Publicidade

Por Da Redação; Para O TechTudo


O Galaxy Note Edge e sua atraente tela curva devem chegar ao mercado norte-americano no dia 14 de novembro. O preço, no entanto, não deve conquistar multidões: quem desejar comprar o aparelho desvinculado de planos de operadoras, pagará US$ 945, equivalente a R$ 2.362 numa conversão direta do dólar para o real.

Galaxy Note Edge 04 (Foto: Fabricio Vitorino/TechTudo) — Foto: TechTudo

Entre a Apple e a Samsung, qual é a melhor? Comente no Fórum do TechTudo

A promessa de que o aparelho seja produzido em um volume limitado pode ser uma explicação para o preço tão alto. Para dar uma perspectiva desse valor, no mercado norte-americano, com um punhado de dólares a mais, você pode comprar uma versão básica do MacBook Pro, por US$ 1.099, na loja virtual da Apple.

Embora custe quase o mesmo que um MacBook Pro, o Galaxy Note Edge tem preço compatível com aquele que deve ser um de seus grandes rivais: o iPhone 6 Plus. Adquirir o aparelho da Apple sem vínculos com planos de operadoras pode custar até US$ 950 por lá.

Quem decidir investir quase US$ 1.000 no dispositivo terá em mãos um aparelho cheio de tecnologia, além da novidade da tela curva, que promete mais facilidade de uso ao se comportar como uma espécie de segunda tela. A resolução é de 2560×1440 pixels, mais 160 na área curva da tela, dispostos em 5,6 polegadas. O aparelho dispõe de câmera de 16 megapixels. Se você está interessado no aparelho, e sonha com uma versão brasileira do Note Edge, é bom preparar o bolso.

Mais do TechTudo