Por Da Redação; Para O TechTudo


O PlayStation 4 está completando o seu primeiro ano de vida após o seu lançamento em 15 de novembro de 2013. O console da Sony iniciou a geração com uma grande vantagem em relação ao seu concorrente direto, o Xbox One, e consagrou-se como o mais vendido em praticamente todos os meses de 2014 com grandes jogos. Confira um pouco mais sobre a trajetória inicial do PS4.

PlayStation 4 completa seu primeiro ano com muito estilo; confira a trajetória do console (Foto: IGN) — Foto: TechTudo

Vantagem na largada

A Sony conseguiu posicionar o PlayStation 4 muito bem em relação ao Xbox One no seu lançamento, aproveitando-se de várias falhas da concorrente Microsoft. Inicialmente, o Xbox One limitaria o uso dos jogos a apenas um console, tornava o uso do Kinect obrigatório e isso encarecia o produto em mais US$ 100 (por volta de R$ 250).

Com o anúncio de que o PlayStation 4 não teria qualquer limitação sobre os jogos, não forçaria o uso de controles de movimento e ainda chegaria ao mercado mais barato, o console conseguiu se projetar utilizando o vácuo deixado pelo concorrente e disparou na frente em seu primeiro ano.

PlayStation 4 disparou na frente do Xbox One mas a diferença vem se fechando (Foto: Gizmodo) — Foto: TechTudo

Atualmente o PlayStation 4 já vendeu mais de 10 milhões de unidades, e segundo a Sony, 13 milhões já foram enviadas para as lojas. O Xbox One vem botando força para fechar essa vantagem, chegando a mais de 8 milhões de unidades vendidas. Havia uma antiga superstição na indústria de jogos que dizia que o primeiro a chegar a 10 milhões seria o vencedor e aparentemente ela será testada nessa geração.

Jogos exclusivos

Um dos temas mais recorrentes na briga de consoles esse ano foi o clamor por títulos exclusivos. Isso aconteceu principalmente porque muitos dos jogos esperados para 2014 no PlayStation 4 acabaram sendo empurrados para 2015, deixando o videogame com um certo vazio de lançamentos.

Ainda assim, no lançamento do console jogadores tiveram a oportunidade de experimentar Killzone: Shadow Fall, o qual mais tarde recebeu muitos extras por DLC, como uma campanha multiplayer cooperativa. Para os pequenos havia Knack, que ficou abaixo das expectativas, mas em breve poderão dar preferência a LittleBigPlanet 3.

Infamous: Second Son trouxe o charme da série recheado com novidades (Foto: IGN) — Foto: TechTudo

Um dos melhores exclusivos do ano foi Infamous: Second Son, que trouxe a série de mundo aberto para a nova geração com uma proposta mais versátil, trazendo vários super poderes. O título ganhou ainda uma expansão independente, Infamous: First Light, que não precisa do original para ser jogada.

Driveclub trouxe boas corridas com belos gráficos, mas acabou demorando demais para dar as caras. O título era esperado para o lançamento do PlayStation 4 e deveria inaugurar também a PlayStation Plus no console. Quase um ano depois ele deixou um pouco a desejar e a versão para assinantes PS Plus ainda nem está a vista.

Porém, provavelmente a maior surpresa ficou por conta da demo P.T., lançada de surpresa no console. O inesperado jogo de terror com gráficos assustadoramente reais e reviravoltas bizarras apareceu de repente, sem ninguém saber o que era, para só então ser revelado como um teaser jogável de um novo Silent Hill.

P.T. assustou e surpreendeu ao se revelar como um teaser de Silent Hill (Foto: Silent Hill Wiki) — Foto: TechTudo

2015 parece mais promissor para o PlayStation 4, com a chegada do jogo de tiro The Order 1886 logo no início do ano, o lançamento de Bloodborne, um título dos mesmos criadores da série Dark Souls, as dobraduras e artes de Tearaway Unfolded e obviamente o aguardadíssimo Uncharted 4: A Thief’s End.

Jogos multiplataforma

Um fator no qual o console da Sony também se destacou esse ano foi nos jogos multiplataforma de empresas terceirizadas. A escolha de usar uma memória RAM mais rápida para o PlayStation 4 o deixou na frente do Xbox One em performance, permitindo que muitos jogos rodassem em resoluções mais altas e fluíssem melhor.

O PlayStation 4 foi praticamente a casa de Destiny, novo jogo de tiro do estúdio responsável pela série Halo, que apagou as linhas que dividiam o multiplayer dos FPS com a interação dos MMO, criando algo realmente diferente e quem jogou no console da Sony teve acesso a vantagens exclusivas.

