Publicidade

Por Da Redação; Para O TechTudo


A Samsung anunciou o Gear 2 e o Gear S com apenas seis meses de intervalo entre um relógio e outro. Será que este tempo foi o bastante para modificar muita coisa na linha de smartwatches da empresa? O TechTudo fez um comparativo, identificando quais são as semelhanças e diferenças dos aparelhos.

O que esperar dos smartwatches? Confira no Fórum do TechTudo

Sistema operacional

Ambos os aparelhos utilizam a plataforma Tizen, da própria Samsung, e com isso, têm os comandos de voz feitos pelo auxiliar S-Voice. Além disso, têm o mesmo sistema de notificações. Portanto, pelo menos neste quesito, não há diferença nenhuma.

Dimensões

O Gear S mede 58 x 40 x 12,5 mm e pesa 67 g, um pouquinho mais robusto do que seu antecessor, o Gear 2, que tem 58 x 37 x 10 mm e 68 g. A diferença não chega a ser tão grande, mas existe.

Design

A questão de design é bem relativa, mas o Gear 2 parece mais um smartwatch do que o Gear S. Isso porque tem um visual mais moderno, tanto na parte externa como em seus detalhes de interface, que lembram um relógio digital. O Gear S tem ponteiros e o visual mais clássico.

Ambos têm pulseiras removíveis e os botões “home” posicionados logo abaixo de suas respectivas telas. O Gear S está disponível em apenas duas cores, preto e branco, e o Gear 2, por sua vez, pode ser comprado em preto, dourado ou laranja. É um modelo de aparência mais jovem.

Desempenho

As características básicas dos dois são idênticas: 300 mAh de bateria, conexão com os celulares Samsung via Bluetooth, resistência à água por 30 minutos com até 1 m de profundidade, processador dual-core de 1,5 GHz, 512 MB de RAM, e 4 GB de espaço de armazenamento de arquivos.

Mas há algumas diferenças: o S tem entrada para chip de dados, GPS integrado e pode ser usado um teclado embutido na sua tela. Já o Gear 2 conta com infravermelho, pode ser usado como controle remoto, por exemplo. Ambos têm funções fitness e monitoram batimentos cardíacos.

Display

O display sempre ligado, curvado, de 2 polegadas, com resolução 480 x 360 (300 ppi) do Gear S é um dos melhores que a Samsung já fez nos seus relógios. Por isso, supera os
320 x 320 (278 ppi) do display reto de somente 1,63 polegada do Gear 2. Esta é uma das grandes evoluções de um modelo para o outro.

Câmera

O Gear S não tem câmera, mesmo tendo sido lançado depois do Gear 2, o que é um ponto curioso. Ou a Samsung acha que não é mais necessário tirar fotos com o seu relógio, ou a abordagem mais clássica do S chegou a um ponto extremo. A câmera do Gear 2 não é lá tão potente, com seus 2 megapixels de resolução, mas, pelo menos, existe.

Preço e disponibilidade

O Gear S ainda não está disponível oficialmente no Brasil, enquanto o Gear 2 pode ser encontrado em várias lojas, por preços que giram em torno de R$ 1,1 mil. Quando o Gear S chegar, o valor deve ser até maior do que isso.

Conclusão

Um modelo tem aspecto mais moderno, outro é mais clássico. No entanto, o hardware é basicamente o mesmo. As diferenças são a câmera, presente só no Gear 2, dimensões, menores no Gear 2, tela, superior no Gear S, e preço e disponibilidade, com vantagem a favor do Gear 2.

Por isso, somando tudo isso, identifica-se que o Gear 2 é o melhor dos relógios. Porém, isso não quer dizer muita coisa. Afinal, além de desempenho e compatibilidade, o que é diferencial num smartwatch também é seu visual, porque o usuário vai vesti-lo durante o dia inteiro. 

Sendo assim, o que mais pesa na decisão é o estilo. A partir daí, sim, é possível fazer sua escolha. Até porque, em sua performance, as diferenças nem são tão grandes.

Mais do TechTudo