Publicidade

Por Fonte; Para O TechTudo


Os jogos eletrônicos ocupam um lugar de destaque na indústria do entretenimento, com orçamentos de dar inveja a muitos filmes de Hollywood. Para se ter uma ideia, o game Destiny custou mais caro que “Piratas do Caribe: No Fim do Mundo”, filme de maior orçamento até então. Na lista, há mais títulos famosos como GTA 5, Crysis, The Elder Scrolls V: Skyrim, Call of Duty: Modern Warfare 2Metal Gear Solid 4: Guns of the Patriots e Tomb Raider. Veja os jogos que tiveram produção milionária, e também quais não renderam o esperado.

Lista reúne os jogos de maior orçamento da história (Foto: Montagem / Dario Coutinho) — Foto: TechTudo

Destiny (2014)

Destiny é um jogo de tiro em primeira pessoa criado pela Bungie, ex-produtores da série Halo. O estúdio recebeu um orçamento milionário e a Activision, publicadora do game, gastou mais de US$ 500 milhões, distribuídos entre desenvolvimento e anúncio.

Criadores de Halo gastaram meio bilhão para que Destiny fosse um sucesso (Foto: Divulgação) — Foto: TechTudo

O game foi lançado em setembro de 2014 e, ainda no mesmo ano, já havia recuperado todo o valor do investimento. Em janeiro de 2015, Destiny já conta com mais de 16 milhões de jogadores mensais.

GTA 5 (2013)

Em 2013, GTA V era um dos jogos em terceira pessoa mais aguardados do ano. O pacote de ação explosiva, que você podia fazer quase tudo, foi um dos maiores sucessos comerciais da história dos videogames. Em apenas 24 horas, as vendas de GTA V já contabilizavam US$ 800 milhões em faturamento.

GTA 5 ultrapassa as 50 milhões de unidades e se torna o 4º jogo mais vendido de todos os tempos (Foto: Reprodução/Eurogamer) — Foto: TechTudo

Surpreendentemente, GTA V não é o game mais caro da lista. Sua produção custou “apenas” US$ 265 milhões. Mas por se tratar de uma franquia consagrada entende-se o motivo de tanto sucesso.

Call of Duty: Modern Warfare 2 (2009)

Memorável entre os fãs de FPS, Call of Duty: Modern Warfare 2 é um dos melhores jogos de tiro da geração PlayStation 3 e Xbox 360. O título teve um orçamento de produção de US$ 50 milhões, mas o custo com marketing superou fácil essa marca, alcançando o valor de US$ 200 milhões.

Call of Duty: Modern Warfare 2 (Foto: Divulgação) — Foto: TechTudo

Com isso, fica evidente uma nova realidade no mundo dos games. Já não basta ter um orçamento milionários. Muitas vezes, as produtoras gastam mais na divulgação do jogo do que na sua produção.

Star Wars: The Old Republic (2011)

O primeiro filme de Star Wars, “Star Wars Episódio IV: Uma Nova Esperança”, lançado em 1977, teve o “simplório” orçamento de quase US$ 12 milhões. Star Wars: The Old Republic, game de MMORPG para PCs lançado pela Electronic Arts em 2011, supera facilmente o orçamento da obra a qual foi inspirado.

Jogo Star Wars: The Old Republic custou mais que o primeiro filme da franquia (Foto: Divulgação/EA) — Foto: TechTudo

Para que a “Velha República” ganhasse vida em um jogo fascinante, foram gastos entre US$ 150 a US$ 200 milhões. Mas o investimento saiu caro para a EA, que demorou para recuperar o que foi investido. Apenas em 2013 as vendas de itens dentro do título superaram o orçamento combinado entre produção e marketing.

Final Fantasy VII (1997)

Final Fantasy VII é um dos jogos mais memoráveis da franquia. A aventura de Cloud e seus amigos aborda temas polêmicos e de uma profundidade ímpar. Contudo, a produção seguiu o padrão “Fantasia Final”, no qual a Square Enix praticamente arriscou quase tudo em um único título.

Final Fantasy VII foi um dos jogos mais caros desenvolvidos pela Square Enix (Foto: Divulgação) — Foto: TechTudo

Hoje, gastar US$ 145 milhões no lançamento de um jogo parece algo corriqueiro, mas em 1997 era impensável. Na época foi uma das apostas mais arriscadas no mundo dos games. Porém, o investimento valeu a pena e rendeu um dos melhores RPGs de todos os tempos.

