Por Da Redação; Para O TechTudo


Calibrar a imagem de uma TV é fundamental para que o dono do aparelho consiga uma qualidade próxima daquela vista nas lojas de departamento antes da compra. Mas é possível deixar a tela com uma resolução tão bonita quanto deve ser? O TechTudo traz as dicas. Confira!

tv-1 — Foto: TechTudo

Posicionamento correto da TV

Antes dos ajustes na configurações, é importante ter certeza de que a TV está posicionada de forma correta, com o centro da tela na altura dos olhos e em um ângulo de visão reto do telespectador, preferencialmente sem incidências diretas de luz. Isso afeta diretamente na imagem que o telespectador visualiza, chegando ao ponto de transformar o preto em cinza. Para saber mais sobre o posicionamento da TV, leia este artigo que o TechTudo elaborou.

Imagem real ou bonita?

Primeiramente, é preciso levar em conta que a qualidade da imagem varia bastante de acordo com aparelho utilizado. Ou seja, ela muda se for gerada através de um DVD, Blu-ray, receptor de TV paga ou algum outro, sendo recomendado salvar uma configuração para cada aparelho. 

Os presets funcionam?

tv-1 (Foto: tv-1) — Foto: TechTudo

As TVs já possuem configurações predefinidas para determinados conteúdos, como Filme, Dinâmico, Esporte e Jogos. Esses modos, porém, não parecem exatamente feitos para o uso em casa (quase como se fossem feitos exclusivamente para a demonstração em lojas), não agradando muito quem deseja imagens realmente bem definidas e balanceadas.

Brilho e Contraste

Brilho e contraste são umas das configurações mais importantes. O primeiro determina a intensidade do preto exibido. Caso caso esteja em nível muito elevado, ele se torna acinzentado - e se for baixo demais, a imagem ficará escura, ocultando detalhes da cena. 

Além disso, um nível de brilho muito baixo também pode alterar a reprodução de cores, tornando difícil diferenciar os tons. Na hora de configurar este item, é interessante procurar uma imagem mais escura e regular de modo que o preto se torne profundo, porém sem perder a percepção dos contornos, como fios de cabelo em um terno, por exemplo. Geralmente a configuração de brilho não passa de 50%.

No que diz respeito ao contraste, pode-se dizer que ele age mais no branco, sendo brilhante e borrado caso esteja muito alto - ou então gerando imagens desbotadas e perdendo detalhes em sombras das cenas.

Para configurá-lo corretamente é necessário observar se não há borrões entre os tons brancos e pretos. Também é importante conferir se as cores não estão exageradamente fortes. O nível de contraste é algo bem pessoal, porém aconselha-se que esteja entre 50% e 80%.

Cor (Saturação)

TV mais barata sai por menos de R$ 1300 (Foto: Divulgação/Samsung) (Foto: TV mais barata sai por menos de R$ 1300 (Foto: Divulgação/Samsung)) — Foto: TechTudo

A configuração adequada de cor garantirá a exibição mais fiel àquela pretendida na hora da captação da imagem. Caso esteja alta demais, serão exibidas cenas borradas e com tons exageradamente fortes. Se estiver muito baixa, elas ficarão “lavadas” e sem vida, chegando a deixar cenas coloridas em tons de cinza.

Como no caso do contraste, o controle de cor é algo pessoal, porém é recomendado que deixe em um percentual por volta de 45% e 50%, até encontrar algo que não seja muito apagado e tampouco forte demais, transbordando nos contornos.

Matiz

O controle de matiz age diretamente nas cores primárias (vermelho, verde e azul), sendo capaz de dar às imagens um aspecto amarelado, rosa ou roxo, se utilizado de forma exagerada. Normalmente, recomenda-se manter o nível no neutro (0), para não prejudicar a fidelidade de cores. Porém, o usuário pode sentir a necessidade de regular a matiz em títulos específicos, como filmes de guerra, épicos ou clássicos.

Nitidez

Calibrar a nitidez é muito importante para se ter uma imagem com maior nível de detalhes, porém sem exagerar nos contornos. Caso seja deixada de forma muito elevada, ela faz com que a cena ressalte os contornos, o que fará com que ela pareça muito artificial.

Se estiver baixa demais, gera a a impressão de que toda a imagem é uma pintura, com contornos borrados e desfocados. Para calibrar corretamente, é recomendado que o usuário procure cenas com rostos e contornos, de modo que o rosto fique natural (sem granulação) e os contornos fiquem visíveis, mas suaves, sem chamar a atenção. Geralmente esse ajuste fica entre 20% e 50%.

Ajustes Avançados

Nova televisão foi anunciada pela LG (Foto: Divulgação/LG) (Foto: Nova televisão foi anunciada pela LG (Foto: Divulgação/LG)) — Foto: TechTudo

Temperatura de Cor

Para assistir filmes, é recomendado que deixe a temperatura em “normal” ou “quente”, o que gera imagens levemente amareladas, o que é ideal para gerar uma atmosfera boa nos filmes.

Como passar áudio do notebook para a TV? Veja no Fórum do TechTudo

Balanço de Branco

O ajuste de branco se faz necessário quando a TV apresenta cores distorcidas, pois ele mexe diretamente na paleta RGB (cores vermelho, verde e azul) da cor branca para atenuar os níveis altos (ganho ou high) e os níveis baixos (compensação ou cut-off) das cores. Não é recomendado que se mexa nessa opção sem um software específico para calibragem de imagem, porém caso ache necessário é recomendado que procure filmes com uma boa qualidade de imagem e com uma tonalidade neutra, e mexa diretamente na cor que ache que o branco está puxando, até encontrar um branco mais suave e natural.

Mais do TechTudo