Por Da Redação; Para O TechTudo


O recurso Continuum, que permite transformar o celular num desktop, não vai rodar nos Windows Phone mais antigos – mesmo aqueles atualizados para o Windows 10 Phone. A novidade, que possibilita o uso de mouse, teclado e monitores conectados ao celular, depende de hardware mais poderoso do que o encontrado em alguns dispositivos.

A informação de que o Continuum teria essa limitação era um rumor, até que Microsoft confirmou que o usuário precisa ter um smartphone com o requisito mínimo do processador Snapdragon 808, fabricado pela Qualcomm.

Opção de usar o celular como um computador desktop esta restrita, no momento, aos Lumia 950 e 950 XL (Foto: Divulgação/Microsoft) — Foto: TechTudo

Qual é o melhor: Lumia 820 ou Moto G? Participe do debate no Fórum do TechTudo

O Continuum exige bastante do hardware do dispositivo porque prevê o uso em telas grandes, ou até em múltiplos displays. Para dar conta de rodar o sistema operacional em várias telas, há a necessidade de que o processador tenha mais capacidade do que as CPU usadas em versões antigas dos smartphones com o Windows.

A exigência pelo processador faz com que até mesmo o Lumia 930, top de linha substituído pelo Lumia 950 e Lumia 950 XL, seja incapaz de rodar o Continuum. O smartphone, a exemplo do Lumia 1520, outro Windows Phone poderoso, utiliza um processador Snapdragon 800.

Outra limitação a ser encarada por quem atualize o Windows 10 Mobile em seu aparelho é a ausência do recurso Windows Hello, que usa leitores biométricos para desbloquear o dispositivo.

Qual o melhor Windows de todos os tempos? Comente no Fórum do TechTudo.

Mais do TechTudo