Por Da Redação; Para O TechTudo


Battlefield, Call of Duty, Wolfenstein, The Order e muito mais. Os jogos de guerra, sejam em primeira ou terceira pessoa, futurista ou inspirado por acontecimentos históricos, ainda são os mais queridos pelos gamers. A biblioteca de jogos da nova geração de consoles já conta com bons shooters, mas os melhores ainda estão por vir. Confira agora o que você já pode jogar e também os futuros lançamentos de peso entre os games de guerra para Xbox One e PS4.
Confira o review completo de Destiny

Multiplayer de Call of Duty: Advanced Warfare promete muitas mudanças nos combates (Foto: Gematsu) (Foto: Multiplayer de Call of Duty: Advanced Warfare promete muitas mudanças nos combates (Foto: Gematsu)) — Foto: TechTudo

Destiny: a guerra espacial

É impossível não mencionar a palavra “Destiny“, já que o assunto trata de jogos de guerra da nova geração. Sim, nós sabemos que a jornada dos guardiões está longe de ser perfeita, mas temos que ressaltar: a Bungie acrescentou com maestria os melhores elementos do gênero MMO ao seu shooter futurista.

A possibilidade de explorar planetas ao lado dos amigos fez com que a criadora da série Halo conseguisse bater recordes de vendas e de número de jogadores ativos. A consagrada série está disponível para PlayStation 4, Xbox One, Xbox 360PlayStation 3.
Destiny (Foto: Divulgação)

Battlefield 4: a guerra na China

Tiros pipocando por todos os lados e veículos terrestres, aquáticos e aéreos circulando pelos imensos cenários para intensificar o caos: este é Battlefield 4. Produzido pela DICE e publicado pela Electronic Arts, o sucessor de BF3 conseguiu atingir um público ainda maior, graças aos atraentes cenários destrutíveis e, é claro,  ao seu visual surpreendente, digno de nova geração.

BF4 é um título obrigatório para quem gosta de se aventurar em batalhas insanas contra outros jogadores. O game tem versões para PlayStation 4, Xbox One e PC, além de edições inferiores para os consoles da sétima geração.
Battlefield 4 (Foto: Divulgação)

Call of Duty Ghosts: a guerra 'pós-apocalíptica'

Entre todos os CoDs, talvez Ghosts tenha sido o que mais dividiu opiniões. Se por um lado os jogadores defenderam com unhas e dentes a empreitada da Infinity Ward, por outro, os fãs simplesmente apedrejaram a franquia por ter adotado um tom futurista, no qual o principal antagonista é um traidor.

Independente das críticas negativas, a verdade é que  Ghosts foi uma verdadeira máquina de fazer dinheiro, se tornando um dos games mais rentáveis de 2013. O que se vê em CoD: Ghosts é uma experiência clássica de tiro em primeira pessoa, com um leve toque pós-apocalíptico. Você pode encontrá-lo neste exato momento no PlayStation 4, Xbox One, PC, Xbox 360PlayStation 3 e Wii U.
Call of Duty: Ghosts (Foto: Divulgação)

Wolfenstein The New Order: a guerra contra o nazismo

Wolfenstein: The New Order é sem dúvida o jogo mais sanguinário de nossa lista. Aqui, novamente você tem a oportunidade de sentar a bala em nazistas, juntamente com B.J Blazkowicz, o conturbado protagonista que apareceu pela primeira vez em Wolfenstein 3D, lançado em 1992.

A Bethesda Softworks conseguiu transmitir com perfeição o ódio que o personagem sente pelos nazistas que tanto o torturaram. Facadas no pescoço e cabeças saltando de corpos são as marcas registradas da série. The New Order foi lançado em maio deste ano para PlayStation 4, Xbox One, PC, Xbox 360PlayStation 3.
Wolfenstein: The New Order (Foto: Divulgação)

Killzone Shadow Fall: a guerra competitiva

Killzone: Shadow Fall foi um dos games que debutou no PlayStation 4 e, por isso, acabou sendo rotulado como o primeiro jogo “verdadeiramente next-gen”. Afinal, a qualidade gráfica de cair o queixo transformou a plataforma da Sony no console número um dos fãs de jogos de tiro.