Shenmue II (2001)

Com um custo de US$ 132 milhões, Shenmue II foi lançado para Dreamcast e Xbox. Devido ao seu final, que possui um gancho para um novo episódio, muitos jogadores temeram não ver o final da história de Ryo Hazuki.

Shenmue II é um dos jogos mais caros feitos pela SEGA (Foto: Divulgação) — Foto: TechTudo

Shenmue é uma franquia de ação em terceira pessoa marcada não apenas pela inovação, mas também pelos orçamentos milionários. O terceiro jogo foi um sucesso no Kickstarter, site de financiamento coletivo. Mas Shenmue 3 alcançará o valor do orçamento do segundo game.

Max Payne 3 (2012)

A Rockstar é uma produtora que não revela muitos games, porém quando lança uma produção cinematográfica é praticamente certa. Max Payne 3 exemplifica essa certeza com o seu orçamento de US$ 102 milhões, sendo esse valor voltado quase totalmente para o seu desenvolvimento.

Max Payne 3 tem cara e orçamento de filme de ação hollywoodiano (Foto: Divulgação) — Foto: TechTudo

O lançamento do game estava previsto primeiro para 2009, mas a Rockstar resolveu trabalhar melhor a aventura do justiceiro que se passa no Brasil. A própria produtora não esconde a influência da cultura do nosso país. A polícia fictícia do game foi inspirada no filme Tropa de Elite.

GTA 4 (2008)

A sétima geração de consoles não poderia ter um início melhor com o lançamento de GTA IV. Embora não seja tão divertido e imaginativo como o quinto episódio, o título explorou como poucos o potencial do PlayStation 3 e Xbox 360.

GTA IV é um dos jogos mais vendidos de todos os tempos e custou apenas US$ 100 milhões (Foto: Divulgação) — Foto: TechTudo

Com toda a ansiedade dos jogadores pelo primeiro GTA da então “nova geração”, o orçamento do game girou em torno de US$ 100 milhões, uma quantia até modesta para os padrões da geração PS4 e Xbox One.

Too Human (2008)

Exclusivo do Xbox 360, Too Human foi um jogo com um orçamento considerável custando o mesmo valor de um “GTA 4”, ou seja, US$ 100 milhões. Porém, o game não foi muito bem recebido pela crítica e público.

Too Human custou caro e não foi um sucesso (Foto: Divulgação) — Foto: TechTudo

Com menos de um milhão de cópias vendidas, o título foi alvo de polêmicas. Em 2012, a Silicon Knights foi ordenada pela Justiça a destruir cópias do jogo, devido a um processo movido pela Epic Games. Em 2013, a Microsoft decidiu retirar o jogo da Xbox Live.

Red Dead Redemption (2010)

Red Dead Redemption é um dos jogos com o melhor final já pensado para uma narrativa. O game, que é uma verdadeira homenagem aos filmes de faroeste, possui um orçamento muito maior.

Red Dead Redemption é um dos jogos de maior sucesso da Rockstar (Foto: Divulgação) — Foto: TechTudo

Bravura Indômita, um filme de faroeste lançado naquele mesmo ano, custou US$ 38 milhões, enquanto Red Dead Redemption teve um orçamento quase três vezes maior, US$ 100 milhões.

Deadpool (2013)

Jogo do personagem Deadpool custou uma fortuna (Foto: Divulgação) — Foto: TechTudo

Deadpool, o sarcástico personagem da Marvel Comics, recebeu um jogo de mesmo nome em 2013. Com um orçamento respeitável de US$ 100 milhões esperava-se um game incrível. Mas o resultado final não foi muito positivo, com muitas reclamações sobre texturas baixas e problemas com a câmera. A Sony chegou a devolver o valor pago para alguns jogadores devido a um erro da PSN.

Tomb Raider (2013)

Reboot de Lara Croft é um dos jogos com maior orçamento da indústria (Foto: Divulgação) — Foto: TechTudo

Desenvolvido pela Crystal Dynamics e publicado pela Square Enix, Tomb Raider trata-se de um reboot de respeito. Com elementos de sobrevivência, o jogo foi muito bem recebido pelo público e é um dos games mais bem sucedidos da história da franquia. Em contrapartida, foi um dos mais caros também, seu orçamento beirou os US$ 100 milhões.

