Por Da Redação; Para O TechTudo


Xbox One e PlayStation 4 chegaram no final do ano passado, e são constantemente alvo de comparações entre os fãs de games dispostos a investir em um dos aparelhos. Um dos fatores mais importantes é o controle, que pode agradar e desagradar diversos jogadores com suas particularidades. Ainda não decidiu qual o seu favorito? Confira o nosso comparativo e tire suas dúvidas.

Leia as análises completas de Playstation 4 e Xbox One

Controle do Xbox On X DualShock 4: confira o comparativo (Foto: Reprodução/Débora Magri) (Foto: Controle do Xbox On X DualShock 4: confira o comparativo (Foto: Reprodução/Débora Magri)) — Foto: TechTudo

Formato e design

O formato é um dos quesitos mais básicos de um controle. Ele é responsável pelo conforto e pegada do joystick durante longos períodos, e pode ser um fator decisivo na hora de escolher qual o seu modelo favorito.

Segundo a própria Microsoft, o controle do Xbox One é uma evolução natural da versão do Xbox 360, considerada por muitos um dos melhores controles dos últimos tempos. O controle tem basicamente o mesmo formato e tamanho, com pequenas mudanças, como a ausência da tampa de baterias saltada e dos parafusos expostos.

No design, a única alteração importante foi o botão central, que agora é inteiramente prateado, e iluminado por uma luz branca quando ligado. O controle não chega a ser feio, mas certamente não tem muitos atrativos, sendo um tanto discreto.

Luz traseira do DualShock 4 será usado para o sistema de realidade virtual do PS4. (Foto: Luciana Maline/ TechTudo) (Foto: Luz traseira do DualShock 4 será usado para o sistema de realidade virtual do PS4. (Foto: Luciana Maline/ TechTudo)) — Foto: TechTudo

Com o DualShock 4, a Sony promoveu a primeira mudança radical no controle de seu console, desde o lançamento do primeiro DualShock (com alavancas analógicas), em 1997. O controle abandona os traços clássicos do antecessor para apostar em manoplas maiores e mais confortáveis. O formato também é mais largo, favorecendo mãos maiores.

Depois do tapa no visual, o DualShock 4 ficou mais bonito, e chama bastante atenção. Tanto o painel central quanto a barra luminosa adicionam elementos diferentes, que dão um aspecto "modernoso" ao joystick.

Novidades

Muito além só do visual, os controles precisam de novidades. Entre sensores de movimento, painéis de toque e novas saídas para acessórios, as versões atuais estão bem servidas.

No lado do Xbox One, as novidades são mais discretas. O grande destaque fica para o sistema de feedback dedicado dos gatilhos, que permite que os jogadores sintam impactos em lados diferentes do controle. O joystick também ganhou um sensor de movimentos, que não estava presente na versão do 360.

Touchpad é novidade no DualShock 4 (Foto: Reprodução/Débora Magri) (Foto: (Foto: Reprodução/Débora Magri)) — Foto: TechTudo

No controle do PS4 as mudanças são mais notáveis, começando pelo touchpad localizado bem no centro do controle, que pode ser usado como um botão, ou uma espécie de mouse.

Na parte superior, a até então meramente estética barra luminosa foi identificada como um suporte ao futuro óculos de realidade virtual da Sony. O controle ainda conta com um pequeno alto-falante, que permite a execução de alguns sons pelo controle.

Botões

Quando o assunto são os botões, as mudanças são cada vez menores. A fórmula estabelecida dos controles continua basicamente a mesma, apenas com algumas melhorias. Em ambos, a troca dos botões Start e Select não passou de uma alteração de nomes.

No Xbox One, os botões de ação continuam praticamente os mesmos, um pouco mais baixos, mas muito parecidos com os do 360. A grande alteração da face do controle ficou no direcional digital, que foi inteiramente remodelado, ficando muito mais preciso e fácil de acessar.

Papel de Parede Xbox one (Foto: Divulgação) — Foto: TechTudo

Para os botões superiores, uma surpresa ruim, os novos LB e RB, que estão menos precisos do que antes. Os gatilhos com vibração, por outro lado, fazem bonito e adicionam ainda mais sensibilidade.

No DualShock 4 a história não é muito diferente. Apesar das mudanças radicais no visual do controle, os botões mantém a alma da versão anterior. Botões de ação como bola e triângulo parecem exatamente os mesmos, e não fazem feio.