Com exceção da movimentação limitada do protagonista, Shadow Fall é capaz de proporcionar bons momentos no decorrer de sua campanha relativamente longa. O multiplayer competitivo e dependente de estratégias também não deixa muito a desejar.
Killzone: Shadow Fall (Foto: Divulgação)

Call of Duty Advanced Warfare: a guerra futurista

Advanced Warfare é o mais novo jogo da icônica franquia Call of Duty, que começou a brilhar no mercado no longínquo ano de 2003. Naquela época, os desenvolvedores almejavam combates intensos baseados na Segunda Guerra Mundial.

Onze anos depois, o novo CoD desenvolvido pela SledgeHammer Games chega com a árdua tarefa de trazer novos ares, afinal, de certo modo, a franquia se encontra estagnada. Com a saga Modern Warfare praticamente enterrada, a solução dos desenvolvedores foi trazer a ”Era Advanced”, que vai oferecer uma movimentação totalmente reformulada, graças aos insólitos equipamentos tecnológicos, como exoesqueletos customizáveis, drones e armas laser.

Não podemos esquecer que a campanha também irá contar com Kevin Spacey, um dos maiores astros hollywoodianos. Call of Duty: Advanced Warfare será lançado oficialmente para PlayStation 4, Xbox OnePlayStation 3, Xbox 360 e PC no dia 4 de novembro.
Call of Duty: Advanced Warfare (Foto: Divulgação)

Halo The Master Chief Collection: a guerra clássica

É como dizem por aí: “para deixar um jogador de Xbox satisfeito, basta lançar um novo Halo”. Pois é, a Microsoft resolveu atender aos pedidos dos fãs e, durante a E3 2014, anunciou um pacotão intitulado de Halo: The Master Chief Collection, que contará com Halo: Combat Evolved, Halo 2, Halo 3 e Halo 4.

A coletânea trará todos os títulos remasterizados e o jogador ainda poderá comparar as antigas versões com os novos trabalhos, tudo através do botão “Back”. A promessa é de que todo conteúdo rode em lisos 1080p e 60 fps.

A caprichadíssima compilação da 343 Industries está prevista para o dia 11 de novembro e chegará exclusivamente ao Xbox One.
Halo: The Master Chief Collection (Foto: Divulgação)Battlefield Hardline: a guerra urbana

Durante a E3 2014, a EA resolveu surpreender a todos com o anúncio de Battlefield: Hardline. A razão da surpresa? Bom, digamos que a guerra urbana entre bandidos e policiais não era o que os assíduos fãs esperavam.
Mesmo assim, Hardline é uma aposta de peso da Visceral Games, visto que sua temática mais realista deve atrair um novo nicho de jogadores. Após o título ter sido adiado pela Electronic Arts, ele foi recentemente confirmado para o dia 17 de março de 2015, com versões para PlayStation 4PlayStation 3, Xbox 360, Xbox One e, é claro, PC.
Battlefield: Hardline (Foto: Divulgação)

The Order 1886: a guerra mística

Se pararmos para analisar todos os vídeos que vazaram de The Order: 1886 até o momento, podemos constatar facilmente que o game se esforça muito mais para oferecer uma experiência cinematográfica do que uma simples guerra inspirada na era vitoriana.

Os gameplays já expuseram que a nova aposta da Sony é em terceira pessoa, lembrando bastante a mecânica “cover and shoot” de Gears of War. The Order: 1886 já vem sendo um dos títulos mais aguardados de 2015 e está previsto para chegar somente ao PlayStation 4 no dia 20 de fevereiro.

The Order: 1886 (Foto: Divulgação) (Foto: The Order: 1886 (Foto: Divulgação)) — Foto: TechTudo

Homefront The Revolution: a guerra em mundo aberto

Tudo bem que a franquia Homefront nunca conseguiu agradar a gregos e troianos. Além disso, o primeiro game não obteve um bom desempenho no mercado. Homefront: The Revolution agora está nas mãos da Deep Silver e deverá trazer uma aventura em mundo aberto, com ambientes imersivos e totalmente exploráveis. As mudanças foram feitas para apagar de vez o seu passado não tão glorioso. 

A trama vai envolver uma guerra futurista entre Estados Unidos e Coreia da Norte e será uma sequência praticamente direta da primeira aventura. O melhor de tudo é que Revolution está sendo concebido para a nova geração, ou seja, o visual certamente será um dos pontos fortes do novíssimo shooter em primeira pessoa. O título está previsto para 2015 e deverá aparecer somente no PlayStation 4, Xbox One e PC.
Homefront: The Revolution (Foto: Divulgação)Quem tem os melhores exclusivos: PS4 ou Xbox One? Opine no Fórum do TechTudo!

Mais do TechTudo