Por Da Redação; Para O TechTudo


Fazer cestas no NBA 2K14 está mais difícil. O sistema defensivo está melhor trabalhado do que nas edições anteriores, e isso faz com que os ataques tenham que dar muito suor para pontuar. Mas, o TechTudo preparou uma lista de dicas de movimentos na parte ofensiva do game que podem ajudar a aumentar seu número de pontos.

NBA 2K14 tem lances incríveis (Foto: Thiago Barros/TechTudo) — Foto: TechTudo

Driblar

Os dribles são fundamentais para confundir os seus adversários. No NBA 2K14, driblar é bem intuitivo. O usuário deve utilizar o analógico da direita para fazer as jogadas. Os comandos são simples e a bola normalmente vai para a direção para onde o joystick é movido. Esquerda e direita, por exemplo, mas o jogador quicar a bola entre as pernas – e para um lado só faz ele fingir que vai para aquele. Um giro representa um 360.

Dribles são decisivos no ataque (Foto: Thiago Barros/TechTudo) — Foto: TechTudo

Driblar indo para a cesta

Nas infiltrações para a cesta, aperte o botão de arremesso duas vezes e mova o analógico para o lado para onde quer que seu jogador dê a nova passada. Assim, será feito um movimento de puxar a bola de uma direção para a outra, iludindo o marcador. Se fizer a mesma coisa, mas para trás, ele dará um stepback, ou seja, se afastará da cesta, abrindo caminho para um arremesso de curta distância.

Drible indo na direção da cesta é mortal (Foto: Thiago Barros/TechTudo) — Foto: TechTudo

Enterrar

Simples e eficiente. Quando estiver indo na direção da cesta, aperte o botão de corrida e quando chegar bem perto dela aperte o de arremesso. Se o jogador tiver a capacidade de enterrar, ele fará a jogada.

Enterrar é o jeito mais fácil de pontuar (Foto: Thiago Barros/TechTudo) — Foto: TechTudo

Lances Livres

Bater lance livre é bem fácil e tem a mesma mecânica dos arremessos de média e longa distância. Segura o botão de arremesso até a bola chegar à cabeça do jogador mais ou menos. Um alerta no canto direito superior vai dizer se você arremessou bem ou mal. Cada jogador tem um tempo de soltar o botão, então o ideal é ir testando.

Converta seus lances livres (Foto: Thiago Barros/TechTudo) — Foto: TechTudo

Bolas de 3 pontos

A mesma coisa acontece nas bolas de três pontos, que mesmo com arremessos perfeitos as vezes não caem. Nela, são necessárias três coisas: o timing no arremesso, seu atributo de arremesso de três, claro, e também a “qualidade” daquele chute. Quanto mais livre o jogador ficar, maior será a chance de converter.

Arremesso de três é eficiente, mas difícil (Foto: Thiago Barros/TechTudo) — Foto: TechTudo

Fazer ponte-aérea

Também bem simples, mas não tão eficiente. Só apertar L2 + Quadrado ( LT + X no Xbox) e mover o analógico para a direção onde está o jogador que vai receber o passe. Costuma funcionar, mas use pouco, senão os defensores passam a identificar o lance e a marcá-lo melhor.

Ponte-aérea é bonita e eficiente (Foto: Thiago Barros/Reprodução) — Foto: TechTudo

Chamar jogadas

Nada de pegar a bola, sair correndo e tocando sem saber o que fazer. Se você quer dominar o NBA 2K14, tem que aprender a chamar jogadas. Para isso, é só apertar o botão “L1″, no PlayStation, ou LB no Xbox One, para abrir os ícones de cada jogador (como no pick and roll).

Chamar jogadas é fácil (Foto: Thiago Barros/TechTudo) — Foto: TechTudo

Escolha um e você verá a lista de jogadas disponíveis para aquele jogador, que é quem fica com a bola no fim da movimentação. Toque no botão indicado e a movimentação vai se iniciar. Fique de olho nas marcações na quadra e nas cabeças dos jogadores para ver para onde deve passar a bola e ir.

Pick and roll

Chamar um jogador para fazer bloqueio é simples. No PlayStation 4, dê um leve toque no círculo e no Xbox One no botão B. Ele abrirá os ícones de botões sobre cada jogador. Veja quem quer usar para fazer o bloqueio e segure o botão. O tempo de pressionar é que indica o resultado do pick and roll.

Pick and roll é muito eficiente (Foto: Thiago Barros/TechTudo) — Foto: TechTudo

Rápido, ele faz um fake e corta pra dentro da cesta, quando o indicador fica amarelo. O indicador verde indica o pick and roll normal, fazendo bloqueio, depois indo pra cesta. O vermelho é para o fade, quando o bloqueador ao invés de ir na direção da cesta se afasta para arremessar.

Fazer a melhor jogada

Aperte o L1 ou LB para fazer a “melhor jogada”. É uma função de chamar jogadas automática, em que a máquina escolhe qual lance será feito. A funcionalidade é ideal para quem não quer ter trabalho de ficar tendo que escolher entre a grande quantidade de jogadas sempre, mas também não quer só ficar correndo sem um esquema tático.

Chame a melhor jogada (Foto: Thiago Barros/TechTudo) — Foto: TechTudo

Posicionar o time

Aperte o direcional para a esquerda para abrir o menu de posição do time. Você pode escolher o número de jogadores dentro do garrafão e fora, em cima, e a opção de baixo permite optar por estilos de movimentação, como movimentos livres e/ou abrir espaços (space the floor) para chutadores de três.

Organizar o posicionamento é fundamental (Foto: Thiago Barros/TechTudo) — Foto: TechTudo

Apertando R2 ou RT nessa tela, você é direcionado para jogadas rápidas, que são mais simples do que as jogadas normais e há melhores descrições: como fazer “post-up para LeBron James” e “abrir espaço para Ray Allen”. Já apertando o direcional para a direita, você vai poder mudar o foco da sua equipe, como chutes rápidos, infiltrações e etc.

Personalizar jogadas

Se você joga o modo MyGM, também pode personalizar todas essas jogadas do NBA2K14. Vá na opção de Coaching e depois em Playbook. Ali, você verá animações de todas as jogadas, para poder compreendê-las melhor. Aí na hora de jogar, você saberá exatamente o que significa cada nome de jogada.

Edite os playbooks (Foto: Thiago Barros/TechTudo) — Foto: TechTudo

Mais do TechTudo