Publicidade

Por Da Redação; Para O TechTudo


A sul-coreana Samsung se prepara para lançar uma linha de displays flexíveis, que poderão ser utilizados em várias linhas de produtos móveis da companhia. Os produtos vão desde smartphones até aparelhos vestíveis. Lee Chang-hoon, um dos executivos da marca, declarou durante um fórum de investidores que no fim de 2015 a empresa terá capacidade de produzir entre 30 e 40 mil telas flexíveis desse tipo por mês.

Na imagem, protótipos da placa de circuitos que pode ser dobrada (Foto: Reprodução/SlashGear) — Foto: TechTudo

A tendência segue a boa receptividade que o Galaxy Note Edge teve no mercado. O dispositivo é o primeiro da Samsung a contar com uma tela que, embora ainda não seja exatamente flexível, dobra-se em volta do aparelho. No cronograma de lançamentos futuro, a empresa cogita novos aparelhos que usem esse conceito e expandam a ideia.

A capacidade de dobrar o display obriga que o dispositivo tenha uma estrutura diferente da convencional. Não adianta poder dobrar a tela se a carcaça e a placa de circuitos eletrônicos do aparelho não puder ser torcida.

Há informações de que subsidiárias da Samsung trabalham em placas que cumprem essa função. Entre os principais usos dessa tecnologia, há a perspectiva de que esse tipo de placa acabe tornando realidade o concorrente do Google Glass que a empresa asiática estaria desenvolvendo há algum tempo. Na linha dessas informações, há rumores que o óculos de realidade aumentada da Samsung seja apresentado em março de 2015, rodando o Tizen.

Outra aplicação bastante interessante do circuito dobrável seria a confecção de smartwatches e uma série de outros dispositivos vestíveis mais compactos e confortáveis de se usar.

Mais do TechTudo