Publicidade

Por Da Redação; Para O TechTudo


Five Nights at Freddy’s e Pokémon Red & Blue são alguns dos jogos envoltos em mistérios e segredos, e a indústria de games está repleta de fatos curiosos espalhados pelos mais diversos títulos. Algumas vezes tratam-se de elementos propositais adicionados por desenvolvedores, mas em outros casos, podem ser detalhes inexplicáveis que desafiam a lógica. Confira os melhores "segredos" do universo dos games.

Mundo Negativo de Super Mario Bros.

O primeiro jogo de plataforma de Mario para o Nintendo 8 Bits conta com mistérios como as Warp Zones, que surpreenderam por permitir que os personagens corressem por fora da tela. Mas há outros exemplos menos conhecidos, como o Mundo Negativo.

Por meio da mesma Warp Zone, que leva o jogador para fases mais avançadas, é possível controlar a tela e levar o usuário a um mundo chamado de “-1″, que ganhou o apelido de “Minus World” ou “Mundo Negativo”. Essa é uma fase infinita, e ninguém tem ideia sobre a razão de sua existência .

E.T. enterrado no Novo México

Um dos enigmas mais famosos envolve o game baseado no filme E.T. para o Atari 260, um dos primeiros consoles da indústria. De acordo com a lenda urbana, foram fabricados cartuchos em excesso do título, inclusive havia mais deles do que consoles. Para piorar, o jogo ficou famoso pela má qualidade.

Com tantas cópias encalhadas, os cartuchos que sobraram teriam sido enterrados no deserto do Novo México, nos Estados Unidos. Acreditava-se que isso era apenas uma história inventada, mas em 2014, as fitas foram encontradas durante uma escavação. Algumas até foram leiloadas por altos valores na Internet.

Toda a história de Five Nights at Freddy’s

As incógnitas não rondam apenas os jogos antigos. Na verdade, um dos maiores mistérios é a trama do primeiro Five Nights at Freddy’s. O popular jogo de terror com animatrônicos pode parecer à primeira vista apenas uma fábrica de sustos artificiais, mas tem enredo complexo e cheio de segredos.

Por exemplo, os personagens animatrônicos são assombrados por fantasmas de crianças que desapareceram na pizzaria. Há várias figuras suspeitas envolvidas, com identidades ainda não reveladas e conhecidas pelos fãs por codinomes, como é o caso de “Phone Guy” e “Purple Guy”.

Temas adultos em Earthbound

Desde o lançamento, a franquia Earthbound ficou conhecida por ser um dos títulos mais bizarros da Nintendo. Apesar dos gráficos coloridos e cidades bonitas, os temas abordados pelo jogo são mais pesados do que se imagina. O chefão final, por exemplo, foi feito para causar o máximo de desconforto possível.

O criador da série, Shigesato Itoi, mencionou que se inspirou no evento traumático da infância, a cena de assassinato em um filme, para criar o jogo. Com diálogos perturbadores, o game recebeu atmosfera bizarra. Para completar, só é possível vencer a batalha ao fazer uma personagem rezar.

Caminhão em Pokémon Red & Blue

Menos macabro que outros títulos, Pokémon Red & Blue também contava com fatos intrigantes. Um dos segredos mais interessantes era um objeto completamente comum: o caminhão abandonado.

O game permitia trocar Pokémon com um amigo e usá-lo para acessar a área restrita. No local há, um um caminhão estacionado. O veículo não tem qualquer propósito, não aparece em nenhum outro lugar do jogo e sequer há veículos em outros locais.

Herobrine em Minecraft

Existe uma lenda urbana em Minecraft cujo fantasma do irmão do criador, Markus “Notch” Persson, habita o mundo do game. Persson negou a história, mas incluiu o personagem à mitologia do jogo. A cada atualização há sempre um último item na lista: “Herobrine foi removido”.

Alguns usuários afirmam que já encontraram túneis artificiais nas aventuras, como se outra pessoa estivesse em seu mundo. Como o universo de Minecraft é imenso, seria muito difícil descobrir o esconderijo de Herobrine, assim como a confirmação de sua existência.

Stop ‘n’ Swop de Banjo-Kazooie

Quando jogadores mais dedicados terminavam Banjo-Kazooie do Nintendo 64 com 100% dos itens recebiam dicas a respeito da sequência do título, Banjo-Tooie. Isso incluía a presença de artigos do primeiro volume, mas não havia informação de como poderiam ser adquiridos.

Os títulos utilizariam uma tecnologia chamada “Stop ‘n’ Swop”, na qual o jogador removeria o cartucho do console ainda ligado e colocaria a sequência para acessar novas áreas. Infelizmente, a ideia foi descartada pela Nintendo. 

Pé-grande em GTA: San Andreas

Antes de existirem cenários gigantescos como o de GTA 5, o maior mundo aberto da franquia era GTA: San Andreas. O game da Rockstar canalizava várias teorias da conspiração, como o mito de um Pé-grande no jogo.

San Andreas incentivava jogadores a procurarem easter eggs em toda parte. Com isso, muitos afirmam já terem visto um Pé-grande. A resposta oficial da Rockstar é que a criatura não fazia parte do universo do game, mas, graças à repercussão, ele foi adicionado como um Easter Egg em GTA 5.

Um rumor grandioso já agitou os fãs de The Legend of Zelda: Ocarina of Time. Um jogador  teria encontrado a “Triforce”, item que representa os deuses do universo do game. 

O método pra obter o material era complicado e envolvia um deserto que punia o usuário quando ele errava no caminho invisível, então tentar caminhos alternativos era bem difícil. Atualmente, imagina-se que tudo não passou de enganação, mas há pessoas que procuram a Triforce até hoje.

O mistério mais complicado dos games atualmente deixa os fãs de GTA 5 desesperados. Há vários elementos escondidos pelo game que indicam um segredo relacionado ao Mount Chiliad, com pistas espalhadas em vários locais do título.

Grande parte dos usuários acredita se tratar da mochila a jato, uma das formas de transporte mais utilizadas em GTA: San Andreas e que, aparentemente, está ausente na produção mais recente da franquia. O mais interessante é que esse segredo até hoje não foi descoberto.

GTA é a franquia de maior sucesso atualmente? Comente no Fórum do TechTudo.

Mais do TechTudo