Por Da Redação; Para O TechTudo


O Alvanista é uma rede social brasileira para quem ama videogames e quer espalhar isso para o mundo. Criada por um grupo de amigos de Fortaleza, Ceará, o site funciona como uma “central gamer” completa, com direito a lista de amigos, sistema de blogs, troca de mensagens e até mesmo com ranking de troféus ou conquistas, que pode ser conectado à sua conta da PSN, Xbox Live, Steam ou semelhantes.

Alvanista é uma rede social para jogadores de todos os tipos (Foto: Reprodução/Felipe Vinha) — Foto: TechTudo

Com interface amigável e visual simples, o Alvanista tenta cativar seu visitante pela praticidade e pelo seu sistema direto ao ponto. Segundo os criadores, o site foi criado a partir do amor aos games que a equipe envolvida na produção tem, além de outros fatores e demandas que os levaram à sua elaboração.

Segundo Bruno Cavalcante, cofundador, o Alvanista também é interessante para “saber os jogos que meus amigos possuem, gostam ou querem”. “Foi com essa proposta que a Alvanista começou, em maio de 2012”, declarou o criador, em entrevista ao TechTudo. “De lá pra cá nós mudamos isso um pouco”, apontou, já que hoje o site é alimentado por instituição e também por jogadores, criando uma verdadeira rede social aberta.

O site tem interface fácil e direta ao ponto (Foto: Reprodução/Felipe Vinha) — Foto: TechTudo

O Alvanista ainda não tem, porém, um sistema dedicado à troca de jogos, mas isso é algo que pode ser feito por meio de mensagens entre os usuários. Além disso, o objetivo é manter o sistema amigável, também segundo Bruno Cavalcante. “Acredito que o Alvanista pode funcionar também como plataforma para facilitar isso – existem inclusive algumas personas (contas compartilhadas por vários usuários) dedicadas a facilitar isso. Queremos manter o Alvanista como algo amigável para a indústria e o os jogadores”, disse.

Para criar uma conexão ainda maior com a comunidade, a rede social possui ainda o sistema de personas, citado por Bruno, que são mais ou menos como grupos em comum entre os usuários. Além disso, há ainda algumas mascotes, até mesmo uma mascote oficial do site, a Lola, inspirada nas heroínas Lucca, de Chrono Trigger, e Samus, da série Metroid, como uma personagem feminina e forte, mas sem apelar para a sexualidade.

À esquerda: Rodolfo, Thiago, Bruno e Kim, a equipe do Alvanista (Foto: Divulgação) — Foto: TechTudo

Para o futuro, a equipe de criadores, composta ainda por Rodolfo Sikora (cofundador), Thiago Oliveira (desenvolvedor) e Kim Lima (desenvolvedor), quer ainda lançar o aplicativo oficial para dispositivos móveis e expandir a atuação do Alvanista a nível internacional.

Ainda que no exterior tenhamos ofertas semelhantes ao Alvanista, como é o caso do Raptr, Bruno e sua equipe pretendem oferecer algo diferenciado. “Queremos focar no sempre ótimo conteúdo gerado pelos usuários. Pensamos que, no atual estado da indústria, a situação clama por uma plataforma que possa dar voz aos jogadores também, e é isso o que queremos ser”, complementou. 

Você utiliza a rede Rapdr? Comente no Fórum do TechTudo.

Mais do TechTudo