Por Da Redação; Para O TechTudo


A NVIDIA anunciou o lançamento mundial da linha de placas de vídeo Quadro em um evento realizado em São Paulo, na última segunda-feira (11). Foram apresentados os modelos K420, K620, K2200, K4200, K5200 e K6000 da série de GPUs, que chegam ao mercado no final do mês de setembro. A fabricante, no entanto, ainda não divulgou o preço final do produto.

Linha Quadro de GPUs da Nvidia tem seis modelos (Foto: Pedro Zambarda/TechTudo) — Foto: TechTudo

“É a primeira vez que lançamos, simultaneamente, uma linha de GPUs da NVIDIA tanto no Brasil quanto no México e nos Estados Unidos. O objetivo é que esses mercados cresçam juntos”, disse ao TechTudo Marcio Aguiar, gerente de desenvolvimento para América Latina e membro da equipe da empresa no Brasil.  De acordo com o porta-voz da empresa, o foco das novas placas de vídeo não são somente os gamers, mas também artistas gráficos e consumidores de programas pesados, como 3DS Max e do pacote Adobe, o que inclui o Adobe Illustrator e o Adobe Photoshop. 

O modelo mais simples da linha Quadro, o K420, tem 1 GB de memória, 29 Gbps de largura de banda, suporte para quatro monitores e alimentação de 41 W. O modelo K620 difere no que diz respeito à memória, com 2 GB, e alimentação (45 W). Já K2200 tem largura de banda de 80 Gbps, 4 GB de memória e 68 W.

A série conta com outro produto de 4 GB, o K4200, que apresenta 173 Gbps de largura de banda, suporte para quatro telas e alimentação de 108 W. Com o dobro capacidade, com 8 GB, o K5200 tem largura de 192 Gbps e alimentação compatível com 150 W. Por último, o K6000 tem o que há de mais avançado na nova linha de GPUs, com 12 GB de memória, largura de banda de 288 Gbps, alimentação de 225 W e suporte para quatro monitores.

“Nossa intenção não é apenas entregar a GPU mais robusta, mas sim a mais adequada para o cliente. Não dominamos o mercado de games com a linha Quadro. No entanto, temos 85% do mercado de aplicações profissionais, incluindo desenvolvimento, big data, ciência, petróleo, finanças, manufatura, mídia, visualização e mobile”, explicou o gerente de desenvolvimento da NVIDIA. Dessa forma, a empresa não estaria buscando apenas entregar o melhor processamento gráfico, mas o mais adequado ao uso.

Uma Quadro K6000, top de linha, somados a dois Tesla K40 conseguem renderizar com alta qualidade os software que detectam movimento, como aqueles utilizados em franquias cinematográficas, como Star Wars e O Senhor dos Anéis. “Aqui no Brasil, bons usos de placas gráficas incluíram as simulações digitais de jogadores na Copa do Mundo, inclusive na mesa tática da TV Globo”, afirmou Marcio Aguiar.

Aguiar afirmou ainda que a NVIDIA tem muitas parcerias com universidades brasileiras no desenvolvimento de pesquisas. “Negociamos 64 placas Grid para digitalizar setores da USP. Temos também parcerias com o Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) para projetos da Embraer, além de iniciativas com a PUC alinhadas com a Petrobras”, completa.

Mais do TechTudo