The Elder Scrolls V: Skyrim

Skyrim é grande, mas o seu orçamento é maior ainda (Foto: Reprodução) — Foto: TechTudo

O universo de The Elder Scrolls nunca pareceu tão gigante como em Skyrim. O game da Bethesda ,que explora como poucos o gênero RPG, estreou um padrão no gênero, tanto em tamanho, como em orçamento. Para fazer qualquer coisa que possa ser comparada com Skyrim, uma produtora terá que desembolsar pelo menos US$ 85 milhões de "verdinhas".

Defiance (2013)

Defiance, game de tiro online para Xbox 360 e PS3 (Foto: Divulgação) — Foto: TechTudo

Baseada em uma série de TV de mesmo nome, Defiance é um game de tiro com temática futurista e elementos de MMORPG. Seu orçamento alcançou a marca de US$ 80 milhões. Atualmente, o jogo é gratuito para jogar e está disponível para PC, Xbox 360 e PS3.

Shenmue (1999)

Primeiro Shenmue custou 35 vezes o valor pedido no Kickstarter (Foto: Divulgação) — Foto: TechTudo

Comparar orçamento e vendas pode fazer qualquer um pensar que Shenmue foi um fracasso, mas toda inovação tem seu preço. A obra de Yu Suzuki teve orçamento astronômico para época, US$ 70 milhões, e levou sete longos anos para ser terminado. O game, contudo, vendeu apenas 1,2 milhões de cópias.

Metal Gear Solid 4: Guns of the Patriots (2008)

Obra prima de Hideo Kojima também está no hall dos jogos mais caros (Foto: Divulgação) — Foto: TechTudo

Metal Gear Solid 4: Guns of the Patriots é o capítulo final da saga Metal Gear vista do ponto de vista do personagem Solid Snake. Em uma verdadeira odisseia dramática, o jogador terá que controlar o “velho snake” em missões perigosas para evitar os planos do seu meio-irmão Liquid Ocelot. Um dos melhores títulos exclusivos do Playstation 3, Guns of the Patriots teve um orçamento de “apenas” US$ 70 milhões.

Watch Dogs (2014)

Watch Dogs foi um dos primeiros jogos da geração atual (Foto: Divulgação) — Foto: TechTudo

Watch Dogs é um game com a cara do seriado “Person of Interest”. O jogador controla um personagem que pode hackear sistemas facilmente, usando apenas o celular. A aventura inventiva da Ubisoft custou US$ 68 milhões e, mesmo com alguns problemas no lançamento, ainda é um dos jogos de maior sucesso da produtora.

Crysis 3 (2013)

A beleza de Crysis 3 custou uma fortuna (Foto: Divulgação) — Foto: TechTudo

Crysis 3 curiosamente custou três vezes o valor do título original. Foram gastos US$ 68 milhões em um jogo que demonstra toda a supremacia técnica da CryEngine. O game de tiro ainda permanece como um dos jogos mais bonitos do PC, por utilizar todos os recursos do DirectX 11.

Final Fantasy XIII (2009)

Final Fantasy XIII não foi o FF mais caro, mas teve orçamento milionário (Foto: Divulgação/Square Enix) — Foto: TechTudo

Final Fantasy 13 pode não ter sido o FF mais caro, mas foi um dos jogos de RPG que ofereceram o retorno mais rápido. A jornada de Lightning e seus amigos custou à Square Enix apenas US$ 65 milhões e, em menos de 24 horas, a produtora já havia faturado mais que o dobro desse valor em vendas.

Tom Clancy’s Ghost Recon: Future Soldier (2012)

Tom Clancys Ghost Recon: Future Soldier (Foto: Divulgação) — Foto: TechTudo

Tom Clancy’s Ghost Recon: Future Soldier é a visão da Ubisoft de como seria uma guerra futurista. O game de tiro em terceira pessoa possui boa narrativa e gameplay viciante. Os pontos mais positivos do jogo são a sua campanha longa e o multiplayer viciante. O título custou aos bolsos da produtora US$ 65 milhões.

Mais do TechTudo