play? Opine nesse confronto entre Apple e Google

Aviso do Android sobre o perigo de apps instalados a partir de fontes desconhecidas (Reprodução / Dario Coutinho) (Foto: Aviso do Android sobre o perigo de apps instalados a partir de fontes desconhecidas (Reprodução / Dario Coutinho)) — Foto: TechTudo

Além do próprio Google Play, há outras lojas como Amazon App Store, Samsung Apps e até as criadas por operadoras de telefonia como Tim App Shop. Além disso, ao marcar a opção “Fontes Desconhecidas” nas configurações do aparelho, é possível baixar aplicativos de qualquer página da Internet. Esse procedimento é sempre seguro? A resposta para a pergunta é um sonoro “não”.

Lojas oficiais garantem mais segurança

Nas lojas oficiais, há a certeza de que o aplicativo ou jogo foi verificado contra comportamento malicioso, como roubo de informações. No Google Play existem camadas de segurança ainda maiores, a exemplo da checagem automática em dois momentos. Essa dupla checagem acontece quando o aplicativo é enviado para a loja do Google e quando ele é instalado no aparelho do usuário. No celular, quem faz o trabalho é o Google Play Services, que verifica os apps instalados através da loja oficial.

Em lojas oficiais você é possível saber as permissões dos aplicativos antes de baixar (Foto: Reprodução / Dario Coutinho) — Foto: TechTudo

Apesar de toda essa precaução, é possível se deparar com aplicativos perigosos mesmo dentro do Google Play. De acordo com a empresa, no entanto, não há motivo para alarde: somente 0,001% de apps potencialmente perigosos da loja chegam a danificar de fato o Android.

Outras lojas de aplicativos também tomam suas medidas de segurança para evitar que aplicações maliciosas cheguem ao usuário, em maior ou menor escala. Entretanto, não se pode dizer o mesmo das que são criadas por usuários ou dos apk’s espalhados pela Internet.

O perigo das lojas “piratas”

Em outubro deste ano, o Google identificou que a maioria dos malwares em dispositivos Android vem de instalações sem qualquer tipo de verificação. Nesse cenário, a companhia estima que 40% dessas aplicações são fraudulentas e 15% são spywares que tem como único objetivo roubar informações do usuário.

Baixar aplicativos de qualquer lugar pode ser perigoso (Foto: Reprodução / Dario Coutinho) — Foto: TechTudo

Baixar ou não baixar?

Ao baixar um aplicativo ou jogo de um site desconhecido, o usuário precisa redobrar o cuidado. Há excelentes programas fora do Google Play, mas é necessário buscar por opiniões de terceiros e comentários sobre o app na web antes de arriscar a instalação. Outra dica valiosa é manter um antivírus instalado no aparelho, o que pode te poupar de uma bela dor de cabeça.

Mais do TechTudo