Por Da Redação; da Redação


O viciante jogo Flappy Bird ainda não saiu do ar por completo. O TechTudo descobriu nesta segunda-feira (10) que o jogo ainda pode ser baixado oficialmente pela Amazon AppStore, disponível em todos os dispositivos com Android.

Flappy Bird na Amazon App Store (Foto: Reprodução/Amazon) — Foto: TechTudo

A descoberta foi feita por meio do próprio aplicativo na versão do Android: ao tentar avaliar o jogo, clicando na opção "Rate", o usuário será redirecionado para um app chamado "Preston's Mario Bird", na loja oficial de aplicativos da Amazon. Uma vez instalado, entretanto, é revelado o jogo oficial, com tudo original da última versão.

A edição com nome desconhecido provavelmente remonta a uma época em que o criador do game, Dong Nguyen, ainda testava o app.

Para instalar o Flappy Birds no Android, entretanto, é preciso baixar a loja de aplicativos da Amazon; que não pode ser encontrada no Google Play. Para instalar, basta acessar o download da Amazon AppStore e seguir as instruções. Depois, acesse o link do download do Flappy Bird e selecione a versão para Android. Você será redirecionado para a loja, onde poderá adquirir o viciante game.

Qual é o seu record no jogo Flappy Bird? Compartilhe seu progresso no Fórum

Aos usuários do Windows Phone, um outro desenvolvedor publicou uma versão que, apesar de não oficial, é um clone perfeito do Flappy Bird. Para baixá-lo, basta selecionar "Windows Phone" como plataforma na página de download do Flappy Bird. Já para quem tem iPhone ou iPad, não há soluções, uma vez que a Apple apenas disponibiliza o download de apps por sua loja oficial.

Nguyen havia manifestado no Twitter o desejo de tirar o game do ar, pois, de acordo com ele, o sucesso repentino do app gerou uma atenção indesejada, tanto de usuários quanto de membros da mídia. “Perdão, usuários de Flappy Bird, daqui a 22 horas, irei retirar ‘Flappy Bird’ do ar. Não posso mais aguentar”, escreveu ele no último sábado (8).

Usuários que já tenham o jogo instalado em seus aparelhos não precisam se preocupar: ele continuará funcionando normalmente, apenas não será mais possível baixá-lo via App Store e Google Play.

Mais do TechTudo