Por Da Redação; da Redação


Os cariocas serão os primeiros brasileiros a contar com o serviço de alertas do Twitter em situações de emergência. O Centro de Operações Rio (COR) e o microblog iniciam nesta quarta-feira (18) a parceria que pretende ajudar os moradores e turistas com informações rápidas durante chuvas e incidentes. O Rio de Janeiro é a primeira cidade da América Latina cujo órgão público recebe o Twitter Alerts, disponível apenas em países como Estados Unidos, Reino Unido, Irlanda, Japão e Coreia do Sul.

Segundo o Centro de Operações, a parceria com o microblog foi firmada ainda esse mês e será vinculada à conta @OperacoesRio. O recurso é oferecido apenas para instituições que tem comprovada credibilidade e rapidez na divulgação das informações como órgãos públicos e agências de segurança. 

Centro de Operações do Rio de Janeiro (COR) (Foto: Divulgação/Pefeitura do Rio) — Foto: TechTudo

O COR informa que os alertas serão usados apenas em momentos de crise, desastres naturais ou em comunicações de emergência, como orientações para evacuação de locais, informações sobre falhas críticas ou perigos iminentes como risco de deslizamento de encostas ou transbordamento de rios.

O chefe-executivo do Centro de Operações Rio de Janeiro, Pedro Junqueira, acredita que o novo recurso no microblog do COR pode auxiliar e aumentar o diálogo com a população conectada.

“Com o Twitter Alert poderemos informar algo que, talvez, as pessoas nem saibam que está acontecendo e cuidar da população para atingir nosso principal objetivo que é o de salvar vidas”, afirma.

Como receber os alertas

Para receber os alertas, basta ser seguidor do perfil twitter.com/OperacoesRio. Os tuítes de emergêcia são marcados com um sino laranja e a hashtag #alert, em inglês. Nesta primeira fase, a tag ainda segue sem tradução. Porém, o Twitter deve usá-la em outros idiomas, incluindo o português, ainda no primeiro semestre de 2014. 

Twitter Alerts, com sino laranja, avisa sobre problemas urbanos (Foto: Reprodução/Twitter) — Foto: TechTudo

Os tuítes com alertas poderão ser vistos no feed do Twitter na web e também nos aplicativos para smartphones. Para receber as mensagens via notificações push (na tela de bloqueio do celular), é necessário ter a versão 5.10 ou superior do Twitter para iOS ou a 4.1.6 ou superior no Android.

Caso o internauta se inscreva para receber um Twitter Alert do Centro de Operações, existe a oportunidade de ver notificações direto no telefone celular. As mensagens são entregues via SMS (para qualquer operadorada de telefonia móvel), ideal para celulares sem acesso à Internet. 

Para se inscrever, basta acessar a página do Twitter Alert do Centro de Operações twitter.com/operacoesrio/alerts que estará disponível ainda nesta terça-feira (17).

Apenas um número muito restrito de organizações podem enviar alertas no microblog. Boa parte deles relacionados a terremotos, furacões e outros desastres naturais de grande proporção. O COR, no Rio de Janeiro, além de ser a primeira instituição na esfera municipal do país a ter o selo de conta verificada no microblog, é o primeiro também a estrear o recurso; em um período de fortes chuvas e enchentes.

O Twitter Alerts foi lançado em setembro de 2013. Na ocasião, o Twitter informou que o objetivo da ferramenta é dar às organizações o poder de aumentar a visibilidade de tuítes que tem o poder de salvar vidas e auxiliar na gestão de multidões em desastres e eventos.

O que você achou do Instagram Direct?
Comente no Fórum do TechTudo.

Mais do TechTudo