Publicidade

Por Da Redação; da FIWC 2014


A final da Copa do Mundo Interativa da Fifa (FIWC) ocorreu nesta quinta-feira (3) no anfiteatro do Morro da Urca, no Rio de Janeiro. E o título acabou ficando com o dinamarquês August Rosenmeier, que disputou as partidas com a seleção brasileira. Os quatro semifinalistas, decididos depois de uma dura competição na tarde da última quarta-feira (2), se enfrentaram pelo prêmio de R$ 44 mil e a chance de ver os melhores jogadores do mundo na cerimônia da Bola de Ouro da Fifa. 

Dinamarquês recebeu prêmio das mãos de Ronaldo (Foto: Matheus Vasconcellos/ TechTudo) — Foto: TechTudo


Na primeira semifinal, Rosenmeier enfrentou o holandês Steven van de Vorst em uma disputada partida entre Brasil e Portugal. Os dois jogadores tremiam como se fosse uma final de Copa do Mundo. E quase era. Foi quando já no segundo tempo do jogo, Rosenmeier acertou um belo chute com Hulk. Ele levantou e vibrou por ter, finalmente, aberto o placar. Logo depois, em uma saída desesperada com o goleiro de Portugal, Daniel Alves acertou o gol, vazio, para aliviar de vez o competidor dinamarquês, classificado para a grande final.

A seleção brasileira parece ser a preferida dos jogadores, já que na segunda partida eliminatória, os canarinhos foram novamente escolhidos, só que dessa vez pelo competidor inglês David Bytheway, enquanto seu adversário, Jorrick Boshove preferiu a temida Alemanha. O jogo terminou como os brasileiros esperam que todos os dessa Copa do Mundo acabem: com o Brasil vencedor. O placar de 1 a 0, com gol de William, foi suficiente para classificar Bytheway para a grande final contra Rosenmeier.

dinamarques e (Foto: Matheus Vasconcellos/ TechTudo) — Foto: TechTudo



A partida para decidir o terceiro e o quarto lugar foi, de longe, o embate mais disputado. Tanto que foi preciso chegar à prorrogação para que o jogo fosse decidido. Somente no tempo complementar os gols saíram. Steven van de Vorst abriu o placar nos quinze primeiros minutos. Ao começo da segunda etapa dos acréscimos, Boshove, jogando com a Alemanha, empatou. No lance seguinte, com o jogador português Raul Meirelles, Van de Vorst ampliou o placar e ficou com o terceiro lugar da FIWC.

Para acompanhar a tão esperada final, o ex-jogador Ronaldo Nazário de Lima subiu ao palco ovacionado pela torcida presente. Ele disse estar feliz por receber o FIWC no Brasil e, ao mesmo tempo, poder acompanhar a Copa do Mundo dentro de casa. O atacante contou ao TechTudo ser um craque também nos videogames, mas admitiu não ter chance contra os competidores.

Finalistas da Copa do Mundo de Fifa 2014 eram de diferentes nacionalidades (Foto: Matheus Vasconcellos/ TechTudo) — Foto: TechTudo



Sem mais delongas, o ex-atleta desejou sorte aos finalistas e deu início à partida. August Rosenmeier escolheu a seleção brasileira e David Bytheway ficou com a alemã. Quem saiu na frente foi a seleção europeia que logo aos 17 minutos da etapa inicial abriu o placar com Reus. Mas, o dinamarquês não desanimou. Ainda no primeiro tempo veio o empate dos pés de Alexandre Pato, que, curiosamente, não foi convocado no time de Felipão. No segundo tempo, aos 20 minutos, Luiz Gustavo aproveitou o escanteio e marcou de cabeça.  Em seguida, foi a vez de Neymar fazer o seu para a seleção brasileira e para a festa do competidor dinamarquês, que faturou o prêmio de R$ 44 mil. O segundo lugar, David Bytheway e o terceiro colocado Steven van de Vorst também ganharam U$ 5 mil e U$ 1 mil respectivamente.

Já com o prêmio em mãos Rosenmeier contou o que pretende fazer com o dinheiro. "Quero guardar o prêmio todo. Bom, quase todo, já que minha namorada me acompanhou durante todas as fases, ela merece um bom jantar", brincou o vencedor. "Espero que essa vitória seja um atrativo para os dinamarqueses e que, assim como no Fifa 14, a seleção oficial de futebol faça uma boa campanha para participar da próxima Copa do Mundo", disse Rosenmeier.

A próxima Copa do Mundo Interativa da Fifa começa no dia 1 de outubro e para fazer a inscrição é preciso acompanhar a página oficial do torneio no Facebook.

Mais do TechTudo