Publicidade

Por Da Redação; Para O TechTudo


LG Spirit e LG Magna são os nomes "gringos" dos novos smartphones Android demonstrados no MWC 2015. Em terras brasileiras, eles respondem pelos nomes de Volt e Prime Plus, respectivamente, e se encaixam na categoria de smartphones intermediários, competindo com gigantes como o novo Moto G e o Zenfone 5. Vimos as novidades de perto e contamos agora as primeiras impressões dos novos LGs.

Por dentro, os dois são praticamente idênticos. Carregam o mesmo processador quad-core de 1,2 GHz e 1 GB de RAM, que fazem com que eles rodem o Android 5.0 (Lollipop) sem grandes esforços. Também idêntica é a memória interna, para armazenamento de arquivos e instalação de aplicativos, que é de 8 GB. 

As semelhanças não param por aí: ambos são compatíveis com a rede 4G e tem câmeras com as mesmas especificações. A traseira conta com sensor de 8 megapixels e tirou fotografias medianas em ambiente interno, enquanto a frontal tem sensor de 5 megapixels.

A grande diferença está por fora, mas não pode ser identificada de longe. O LG Prime Plus é o mais "top" entre os dois e conta com uma sutil curvatura na tela, mais ou menos como seu irmão superpotente LG G Flex 2, mas numa versão quase imperceptível para olhos menos atentos. A tela e o corpo curvados fazem com que ele seja uma peça inédita na categoria e dão a ele uma pegada confortável e segura. 

O Volt, por outro lado, chegou "careta", com o mesmo visual dos celulares da LG dos últimos dois anos. Ele conta com uma traseira levemente abaloada, onde estão localizados todos os botões físicos, que são três. A pintura texturizada e metálica sobre o plástico o deixa com a cara do top LG G3, que usa da mesma estratégia para substituir o uso do metal na tampa traseira.

Em linhas gerais, ambos os smartphones são bonitos ao vivo. O Volt perde pontos pela falta de inovação se comparado com o Prime Plus, mas tem também uma construção justa para o preço de lançamento. 

Os smartphones chegam ao Brasil em abril deste ano. O LG Volt chega por R$ 799 e o Prime Plus por R$ 899.

Qual o produto mais esperado do MWC 2015? Opine no Fórum do TechTudo

Mais do TechTudo