Por Da Redação; Para O TechTudo


Ao pesquisar um novo smartphone ou tablet, é comum que usuários atentem mais para recursos de hardware como o processador, a memória ou a tela. Porém, a utilidade de tudo isso depende de quanto tempo o aparelho permanecerá ligado. Por isso, é importante reparar na bateria e suas especificações, geralmente representada por valores em "mAh". Veja abaixo o que esse símbolo significa e como avalia-lo corretamente.

Veja o que signifca a especificação de baterias de smartphones e tablets, acompanhadas do símbolo mAh (Foto: Allan Melo/TechTudo) (Foto: Veja o que signifca a especificação de baterias de smartphones e tablets, acompanhadas do símbolo mAh (Foto: Allan Melo/TechTudo))

A notação mAh se refere à "miliampere-hora", uma unidade para medidas de capacidade de baterias. Isso significa que, quanto maior é o seu valor, as chances serão maiores de que o dispositivo dure mais tempo com uma carga.

Seu modo simplificado é o ampére-hora, ou Ah, que denota quanta corrente consegue ser transmitida em uma hora. No caso de baterias pequenas, como de smartphones ou tablets, esse valor é baixo, daí o uso de uma subunidade de medida que multiplica o número mil vezes. Assim, uma bateria de 3.300 mAh, como a do Motorola RAZR Maxx, tende a durar mais tempo com uma carga do que a do Samsung Galaxy S4, cuja capacidade é de 2.600 mAh. No entanto, o tempo real de uso depende de uma série de outros fatores, que culminam na quantidade de energia que o aparelho realmente consome.

Para calcular quanto sua bateria pode durar, é necessário saber o consumo do gadget medido em miliampére. Para ilustrar, vamos pegar novamente o RAZR Maxx como exemplo. Segundo suas especificações oficiais, ele pode durar até 607 horas em stand-by, ou seja, em seu estado de consumo mínimo de energia. Isso significa que, nessas condições, o smartphone consome 5,43 mA de corrente elétrica (3.300 mAh divididos por 607 h).

A bateria do Milestone 2 dura pouco (Foto: José Telmo/TechTudo) — Foto: TechTudo

À grosso modo, seria como comparar um carro e sua capacidade, em litros, de guardar gasolina. Um carro com um tanque maior tende a rodar mais tempo que um veículo que armazena menos combustível. Porém, tudo depende de quantos quilômetros esses veículos fazem com um litro. Esse cálculo, por sua vez, depende de diversos outros fatores, como a potência dos carros.

Em smartphones e tablets é a mesma coisa. Se você comparar smartphones semelhantes, porém com baterias de capacidades diferentes, um tende a durar mais tempo que o outro com uma carga. Mas, quanto mais diferenças esses gadgets tiverem, como tela, processador e outros quesitos, o cálculo direto ficará mais impreciso.

O iPhone 5S, por exemplo, tem uma bateria de 1.560 mAh, 1.000 mAh a menos que no Galaxy S4. Ambos, porém, têm uma diferença pequena de desempenho com uma única carga, porque justamente seu consumo é completamente diferente. O Galaxy, obviamente, consome mais, já que o sistema Android e a tela maior com mais resolução, dentre outros componentes, exigem mais energia.

Este, portanto, é mais um caso em que a experiência real vale mais do que uma especificação dada pelo fabricante. No final, a comparação entre valores de mAh vale casos que você queira comparar smartphones ou tablets similares. Fora isso, o que vale realmente é o tempo em horas que os aparelhos conseguem ficar longe do carregador.

Mais do TechTudo