Far Cry 4 traz belos mundos abertos e uma rica fauna, completa com elefantes, tigres e mais (Foto: Divulgação) — Foto: TechTudo

Outro FPS que promete agradar bastante o público é Far Cry 4, trazendo um rico e belo mundo aberto para jogadores explorarem em Kyrat. Ainda da Ubisoft há o igualmente belo Assassin’s Creed: Unity, que apesar de alguns problemas no lançamento ainda impressiona pela sua recriação de Paris durante a Revolução Francesa.

Para fãs de terror os últimos meses também foram agitados, com a chegada de The Evil Within, novo título do criador da série Resident Evil que buscou resgatar a tensão do jogo original, e Alien: Isolation, baseado na clássica série de filmes, trazendo um alienígena invencível, do qual você pode apenas fugir e torcer para não ser encontrado enquanto se esconde.

Há ainda um novo título de corridas que promete compensar qualquer possível decepção com Driveclub. Trata-se de Project CARS, um jogo que está em desenvolvimento há muito tempo, com a ajuda de uma comunidade inteira de fãs, prometendo trazer um nível de detalhe gráfico nunca antes visto, confundindo-se com a própria realidade.

Project CARS promete trazer os gráficos mais realistas que já vimos em corridas (Foto: WCCFTech) — Foto: TechTudo

Para 2015 temos ainda algumas promessas como Batman: Arkham Knight, que sofreu um atraso esse ano, Dead Island 2 e Dying Light, dois jogos com apocalipses zumbis e mundos abertos para explorar, a intensa guerra de Metal Gear Solid 5: The Phantom Pain, os combates de Mortal Kombat X, a volta de Resident Evil: Revelations 2 sob um modelo episódico e a promessa de terror de Until Dawn.

Remasterizações

Com tantos jogos sendo atrasados para 2015, podemos dizer que o início da vida dos consoles da nova geração foi muito marcado pelas remasterizações da geração passada. Nem todas realmente valiam a pena ser jogados de novo, mas se você nunca os jogou antes, sem dúvida a melhor maneira de fazê-lo era no PlayStation 4 ou Xbox One com gráficos melhorados.

Títulos como The Last of Us Remastered, exclusivo do PlayStation 4, ficaram muito mais bonitos e detalhados no console da Sony. Era incrível ver como Tomb Raider: Definitive Edition conseguia aumentar a imersão com o novo visual, enquanto outros como Sleeping Dogs: Definitive Edition aproveitavam para trazer todos os extras que antes eram DLC como parte integral do pacote.

Modo FPS em primeira pessoa de GTA 5 promete mudar a experiência do jogo (Foto: Divulgação) — Foto: TechTudo

O destaque porém fica por conta de um dos melhores títulos da geração passada: Grand Theft Auto 5. Além de trazer gráficos melhorados, aumentar a quantidade de pessoas na cidade de Los Santos deixando-a mais viva, GTA 5 ainda fez questão de trazer um novo modo FPS em primeira pessoa que altera completamente a experiência de uma forma inédita na série.

Jogos independentes

Houve um esforço considerável da Sony com o PlayStation 4 e o PS Vita em torná-los plataformas amigáveis aos desenvolvedores independentes. Isso vem se pagando com muitos títulos de qualidade sendo desenvolvidos e lançados para suas plataformas, mesmo sem grandes valores de produção por trás.

Muitos jogos que já eram populares nos PCs, como Octodad: Dadliest Catch e Surgeon Simulator, vieram fazer sucesso também no videogame da Sony. Uniram-se a eles nomes de peso no cenário indie, como Minecraft, The Binding of Isaac: Rebirth, Rogue Legacy, Spelunky, Transistor, Hotline Miami 2: Wrong Number, entre outros.

No Mans Sky promete trazer um universo gigantesco no PlayStation 4 (Foto: Divulgação) — Foto: TechTudo

Para 2015 há títulos ainda mais impressionantes, como No Man’s Sky que promete trazer um universo tão gigantesco que nem seria possível explorá-lo por completo, e até mesmo o jogo brasileiro Chroma Squad, que faz uma paródia com os clássicos seriados de super heróis japoneses.

PlayStation Plus

O PlayStation 4 impulsionou um crescimento de 270% nas assinaturas do serviço PS Plus, totalizando quase 8 milhões de usuários atualmente. Além de dar acesso ao multiplayer online dos títulos, a PS Plus também garante vários jogos gratuitos aos usuários todos os meses.

Durante o ano de 2014 a maior reclamação dos assinantes é que apenas jogos independentes eram dados para o PlayStation 4. Porém, já em dezembro o console irá receber seu primeiro título de grande porte com a chegada do jogo de luta Injustice: Gods Among Us.

Qual o melhor: PlayStation 4, Xbox One ou Wii U? Comente no Fórum do Techtudo!

Mais do TechTudo