Por Da Redação; Para O TechTudo


O verão é uma época cheia de tempestades com forte incidência de raios e descargas elétricas, o que deixa donos de aparelhos eletrônicos preocupados. Afinal, muitos mitos se espalham sobre o uso de computadores, televisões, celulares e outros dispositivos durante um forte temporal. Para te ajudar, o TechTudo foi atrás da resposta: é ou não é perigoso usar aparelhos eletrônicos quando chove? Confira.

raios-eletronicos-perigos — Foto: TechTudo

Segundo dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), o Brasil é atingido anualmente por mais de 100 milhões de raios, sendo o país campeão na incidência desse fenômeno no mundo. Essas descargas causam diversos prejuízos materiais em decorrência da sobrecarga da rede elétrica e até dezenas mortes e ferimentos graves, como queimaduras. Sendo assim, é preciso estar muito atento na rua ou em casa quando uma forte tempestade se aproxima.

Perigos em casa

Nas residências, os tipos mais comuns problemas decorrentes da queda de raios estão justamente ligados ao uso de eletrônicos. Embora descargas elétricas não costumam atingir uma pessoa protegida dentro de casa, elas podem chegar por meio de instalações elétricas ou telefônicas. Isso acontece, normalmente, quando a rede elétrica é atingida por um raio, fazendo com que a tensão da fiação aumente e gere uma sobrecarga no sistema.

Apesar de não agir diretamente sobre o indivíduo protegido em seu lar, um perigo real é a descarga elétrica atingir uma pessoa por meio desses eletrônicos. Os casos mais comuns ocorrem quando a vítima está conversando em um telefone com fio e um poste ou a rede é atingida pela descarga elétrica, que se propaga pela linha telefônica. Além disso, a alta tensão pode chegar por aparelhos conectados à rede elétrica, como celulares no carregador.

Os problemas mais comuns decorrentes da sobrecarga da rede elétrica, entretanto, são os danos aos produtos eletrônicos. Por isso, recomenda-se sempre desligar os aparelhos na tomada quando uma forte tempestade se aproxima, pois a variação de energia elétrica pode fazer com que a sua TV, computador ou até mesmo celular queime.

Como evitar os problemas em casa?

Em primeiro lugar, nunca utilize um telefone com fio ou aparelho conectado à tomada durante uma forte tempestade com incidência de raios. Se precisar fazer uma ligação, dê preferência aos celulares. Porém, deixe para carregar seu smartphone em outro momento e sempre opte por usar o notebook na bateria e pela rede Wi-Fi, dispensando o uso de fios.

Há ainda duas maneiras de se evitar problemas: fazer o aterramento nas tomadas da casa e comprar aparelhos específicos para evitar a variação elétrica. O primeiro torna-se muito importante, já que o sistema de aterramento elétrico é responsável por dissipar o excesso de energia e evitar que este chegue até o eletrônico. Por isso, verifique se seu prédio ou casa está protegido e nunca quebre o terceiro pino da tomada. Confira mais neste artigo.

Já dispositivos como filtros de linha, estabilizadores e nobreaks tendem a atenuar pequenas variações elétricas e picos de energia que chegam até os eletrônicos. Apesar de serem utilizados bastante em computadores, esses aparelhos também são recomendados para outros produtos. No entanto, a alternativa mais eficaz é a instalação de Dispositivos Protetores de Surto (DPS), que ficam junto ao quadro de distribuição central da rede e são úteis em regiões com grande incidência de raios.

Conhece ou já presenciou algum acidente com raios e eletrônicos? Conte no Fórum do TechTudo.

Problemas na rua

Fora de casa, os problemas com as quedas de raios estão mais ligados a fatores do ambiente do que com o uso de aparelhos eletrônicos em si. Sendo assim, evite ficar ao ar livre em espaços abertos, como campos de futebol ou pastos na zona rural, e não se abrigue embaixo de árvores ou estruturas metálicas como torres. A melhor saída é procurar um abrigo fechado e seguro, podendo até mesmo ser um carro.

Mesmo apontados como vilões por alguns mitos, os celulares não são capazes de atrair descargas elétricas. No entanto, médicos do Hospital Geral de Vancouver, no Canadá, em carta enviada ao New England Journal of Medicine (NEJM) alertaram para um risco no uso desses dispositivos durante tempestades, após um esportista do país ser atingido por uma corrente elétrica decorrente da queda de um raio em uma árvore próxima. Como o homem estava suado e utilizava um iPod com fones de ouvido, a corrente elétrica se propagou pelo seu corpo, chegando à cabeça, causando queimaduras de segundo grau, quebra da mandíbula pela contração muscular e um rompimento de tímpanos em consequência do aquecimento de ar provocado pelos fones.

Portanto, ainda que os riscos sejam pequenos, é recomendado evitar o uso de aparelhos eletrônicos em locais abertos durante tempestades com descargas elétricas. Celulares, MP3 players e outros dispositivos móveis não são capazes de atrair raios, mas seu uso pode aumentar os danos caso a pessoa seja atingida.

Mais do TechTudo