Por Da Redação; Para O TechTudo


Ao tentar resolver problemas no seu computador, ou instalar novos componentes, você já deve ter ouvido falar em “acessar a BIOS”, ou acessar o setup. Nesse caso, o setup é a interface gráfica pela qual um usuário pode acessar recursos que estão disponíveis na BIOS do computador; entenda melhor.

Para que serve?

Você pode usar o setup para escolher a ordem de inicialização, caso queira que seu computador dê boot por um dispositivo USB, ou DVD, por exemplo (Foto: Reprodução/Computer Hardware Explained) — Foto: TechTudo

Basicamente, o setup é um sistema operacional bem rudimentar, responsável por colocar o computador em funcionamento assim que você liga a máquina. É esse sistema que confere os dispositivos instalados para saber se há memória no PC, se o processador está sendo mantido em temperaturas seguras, se os discos rígidos estão funcionando e prontos para carregar o sistema operacional.

Dentro desse sistema, o usuário tem acesso a recursos mais avançados do funcionamento do computador. É possível, por exemplo, realizar procedimentos de overclock, em que a máquina é acelerada para funcionar além das velocidades padrões. Ou configurar RAID para compartilhamento de discos rígidos, alterar data do sistema e configurar a ordem de boot (inicialização) do sistema.

Tipos de setup

Até poucos anos atrás, toda vez que você acessava o setup da BIOS do computador era recebido por uma interface muito simples, em tela azul e que admitia apenas navegação pelo teclado. Isso acontecia porque chips que abrigavam os setups tinham pouco espaço para que o sistema fosse melhor resolvido.

Exemplo de setup de uma BIOS UEFI da Gigabyte apresenta uma interface mais extravagante (Foto: Reprodução/TechPowerUp) — Foto: TechTudo

Atualmente, muitos computadores saem de fábrica com um novo tipo de BIOS, a UEFI. Nesse modelo, há possibilidade de interfaces gráficas mais navegáveis, que chegam a admitir navegação com mouse e tela de sensível ao toque.

O setup pode ser atualizado?

Como o sistema que habita a BIOS é responsável por monitorar o funcionamento do computador, os fabricantes costumam lançar de tempos em tempos atualizações de BIOS que aprimoram o funcionamento do sistema, corrigem bugs, ou adicionam suporte a novos dispositivos, como placas de vídeo, memórias e até processadores.

BIOS da Asus traz informações sobre o computador, possibilidade de configurar economia de energia, além de vários recursos (Foto: Reprodução/PCWorld) — Foto: TechTudo

Atualizar a BIOS é sempre uma medida bem vinda, mas requer muita atenção. Cada fabricante de notebook (em desktops, o responsável pela BIOS é o fabricante da placa-mãe) lança plataformas de atualização do setup específicas.

Para atualizar a sua, certifique-se de ler com muita atenção o procedimento. Uma queda de energia ou uma atualização interrompida pode simplesmente destruir a BIOS: o computador não será mais capaz de inicializar o sistema operacional e a única solução é trocar toda a placa-mãe.

Como acesso o setup do meu computador?

Via de regra, você só pode ter acesso à BIOS no processo de inicialização, naquelas primeiras telas que seu computador exibe quando você o liga. O processo de acesso ao setup varia de fabricante a fabricante, mas a grande maioria costuma usar a tecla delete para entrar. Basta pressioná-la na primeira tela que seu computador exibe para entrar no sistema. É comum, também, o uso das teclas F11 e F12 em notebooks.

Mais do TechTudo