Publicidade

Por Da Redação; Para O TechTudo


Desde o fim de 2013 que Nokia e Microsoft anunciaram que iriam “se unir”. No entanto, por conta de diversas burocracias, o acordo final entre as companhias só foi selado de fato nesta sexta-feira (25). Agora, oficialmente, a Nokia faz parte da Microsoft.

Nokia e Microsoft confirmaram 'parceria' (Foto: Divulgação Nokia) (Foto: Nokia e Microsoft confirmaram 'parceria' (Foto: Divulgação Nokia)) — Foto: TechTudo

O diretor-executivo da Microsoft, Satya Nadella, destaca que a aquisição da Nokia tem como principal objetivo um avanço na transformação de sua empresa. O claro foco no mercado de dispositivos móveis é ressaltado pelo empresário.

Vale migrar do Android para o Windows Phone? Comente no Fórum do TechTudo

“Hoje damos boas vindas a Nokia à nossa família. Suas capacidades móveis vão ajudar a avançar a nossa transformação. Junto com nossos parceiros, nós seguimos focados em desenvolver inovações mais rápido para um mundo móvel e na nuvem”, afirma Satya.

Além de notas oficiais de Microsoft e Nokia, também foi divulgada nesta sexta-feira (25) uma carta aberta de Stephen Elop, CEO da empresa finlandesa. No documento, ele se orgulha da parceria e promete muitas novidades em breve.

“Juntos, podemos conectar e dar mais poder a pessoas com uma experiência única para suas vidas. A partir de agora, as possibilidades são ilimitadas. Agora somos um só”, diz o executivo, que garante que a empresa continuará dando suporte a todos os aparelhos.

Até o momento, poucas mudanças significativas devem acontecer. Espera-se que só em agosto, com a chegada do Windows Phone 8.1, sejam lançados os primeiros gadgets da nova era das duas empresas.

Mais do TechTudo