Por Da Redação; da IFA 2015; em Berlim


Após abandonar as TVs de plasma, a Panasonic lança sua primeira televisão 4K OLED - a tendência do mercado. O modelo TX-65CZ950 tem 65”, tela curva e especificações similares a da maioria das concorrentes. Porém, é o único do mercado com a certificação THX, um padrão emitido pela empresa que criou a série "Guerra nas Estrelas" e que garante que as imagens da TV serão fieis àquelas vistas no cinema.

A tela é compatível com HDR (High Dynamic Range), tecnologia de ponta para contraste, mas ainda não muito explorada pelos fabricantes. Mas o cenário pode estar mudando. A LG, uma das principais concorrentes da companhia, já afirmou ter HDR OLED, que pode operar com o menor pico de brilho para auxiliar no nível de cor preta.



A necessidade de criar uma televisão com o mesmo nível de cor preta, como nas antigas de plasma, fez com que a Panasonic se rendesse. As OLEDS conseguem um resultado impressionante nos tons escuros, já que seus pixels não precisam de iluminação externa. O resultado é nítido: mais contraste, cores mais vivas e imagens mais perto da realidade.

O foco da Panasonic é, sem dúvidas, oferecer uma experiência mais próxima a de um cinema. O consumidor pode, inclusive, escolher o modo True Cinema na televisão, uma configuração especial feita por Mike Sowa, colorista de Hollywood convidado para lançar o produto.



A TX-65CZ950 estará disponível a partir de outubro na Europa, mas ainda nada foi falado sobre o Brasil. O preço não fugirá dos altos valores de outras televisões 4K, cerca de € 10,000.

Mais do TechTudo