Nos botões superiores, algumas boas mudanças. Os clássicos L1 e R1 parecem mais saltados e fáceis de pressionar. Destaque para a mudança nos gatilhos L2 e R2, que agora são côncavos e muito mais precisos.

Gatilhos foram um dos principais alvos das mudanças (Foto: (Foto: Reprodução/Débora Magri)) — Foto: TechTudo

Analógicos

As alavancas analógicas dos controles são pivôs de diversas polêmicas entre os fãs, e também receberam atenção especial nas versões do One e PS4.

No controle do Xbox, os analógicos ficaram um pouco mais altos, e com as pontas menores. Isso ajuda muito na hora de controlar as alavancas em jogos que requerem muita precisão, como shooters. O material também parece mais resistente, com uma cobertura de borracha que evita que os dedos escorreguem durante as partidas.

Para o DualShock 4, a Sony tentou modernizar as alavancas, muito criticadas no PS3. As pontas adotaram o formato côncavo, que garante um encaixe melhor dos dedos. Os analógicos também são mais firmes, facilitando o manuseio em jogos mais sensíveis.

Xbox One (Foto: Matheus Vasconcellos/ TechTudo) — Foto: TechTudo

A durabilidade, entretanto, vem causando problemas para alguns jogadores, que sofrem com rachaduras no topo das alavancas, que terminam soltando fragmentos da borracha, e deixando o uso comprometido, além do visual desagradável.

Alimentação

Assim como na geração anterior, os atuais controles são conectados aos consoles sem a necessidade de fios. Isso requer uma fonte de energia, seja ela uma bateria interna ou a necessidade de pilhas avulsas.

Desde o seu anúncio, o controle do Xbox One gerou algumas reclamações, devido à necessidade de pilhas para funcionar. A alimentação, considerada por muitos antiquada, rende gastos adicionais e certamente não é tão prática quanto uma bateria interna.

Controle do Xbox One continua alimentado por pilhas (Foto: (Foto: Reprodução/Débora Magri)) — Foto: TechTudo

O controle ainda pode ser conectado ao console diretamente por um cabo Micro USB (não incluso), e usado como um verdadeiro controle com fio, inclusive com menos delay entre os comandos

No DualShock 4 a bateria integrada está de volta, e pode ser carregada facilmente por um cabo incluso no pacote. O controle não oferece qualquer compatibilidade com pilhas.

Ele também pode ser usado ligado diretamente ao console por um cabo (o mesmo usado para a recarga) e utilizado enquanto é carregado. Também dá para ligá-lo a uma fonte USB qualquer para uma carga rápida.

Como usar o controle do PS4 no Mac via bluetooth (Foto: Reprodução/Débora Magri) (Foto: Como usar o controle do PS4 no Mac via bluetooth (Foto: Reprodução/Débora Magri)) — Foto: TechTudo

Duração das baterias

Independentemente da fonte de energia usada, é importante que os controles mantenham-se ligados por muito tempo, sem a necessidade de constantes recargas ou trocas de pilhas.

No Xbox One, mesmo com o incômodo uso de pilhas, a duração da bateria é bastante satisfatória, podendo alcançar com facilidade a casa das vinte horas. Para isso, é importante optar por pilhas de qualidade.

No PS4 a duração também é decente, mas não costuma passar das dez horas, com as configurações de fábrica. Ainda é possível diminuir a intensidade da barra luminosa do topo e desligar funções como vibração para melhorar o desempenho.

Controles podem ser usados ligados por um cabo Micro USB (Foto: Reprodução/Débora Magri) — Foto: TechTudo

Preço

Tanto Xbox One quanto PS4 vêm acompanhados de apenas um controle cada um. Assim, é praticamente obrigatória a compra de uma segunda unidade, para possibilitar partidas com amigos.

O controle do Xbox One pode ser encontrado a partir de R$ 179 em grandes lojas de varejo, podendo chegar a quase R$ 370 em uma versão especial dedicada ao FPS Titanfall.

O DualShock 4 é mais caro, gravitando sempre acima dos R$ 200 nas mesmas lojas. A versão branca costuma sair por R$ 269.

Já se decidiu entre Xbox One ou Playstation 4? Opine no Fórum do TechTudo.

Mais do TechTudo